Quem é a brasileira membra do conselho consultivo de Biden contra a covid-19

O democrata Joe Biden foi eleito o próximo presidente dos EUA e, diferentemente do atual governo, a administração que começará em 2021 terá o combate científico à Covid-19 e aos efeitos da pandemia como foco central.

Não por acaso, uma das primeiras medidas da equipe de transição foi o estabelecimento de um conselho consultivo para o combate ao novo coronavírus, formado por cientistas e especialistas em saúde pública – e dele faz parta a brasileira Luciana Borio.

A cientista brasileira é pesquisadora sênior de saúde global do Conselho de Relações Exteriores dos EUA, e foi diretora de preparação médica e de biodefesa do Conselho de Segurança Nacional do país. Borio já também trabalhou como cientista-chefe interina da Food and Drug Administration, órgão fiscalizador sanitário do país – uma espécie de Anvisa dos EUA.

Em comunicado, o presidente eleito anunciou que irá “Lidar com a pandemia do coronavírus é uma das batalhas mais importantes que nosso governo enfrentará, e serei guiado pela ciência e por especialistas”.

Borio vive no país desde o fim da década de 1980 e, enquanto trabalhava como assessora da Casa Branca chegou a alertar, em maio de 2018, a possibilidade de uma pandemia de gripe como a maior ameaça sanitária por vir no país.

A afirmação se deu em uma palestra sobre os 100 anos da gripe espanhola, quando a cientista afirmou que o país não estaria pronto para lidar com tal problema – foi justo nesse mês que Trump decidiu por fechar o departamento que era chefiado pela brasileira, que seria responsável por responder a uma nova pandemia.

Antes Borio trabalhou como diretora do escritório de contraterrorismo e de ameaças emergentes e comissária assistente para política de contraterrorismo do Conselho de Segurança Nacional do país.

Segundo o comunicado de Biden, a ideia é que o conselho possa trabalhar no da abordagem do governo sobre o problema da pandemia em suas variadas camadas a partir de 20 de janeiro de 2021, quando o novo presidente assumirá o cargo.

O trabalho, portanto, irá se dar junto com o presidente eleito, com a vice-presidente, Kamala Harris, e com a equipe de transição a fim de ajudar a “gerenciar o aumento nas infecções relatadas; garantir que as vacinas sejam seguras, eficazes e distribuídas de forma eficiente, equitativa e gratuita; e proteger as populações em risco”. A liderança do conselho ficou a cargo dos copresidentes David Kessler, Vivek Murthy e Marcella Nunez-Smith.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Queiroga testa positivo para covid-19 e fica em Nova York

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, testou positivo para covid-19 durante a viagem a Nova York, na comitiva do presidente Jair Bolsonaro, e ficará em isolamento na cidade, comunicou nesta quarta-feira (21/09) a Presidência da …

Vulcão em erupção nas Canárias: o cenário 'desolador' enfrentado por moradores afetados pelo Cumbre Vieja

Juan Vicente Rodríguez ainda não chegou às lágrimas, mas ele garante que no final "todos vão acabar chorando". Morador da ilha canária La Palma, Rodríguez observa nas redondezas os rios de lava do vulcão Cumbre Vieja …

Anistia Internacional acusa empresas farmacêuticas de deixar países pobres sem vacinas anticovid

A ONG Anistia Internacional divulgou um relatório nesta quarta-feira acusando os grandes grupos farmacêuticos que produzem vacinas contra a Covid-19 de alimentar uma crise de direitos humanos sem precedentes. Por essa razão, a entidade …

Descobrem na Espanha dezenas de pegadas de espécie extinta de elefantes

Paleontólogos descobriram em Huevla, na Espanha, em um sítio da época do Pleistoceno Superior, trilhas e rastros de elefantes recém-nascidos e juvenis atribuídos a elefantes de presas retas (Palaeoloxodon antiquus). Os elefantes de presas retas são …

Na ONU, Bolsonaro defende ineficaz "tratamento precoce"

O presidente Jair Bolsonaro usou nesta terça-feira (21/09) seu discurso de abertura da 76ª Assembleia-Geral das Nações Unidas para defender o desacreditado "tratamento precoce" promovido pelo seu governo, que consiste num coquetel de drogas ineficazes …

Turismo em reservas naturais federais no Brasil triplica em 13 anos

Cerca de 15 milhões de turistas visitaram reservas ambientais federais no Brasil em 2019, uma alta de 300% nos últimos 13 anos. Se por um lado esse aumento reflete um maior interesse dos brasileiros em …

Presidente do Conselho da UE acusa EUA de "falta de lealdade" após ruptura de contrato com a França

O presidente do Conselho da União Europeia, Charles Michel, acusou nesta segunda-feira (20) os Estados Unidos de falta de lealdade depois que a Austrália cancelou um amplo contrato com a França para comprar submarinos …

Morcegos das cavernas de Laos podem revelar origem da COVID-19

Descobriu-se que os morcegos que habitam as cavernas do norte de Laos transportam um coronavírus que compartilha uma característica importante com o SARS-CoV-2, dando pistas aos cientistas para desvendar a causa da COVID-19. Uma equipe de …

Em Nova York, Bolsonaro vai se reunir com Boris Johnson

O presidente Jair Bolsonaro viajou neste domingo (19/09) para Nova York, nos Estados Unidos, onde participará nesta semana da Assembleia Geral das Nações Unidas e terá seu primeiro encontro bilateral com o primeiro-ministro do Reino …

Os softwares de home office mais importantes

A pandemia de COVID-19 obrigou muita gente a trabalhar a partir de casa. Nesse momento, se uma pessoa pode fazer seu trabalho em home office, ela deve seguir este caminho. Toda essa situação ajudou as empresas …