ONU aprova as “sanções mais duras” já feitas contra a Coreia do Norte

Korean Central Television / Yonhapy

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou nesta segunda-feira (11) por unanimidade um novo conjunto de sanções contra a Coreia do Norte, proposto pelos EUA, interditando as exportações têxteis e reduzindo o seu abastecimento em petróleo e gás.

Esta oitava série de sanções, apoiada pela China e a Federação Russa, que são os apoios mais próximos da Coreia do Norte, visa punir o país pelo seu ensaio nuclear do dia 3 de setembro. O novo pacote de sanções limita as importações de petróleo e derivados e proíbe as exportações de têxteis, entre outras medidas.

“Estamos agindo em resposta a novos desenvolvimentos perigosos. Estas são as medidas mais duras alguma vez impostas contra a Coreia do Norte”, disse a representante dos EUA, Nikki Haley, citada pela Bloomberg.

Com as sanções cada vez mais severas, a ONU pretende forçar os dirigentes de Pyongyang a negociar seus programas de armamento nuclear e convencional, considerados ameaçadores para a estabilidade mundial.

A Coreia do Sul e o Japão afirmaram que as novas sanções representam uma advertência de que o país arrisca um isolamento total se prosseguir com os programas nuclear e de mísseis.

“A última resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas representa o compromisso renovado da comunidade internacional de não tolerar o desenvolvimento nuclear e de mísseis da Coreia do Norte”, assinalou o gabinete da presidência sul-coreana.

“Isto deixa clara a vontade da comunidade internacional para elevar a pressão a um novo nível e levar a Coreia do Norte a mudar suas políticas”, afirmou o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, também citado em comunicado.

O novo conjunto de sanções envia “uma séria advertência ao regime norte-coreano de que se prosseguir com suas incessantes provocações apenas conseguirá aprofundar o seu isolamento econômico e ficar sob maior pressão diplomática”, realçou Seul.

“Se a Coreia do Norte continuar nesse caminho, a nação ficará progressivamente mais isolada do resto do mundo e será incapaz de ter um futuro próspero”, reiterou o chefe de Governo japonês.

As sanções impostas à Coreia do Norte são menos drásticas do que aquilo que pretendia Washington, que queria uma proibição total de venda de crude, produtos petrolíferos refinados e gás à Coreia do Norte por parte dos Estados-membros da ONU.

No entanto, Rússia e China, com direito de veto no Conselho de Segurança, manifestaram sua oposição a alguns dos pontos do projeto de resolução inicial elaborado pelos EUA, com o documento final resultando ser mais ‘suave’ após negociações.

As medidas agora tomadas, somadas às sanções anteriores, que fixaram um embargo às exportações de carvão, ferro, peixe e marisco, representam uma perda de 2,7 bilhões de dólares para a Coreia do Norte, valor que corresponde a 90% das vendas ao exterior, segundo cálculos apresentados no ano passado pelos Estados Unidos.

As sanções impostas na segunda-feira se estendem ainda aos norte-coreanos empregados fora do país, aos quais não serão concedidos vistos de trabalho, o que os impediria de enviar remessas dos rendimentos para o país de origem.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Quem é 'el Chapo asiático' que foi preso acusado de controlar mercado de drogas de R$ 380 bilhões

A polícia holandesa prendeu o suposto chefe de uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas do mundo: Tse Chi Lop, apelidado de "El Chapo" da Ásia. O cidadão canadense nascido na China é apontado como …

Homem recebe primeiro transplante duplo de braço e ombro

A ciência cada vez mais evoluída. Um homem da Islândia foi o primeiro do mundo a receber um transplante duplo de braço e ombro. A cirurgia foi um sucesso e o paciente, o islandês Felix Gretarsson, …

Bolsonaro pode enfrentar um tribunal internacional por crimes contra a humanidade

Jair Bolsonaro pode enfrentar acusações no Tribunal Penal Internacional (TPI) depois de ser acusado de crimes contra a humanidade. Líderes indígenas no Brasil e grupos de direitos humanos estão pedindo ao tribunal que investigue o presidente …

Presidente mexicano López Obrador é diagnosticado com Covid-19

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, 67 anos, entrou para a lista dos líderes mundiais que foram infectados pela Covid-19. Ele informou nesse domingo (24) que testou positivo para o novo coronavírus, …

Desenterram em Jerusalém granada de mão britânica da 1ª Guerra Mundial

Em pleno centro da cidade de Jerusalém, foi desenterrada uma granada de mão britânica da Primeira Guerra Mundial. O artefato perigoso foi descoberto em uma antiga cisterna por Oscar Becherno, responsável pela escavação arqueológica em nome …

Portugueses reelegem presidente Rebelo de Sousa

Urnas em Portugal confirmam previsão de vitória do chefe de Estado de centro-direita, que ganha novo mandato de cinco anos. Combate à pandemia é prioridade. Como esperado, os portugueses reelegeram neste domingo (24/01) o presidente Marcelo Rebelo …

Cuba experimenta dois lados da moeda com chegada de internet móvel

Desde que chegou a Cuba, há apenas dois anos, a internet móvel revolucionou a vida do país – ajudando as pessoas a encontrarem comida, combustível e até remédios em meio a uma escassez terrível. Mas …

Chantilly: em dificuldades finaceiras, um dos mais belos castelos da França pede socorro

A pandemia e o fim da ajuda de um poderoso mecenas colocam em risco o futuro de uma das propriedades mais majestosas da França, o castelo de Chantilly, ao norte de Paris. A reportagem …

Como fumantes de longa data pararam de fumar usando cogumelos mágicos apenas 3 vezes

É mais difícil largar do cigarro do que da heroína, dizem alguns. Mas pesquisadores da Johns Hopkins relataram que um pequeno número de fumantes de longa data que falharam em muitas tentativas de abandonar o …

Gangorra que uniu imigrantes no muro da fronteira dos EUA ganha prêmio

Lembra das gangorras que permitiram que famílias mexicanas brincasse de lados opostos do muro da fronteira EUA-México? O projeto das três gangorras ganhou o prêmio “Design do Ano 2020” pelo Museu de Londres. O arquiteto norte-americano …