Coronavírus: por precaução, OMS suspende ensaios clínicos com hidroxicloroquina

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou, nesta segunda-feira, que suspendeu “temporariamente” os ensaios clínicos com hidroxicloroquina que realiza com parceiros em diversos países, por medida de precaução.

A decisão segue a publicação na sexta-feira de um estudo na revista médica The Lancet, que considerou ineficaz ou até prejudicial o uso de cloroquina e seus derivados, como a hidroxicloroquina, contra a Covid-19, informou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, detalhando que a suspensão dos ensaios foi feita no sábado (23).

A OMS iniciou há mais de dois meses ensaios clínicos sobre os efeitos da hidroxicloroquina, nomeando a ação como “Solidariedade”, a fim de encontrar um tratamento eficaz contra a Covid-19. Atualmente, “mais de 400 hospitais em 35 países recrutam ativamente pacientes, e cerca de 3.500 pacientes foram recrutados em 17 países”, explicou a autoridade máxima da OMS.

No entanto, de acordo com este grande estudo publicado na The Lancet, realizado com quase 15.000 pacientes, nem a cloroquina nem seu derivado da hidroxicloroquina são eficazes contra a Covid-19 em pacientes hospitalizados, e essas moléculas aumentam o risco de morte e arritmia cardíaca.

Os testes serão suspensos até que os “dados” coletados pelos testes Solidaridade sejam “analisados”, disse Tedros.

Esta é uma medida temporária“, informou Soumya Swaminathan, chefe do departamento de ciências da OMS, antes de enfatizar a “incerteza” em torno do uso da hidroxicloroquina – um derivado da cloroquina que tem sido usado há décadas contra a malária e também é prescrita em doenças de origem autoimune, como lúpus e artrite reumatoide.

Após um pequeno estudo chinês pouco detalhado que alegou a eficácia do fosfato de cloroquina no tratamento de pacientes com SARS-CoV2, a cloroquina ganhou destaque. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confessou consumir a medicação para prevenir a Covid-19 e o Ministério da Saúde recomendou seu uso em pacientes contagiados com sintomas leves.

Nesta segunda-feira, o chefe da OMS lembrou que esses medicamentos – hidroxicloroquina e cloroquina – “são geralmente reconhecidos como seguros para pacientes afetados por doenças autoimunes ou malária“.

O professor Christian Funck-Brentano, responsável pelo centro de investigação clínica da Universidade Sorbonne assinou, na The Lancet, um artigo com o objetivo de comentar este estudo pouco favorável a agora polêmica hidroxicloroquina. Em entrevista exclusiva à RFI, ele enfatiza que não se trata de uma enquete, mas de uma análise de registro internacional, baseada em estudos observacionais, e que como todos os estudos desse tipo, estão sujeitos a críticas desde sua publicação.

“O que este estudo assinala, afinal, é que o benefício esperado pela cloroquina ou pela hidroxicloroquina, associadas ou não a algum antibiótico, não é tão evidente, e que seu uso é potencialmente ligado ao risco de aumento da mortalidade. São estatísticas alcançadas a partir de uma enorme base de dados, que apontam uma tendência significativa, a de uma problemática maior do que uma eficácia”, explica Funck-Brentano, que também é chefe de serviço de Farmacologia Médica e diretor do CIC Paris-Leste Pitié-Salpêtrière.

O especialista enfatiza ainda que as acusações de uma manipulação política em relação ao estudo são infundadas e devem ser combatidas.

“É preciso admitir que esta é uma frustração em torno desse estudo, principalmente quando ainda temos tantos pacientes hospitalizados. Mas é importante sobressaltar que esse estudo não é uma mensagem política contra ou a favor do [presidente Donald] Trump. O estudo se preocupa com a veracidade das informações, e estamos frustrados não ter um resultado positivo”, conclui Funck-Brentano.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coroas de buracos negros supermassivos podem ser fonte de "partículas fantasmas"

Nas profundezas do gelo antártico, estão enterrados mais de 5.000 sensores de luz, que fazem parte do Observatório IceCube, um detector de neutrinos. Em 2018, este observatório recebeu a atenção da comunidade científica de todo …

Partícula exótica nunca vista antes é descoberta no CERN

Cientistas trabalhando no Grande Colisor de Hádrons (LHC) observaram uma partícula exótica composta de quatro quarks charm. Essa é provavelmente a primeira descoberta de uma classe de partículas jamais observada pelos físicos. O quark é uma …

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro

Ministério Público Federal acusa senador de ter recebido pagamentos indevidos da Odebrecht através de contas no exterior. Verônica Serra, filha do político, também é denunciada. A força-tarefa da Operação Lava-Jato em São Paulo denunciou nesta sexta-feira …

'Morra quem morrer', diz prefeito na Bahia ao decretar reabertura do comércio

O prefeito da cidade de Itabuna (BH), Fernando Gomes, declarou em vídeo divulgado nas redes sociais que autorizará reabertura de estabelecimentos comerciais em 9 de julho. Ao anunciar a implementação do decreto que autorizará reabertura do …

Édouard Philippe, premiê francês, pede demissão e deixa cargo após três anos

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou sua demissão nesta sexta-feira (3) ao presidente Emmanuel Macron, que aceitou o pedido. O anúncio foi feito nesta manhã pela assessoria do palácio do Eliseu, a sede da …

Crânio achado em tumba submarina revela aparência de homem da Idade da Pedra

Oscar Nilsson, um artista forense sueco, reconstruiu virtualmente a aparência de um homem da Idade da Pedra, cujo crânio sem mandíbula foi encontrado em uma estaca dentro de uma tumba submarina de aproximadamente oito mil …

Alemanha quer eliminar extremismo de direita de tropa de elite

Com reforma, Ministério da Defesa alemão pretende "apertar o botão de reset" no KSK, unidade de elite das Forças Armadas abalada por escândalos sobre envolvimento de seus membros com extremismo de direita. A ministra alemã da …

Putin, presidente "eterno"? Para mais de 75% dos russos, a resposta é sim

Vladimir Putin, presidente "vitalício"? Essa é uma das apostas da votação que termina hoje na Rússia, e que vem sendo apoiada por cerca de 73,55% dos eleitores, que até agora votaram “SIM” neste referendo. Se …

Funcionários da Tesla são demitidos por ficarem em casa

Quando a fábrica da Tesla na Califórnia (EUA) reabriu em meados de maio, o CEO, Elon Musk, tranquilizou os trabalhadores dizendo que não precisariam ir à fábrica se "se sentissem desconfortáveis". No entanto, apesar do comunicado, …

Brasil supera marca de 60 mil mortes por covid-19

Segundo dados das secretarias estaduais e do Ministério da Saúde, total acumulado de óbitos no país é de 60.632, com 1.448.753 infecções. Brasil tem ainda 826.866 pessoas recuperadas. O painel do Conselho Nacional de Secretários de …