Papa quer que uso e posse de armas nucleares sejam condenados pelo catecismo

Mazur / Catholic Church England and Wales

Papa Francisco

O papa Francisco afirmou que deseja introduzir a condenação do uso e da posse de armas nucleares nos ensinamentos da Igreja. A declaração foi feita nesta terça-feira no voo de volta do Japão, onde o sumo pontífice visitou Hiroshima e Nagasaki, duas cidades vítimas da bomba atômica na II Guerra Mundial.

“Isso deve entrar no catecismo da Igreja Católica, não só o uso, mas também a posse” de armas nucleares, declarou papa Francisco durante a coletiva de imprensa que tradicionalmente realiza em seus voos.

O catecismo da Igreja Católica é o livro de ensinamentos oficial da instituição que estabelece os princípios da fé. Em 2018, Francisco inscreveu pela primeira vez no documento um texto de oposição categórica à pena de morte. Também pediu que todos se engajassem para abolir a medida em todo o mundo.

Em Hiroshima, o religioso argentino já havia classificado o uso da energia atômica com fins militares como “crime”. Também denunciou a lógica da dissuasão nuclear durante sua visita às duas emblemáticas cidades japonesas. “A loucura de um governo pode destruir a humanidade”, advertiu o papa, que se dirigiu em italiano aos cerca de 70 jornalistas que o acompanhavam.

O sumo pontífice disse que teme também um acidente nuclear porque, segundo ele, não existe até agora um sistema que garanta a total segurança da humanidade. “Minha opinião pessoal é que não se deve usar energia nuclear enquanto seu uso não for totalmente seguro”, acrescentou.

Francisco lamentou também que organizações internacionais, como o Conselho de Segurança da ONU, não tenham chegado a decisões para reduzir a quantidade de armamentos e evitar guerras. “Se há um problema com as armas e todos estão de acordo para resolvê-lo de modo a evitar um incidente belicoso, todos votam a favor do ‘sim’, mas se apenas um [país] com poder de veto diz ‘não’, tudo para”, explicou.

Durante a coletiva de imprensa, o papa ainda criticou claramente “a hipocrisia de quem produz armamentos”. “Há países cristãos ou ao menos de cultura cristã, como os países europeus (…), que falam de paz e vivem das armas. Isso se chama hipocrisia”, apontou. “Uma nação deve ter a coragem de dizer que não pode falar de paz porque sua economia está ganhando muito com a fabricação de armas”, reiterou.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pesquisadores se deparam com '1º colar' humano de 160.000 anos

Fósseis de conchas de amêijoas de 160 mil anos encontradas em cavernas de Israel são os primeiros exemplares de conchas usadas como adorno no corpo humano, defendem pesquisadores. Há cerca de 160 mil a 120 mil …

A China diz ter identificado uma nova doença muito mais mortal do que o Covid-19

A embaixada da China no Cazaquistão alertou sobre uma nova pneumonia desconhecida que seria ainda mais mortífera do que o coronavírus (Sars-CoV-2) causador Covid-19, de acordo com o South China Morning Post (SCMP). “A taxa de …

The Sims ganhará reality show para premiar jogadores em US$ 100 mil

A longeva franquia The Sims, onde gamers gerenciam todos os aspectos da vida de avatares virtuais, vai ganhar um reality show. Veiculado pela emissora norte-americana CBS, a atração se chamará “Spark’d” e deve ir ao ar …

Nudes de 100 anos encontrados dentro de parede são avaliados em milhares de dólares

O senso comum sugere que as gerações passadas eram mais conservadoras que as atuais, especialmente no que diz respeito à sexualidade. Basta escavarmos um pouco a memória – ou as paredes de nossas casas – para …

Presidente interina da Bolívia testa positivo para covid-19

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, revelou nesta quinta-feira (09/07) que foi infectada pelo novo coronavírus e que iniciará um período de quarentena. "Junto com toda a minha equipe, temos trabalhado pelas famílias bolivianas durante …

Após Bolsonaro tirar máscara em entrevista, ABI entra com ação contra presidente no STF

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) apresentou nesta quinta-feira (9) uma queixa criminal ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro, depois que ele tirou a máscara em uma entrevista em que anunciou …

A quantidade de nitrogênio emitida pela pecuária já ultrapassou os limites seguros

A quantidade de nitrogênio emitida pela criação de animais para abate é superior ao que o planeta pode aguentar. Cientistas alertam que é necessário diminuir o consumo de carne e laticínios. As principais fontes de nitrogênio …

França vai adotar teste de saliva nos aeroportos para evitar 2ª onda de Covid-19

O governo francês anunciou nesta sexta-feira (10) a implementação de testes a base de saliva em seus aeroportos. A medida, que tem como objetivo evitar uma segunda onda de contaminação pelo coronavírus, visa principalmente os …

De 4.200 anos? Arqueólogos desvendam em Israel 'emoji' mais antigo do mundo

Arqueólogos israelenses encontraram evidências de arte rupestre sem precedentes em dólmens de 4.200 anos. O novo projeto de pesquisa faz parte de um estudo de dólmens (monumentos megalíticos tumulares construídos por humanos) na Alta Galileia e …

Governo remarca Enem para janeiro e fevereiro de 2021

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (08/07) as novas datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, adiado em razão da epidemia de covid-19. As provas em papel serão aplicadas em 17 …