Ouvir músicas de Natal repetidamente é prejudicial à saúde

O Natal é, para a maioria das pessoas, uma das épocas festivas mais especiais do ano. No entanto, se por um lado desperta felicidade, por outro também é capaz de causar ódios de estimação – as (repetidas) músicas natalinas são exemplo disso.

A música de Natal é algo que se ama ou se odeia, não há margem para meio termo. Para as pessoas que trabalham em centros comerciais, por exemplo, a trilha sonora natalina pode mesmo se revelar um problema de saúde.

A psicóloga Linda Blair vem agora confirmar isso: ouvir músicas de Natal de forma repetida pode ser mentalmente desgastante, diminuindo os níveis de concentração.

“As pessoas que trabalham em lojas durante o Natal precisam se desligar da música da época. Se não fizerem isso, vai realmente impedi-las de se concentrarem em outra coisa qualquer”, explicou a clínica em declarações à Sky News.

“Basicamente, gastamos toda a nossa energia tentando não ouvir o que estamos realmente ouvindo”, sustentou Linda Blair.

Inicialmente, as músicas de Natal podem desencadear sentimentos de nostalgia, colocando-os mais próximos dessa época especial. No entanto – e depois de ouvir All I Want For Christmas Is You pela 10ª vez –, as pessoas podem desenvolver sentimentos de aborrecimento, tédio e até angústia. Esses sentimentos negativos resultam do “mero efeito de exposição”, disse a psicóloga Victoria Williamson à NBC.

Quando exposto de forma contínua a certo tipo de música, o cérebro começa a ficar saturado, processando essas melodias como desagradáveis. E, frente a isso, outros sentimentos negativos e tensões podem ser potencializadas.

Estratégia para aumentar o consumo

Talvez essa não seja uma grande descoberta para a maioria das pessoas. No entanto, para os vendedores, tocar músicas de Natal é uma clara estratégia para apelar ao consumo. Estudos anteriores já revelaram que um equilíbrio entre cheiros e músicas festivas pode afetar positivamente o ambiente de compra, deixando os clientes felizes.

Um estudo publicado em 2005 demonstrou que quando a simetria perfeita entre a música e os aromas era atingido, esse ambiente encorajava os clientes a passar mais tempo no estabelecimento, impulsionando consequentemente as vendas.

No entanto, ressaltou o professor de marketing Eric Spangenberg, há certos tipos de música que são mais eficazes que outros.

O especialista, que estudou o efeito das músicas de Natal em ambientes de venda ao público, explicou à NBC que os ritmos lentos “atrapalham” os consumidores, fazendo com que fiquem mais tempo no interior das lojas. Em sentido oposto, as músicas de ritmo acelerado, tendem a apressar a saída dos clientes do espaço.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Assim sendo, músicas de carnaval, São João ou outras de épocas causam o mesmo efeito. Acabemos pois com músicas de época

  2. E quem escuta repetidas vezes outras musicas? Já escutei “all i want for christmas is you” umas 100 vezes esse Natal e não desenvolvi esse tipo de sentimento! Pelo contrário só fico com mais vontade de ouvi-la!

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cidade inteira é colocada em quarentena na China por causa de vírus exótico que se espalha pelo mundo

A China colocou toda a cidade de Wuhan sob quarentena para tentar evitar o contágio do vírus mortal 2019-nCoV, uma nova cepa do coronavírus identificada pouco tempo atrás. O município é o local onde uma epidemia …

Ministro astronauta mostra Terra esférica no Instagram para calar terraplanistas

Talvez quem escolhe acreditar no terraplanismo realmente não queira aceitar provas de que a Terra é esférica, mas, de qualquer forma, muita gente continua tentando convencê-los de que acreditam em uma falácia. Dessa vez foi o …

Macron bate boca com policiais israelenses em Jerusalém

O presidente francês, Emmanuel Macron, discutiu nesta quarta-feira com agentes do serviço de segurança de Israel (Shabak) que faziam sua segurança durante uma visita à Cidade Velha de Jerusalém. Macron foi filmado dizendo em …

Lente de contato inteligente instala smartphone em seus olhos

Uma tecnologia que ‘instala’ smartphone nos olhos dos usuários, além de transformar a vida dos deficientes visuais, acaba de ser aprovada pela FDA – Food and Drug Administration, o órgão do governo dos Estados Unidos …

Grécia elege primeira presidente mulher

Juíza é escolhida nova chefe de Estado pelo Parlamento, com votos de governistas e opositores. Katerina Sakellaropoulou presidiu tribunal superior e foi indicada ao cargo pelo premiê conservador Kyriákos Mitsotákis. A juíza Katerina Sakellaropoulou se tornará …

A descoberta sobre o sistema imunológico que pode ajudar a combater todos os tipos de câncer

Uma recente descoberta sobre o nosso sistema imunológico pode se tornar uma arma para tratar todos os tipos de câncer. Uma equipe de cientistas da Universidade de Cardiff, no País de Gales, desenvolveu um método em …

Holanda apresenta primeira usina de energia solar flutuante do planeta

A partir de 2022, a Holanda deverá ter a primeira usina de energia solar flutuante em funcionamento no mundo. Construída na água, a estação de energia limpa deverá se chamar Zon-op-Zee (“Sol no Mar”, em …

Novo vírus infecto-contagioso explode na China e outros países já estão em alerta

O misterioso vírus que surgiu na China nos últimos dias de 2019 acaba de chegar aos Estados Unidos. As autoridades americanas confirmaram que um homem vindo da China está infectado com o vírus, que é …

Davos assiste choque entre Greta Thunberg e Trump sobre o clima

A 50ª edição do Fórum Econômico Mundial de Davos começou nesta terça-feira (21) na Suíça dominada pelos debates sobre as mudanças climáticas. Pelo segundo ano consecutivo, a jovem ativista sueca Greta Thunberg foi convidada a …

China proibirá plástico não biodegradável

País asiático quer reduzir o uso de produtos como talheres e sacolas descartáveis em 30% até 2025. Plano prevê proibições escalonadas em hotéis, restaurantes e serviços de entrega do comércio eletrônico em áreas urbanas. As autoridades …