Presidente da Starbucks deixa a empresa e pondera candidatura à presidência dos EUA

Howard Schultz, o responsável pelo crescimento da Starbucks, vai abandonar o cargo, mas a presidência dos Estados Unidos pode ser o próximo desafio.

No anos 80, Howard Schultz foi o responsável pelo gigantesco crescimento das lojas de café Starbucks para uma cadeia com mais de 28 mil lojas, em 77 países. No entanto, e como tudo tem um fim, o gestor executivo vai abandonar definitivamente a direção da empresa.

Schultz esteve 36 anos à frente da empresa. No ano passado, já tinha deixado o cargo de presidente executivo (CEO), tendo permanecido na empresa como chairman executivo, um cargo com uma maior participação no dia a dia da empresa do que o tradicional CEO, explica o Público.

Agora, o afastamento é definitivo. De acordo com o New York Times, o empresário  pondera ambições políticas, considerando uma potencial candidatura à presidência dos Estados Unidos.

“Uma das coisas que quero fazer no meu próximo capítulo é entender se existe um papel onde possa dar meu contributo à comunidade. Ainda não sei bem o que isso significa. Quero pensar num conjunto de possibilidades e isso inclui serviço público. Mas estou muito longe de tomar decisões sobre meu futuro”, afirmou.

Com 64 anos, o “Steve Jobs do Café” diz estar “profundamente preocupado com a crescente divisão interna e na imagem exterior dos Estados Unidos”.

Em 2016, Howard Schultz apoiou Hillay Clinton nas eleições presidenciais, tendo sido criticado por Donald Trump, que pediu um boicote à cadeia de lojas, depois de a Starbucks ter retirado símbolos natalícios dos copos de café, em 2015, para que não ferisse outras culturas além da ocidental.

Embora não garanta se irá ser candidatado contra Trump em 2020, Schultz não esconde que é um forte crítico do presidente norte-americano. No ano passado, ao Businness Insider, afirmou que Donald Trump é “um presidente que cria caos todos os dias”.

Schultz não fundou a Starbucks. Contudo, foi ele quem deu a grande virada à empresa, revolucionando o conceito da marca. A Starbucks foi inaugurada por dois professores e um escritor, no ano 1971, em Seattle. Com a chegada do empresário, a Starbucks apostou na introdução de café e lattes italianos, que Schultz havia trazido de uma viagem à Itália

A marca começou então a se expandir no mercado, até que Howard Schultz decidiu comprar ações dos donos da empresa.

Recentemente, a Starbucks se viu inserida num escândalo provocado por um incidente, quando a gerente de um estabelecimento na Filadélfia chamou a polícia quando viu dois indivíduos negros sentados no café sem fazer despesa. A empresa, que sempre assumiu uma posição na defesa de questões relacionadas com a imigração, realizou uma ação de treinamento contra o racismo, na qual Schultz esteve presente.

O sucessor de Howard Schultz será Myron E. Ullman, antigo chairman da J. C. Penney. Ele assumirá as funções já no fim deste mês.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Com abstenção recorde de 51,5%, ministro da Educação considera Enem um 'sucesso'

A abstenção no primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, realizado neste domingo (17), foi recorde e atingiu 51,5%. O nível de abstenção supera o pior índice registrado até agora, em 2009, quando …

Álcool danifica o cérebro na adolescência

Se nós confiarmos apenas nas propagandas parece que o álcool de uma cerveja, uma taça de vinho ou de algum destilado serve apenas para unir as pessoas e deixá-las alegres. Mas o álcool pode ter …

Joe Biden reverterá políticas trumpistas logo após posse

Já nas primeiras horas após assumir, novo chefe de Estado americano assinará uma série de decretos presidenciais abordando pandemia, dificuldades da economia nacional, injustiça racial e mudança climática. O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, …

Rússia prende opositor Alexei Navalny no desembarque em Moscou

O Serviço Prisional Russo (FSIN) confirmou ter prendido o opositor Alexei Navalny neste domingo, na chegada dele a Moscou. O Kremlim o acusa de ter violado as condições de uma pena de prisão suspensa …

Ikea agora vende mini casas móveis para quem quer uma vida simples, livre e sustentável

Quem sonha com uma vida mais nômade, livre de amarras e principalmente ecologicamente correta poderá encontrar na IKEA uma parceira capaz de tornar tal sonho em realidade: em uma casa móvel, sustentável, bonita e praticamente …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …

"Não comemorei ou me orgulhei de ter banido Trump do Twitter", diz Jack Dorsey

Em uma série de tuítes, Jack Dorsey, cofundador e CEO do Twitter, defendeu o banimento de Donald Trump da rede social na última sexta-feira (8). Segundo o executivo, essa foi a medida certa para a …

EUA adicionam Xiaomi e mais 8 empresas chinesas à lista de companhias ligadas a militares

Departamento de Defesa dos EUA lista Xiaomi e mais oito empresas por ligações com militares chineses. Para analistas, a listagem é um "frenesi final" do governo Trump em sua campanha anti-China. Na quinta-feira (14), o Departamento …

Petrobras é a segunda maior do mundo em operações no oceano

Entre as 100 maiores corporações transnacionais que operam nos oceanos mundo afora, a Petrobras aparece em segundo lugar. A lista, divulgada nesta quarta-feira (13/01), é parte de uma pesquisa publicada na renomada revista Science Advances, …

Estudo detecta pela 1ª vez em que resulta colisão de 3 buracos negros

Um novo estudo da agência espacial norte-americana NASA revela novas informações sobre o que acontece após colisões entre três buracos negros supermassivos. Com a ajuda do Observatório de Raios X Chandra, da NASA, e vários outros …