PF indicia Lula e mais 3 por doações feitas pela Odebrecht a instituto

Juca Varella / ABr

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

A PF indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outras três pessoas por corrupção e lavagem de dinheiro pelo recebimento de doações da Odebrecht ao Instituto Lula, que segundo o inquérito seriam propinas.

O valor da transferência seria de R$ 4 milhões, feitos entre dezembro de 2013 e março de 2014, quando o petista não era mais presidente. Além de Lula, foram indiciados por corrupção passiva e lavagem de dinheiro o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci e o presidente do Instituto, Paulo Okamotto. O empresário Marcelo Odebrecht foi indiciado por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

De acordo com o delegado Dante Pegorano Lemos, os recursos transferidos pela empresa sob a rubrica de “doação” teriam sido movimentados por uma conta-corrente informal de propinas, que Palocci manteria com Odebrecht.

Segundo o relatório do inquérito, o dinheiro ao Instituto Lula saiu da chamada “Planilha Italiano”, codinome do ex-ministro no alegado setor de propinas da empreiteira.

O delegado também citou delações feitas por executivos da Odebrecht, por exemplo Alexandrino Alencar, além do próprio Marcelo Odebrecht. Em seu depoimento, Alencar disse que tinha conhecimento de uma contabilidade paralela do grupo Odebrecht para pagamentos ao PT e ao ex-presidente.

Em entrevista recente publicada pelo jornal O Globo, o ex-presidente da empreiteira minimizou a importância do suposto Departamento de Operações Estruturadas da companhia, que seria destinada ao pagamento de subornos.

“Isso é folclore. Esse tal departamento de propina nunca existiu. A verdade é menos espetaculosa. Desde os anos 1980, bem antes de meu ingresso na empresa como estagiário, havia pessoas na Odebrecht que apoiavam os executivos na realização de pagamentos não contabilizados. Eram bônus não declarados para executivos, pagamentos em espécie a fornecedores, especialmente em zonas de conflito, investimentos em que não queríamos aparecer, caixa dois para campanhas, e eventualmente até propinas”, explicou.

A PF não indiciou Lula e os outros envolvidos pelas doações feitas por outras empresas. Agora, os autos serão submetidos ao Ministério Público Federal (MPF), que definirá se fará ou não uma denúncia à Justiça. Caso isso ocorra, um juiz avaliará se abre ou não uma ação penal.

Lula já é réu em processo na primeira instância da Justiça Federal do Paraná que investiga se ele recebeu R$ 12,9 milhões em propina da Odebrecht por meio das compras de um terreno que abrigaria o Instituto Lula, em São Paulo, e uma cobertura vizinha à dele no Edifício Hill House, em São Bernardo do Campo (SP). O processo está em fase final e aguarda a sentença do juiz Luiz Antonio Bonat.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Um acelerador de partículas cósmico, muito mais poderoso do que o LHC foi descoberto no espaço

Cientistas rastrearam uma partícula fantasma para uma estrela despedaçada e descobriram um gigantesco acelerador de partículas cósmico. A partícula subatômica, chamada de neutrino, foi lançada em direção à Terra depois que a estrela condenada chegou muito …

Mulher de 'El Chapo' Guzmán é presa nos EUA acusada por narcotráfico

Foi presa nesta segunda-feira (22/02) nos Estados Unidos Emma Coronel Aispuro, 31, mulher de Joaquín "El Chapo" Guzmán, ex-líder do cartel de drogas mexicano Sinaloa. Aispuro, que tem cidadania mexicana e americana, foi presa no aeroporto …

Gana é o primeiro país do mundo a receber vacinas do programa Covax, da OMS

Gana recebeu nesta quarta-feira o primeiro lote mundial de vacinas financiadas pelo programa Covax, que proporciona aos países de renda baixa e média as primeiras doses de fármacos antiCovid. Os imunizantes foram enviados de …

Variante da Califórnia parece ser mais contagiosa e resistente a vacinas, aponta estudo

Um novo estudo confirma que a mutação do SARS-CoV-2 na Califórnia, EUA, é mais contagiosa e mais resistente a vacinas, embora a escala de sua ameaça ainda não esteja clara. Uma variante descoberta pela primeira vez …

Cheirinho de carro novo? Estudo alerta para risco de câncer em odor favorito de muitos

Um estudo publicado por pesquisadores da Universidade da California Riverside mostrou que o cheiro de carro novo, tão amado por todo mundo que acaba de comprar o seu veículo, pode ser um risco para saúde. Mas …

STJ anula quebra do sigilo de Flávio Bolsonaro no caso das "rachadinhas"

Ministros apontaram falta de fundamentação do juiz de 1ª instância. Decisões da próxima semana determinarão chance de o processo contra o senador ir adiante ou voltar ao início. A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça …

Troca de comando na Petrobras: Bolsonaro repete interferência de Dilma na estatal?

As ações da Petrobras derreteram depois que o presidente Jair Bolsonaro decidiu mudar o comando da empresa. Na noite de sexta-feira (19/02), Bolsonaro anunciou o general da reserva Joaquim Silva e Luna para substituir o …

Uruguai, último país da América do Sul a receber vacinas, começa imunização em março

O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, informou nesta segunda-feira (22) que as primeiras vacinas contra a Covid-19 chegarão nesta quinta-feira ao país, o único na América do Sul que ainda não possui doses …

Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo

A equipe internacional sinterizou um conjunto tão impressionante quanto inédito de sinais de rádio emitidos por buracos negros supermassivos. Se tivéssemos um telescópio capaz de mostrar quaisquer objetos do universo, independentemente de quão distantes eles estão, …

Desvendado enigma de inscrição na obra "O Grito" de Edvard Munch

Uma frase escrita sobre uma das obras de arte mais conhecidas do mundo foi, durante um século, motivo de conjeturas e controvérsias entre os especialistas de arte em todo o mundo. Uma análise com escâner infravermelho, …