Regina Duarte deixa comando da Secretaria da Cultura

(dr) Instagram

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, com a atriz Regina Duarte

Após nem três meses no cargo, atriz vai agora assumir a Cinemateca Brasileira, anuncia Bolsonaro, que nega “fritura”. Saída dela é quarta troca no comando da secretaria.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira que a atriz Regina Duarte deixará de comandar a Secretaria Especial da Cultura. Ela assumirá a Cinemateca Brasileira.

“Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, escreveu o presidente no Twitter.

Em vídeo que acompanha a publicação, a atriz pergunta a Bolsonaro se ele a estava “fritando”. “Regina, toda semana tem um ou dois ministros que, segundo a mídia, estão sendo fritados. O objetivo é sempre desestabilizar a gente e tentar jogar o governo no chão. Não vão conseguir. Jamais eu ia fritar você“, responde Bolsonaro.

Relatos na imprensa brasileira afirmam que a chamada ala ideológica, em torno de Olavo de Carvalho, pressionava pela saída de Regina Duarte do governo. No fim de abril, Bolsonaro sinalizou que os dias dela à frente da Secretaria da Cultura poderiam estar contados ao afirmar que ela tinha dificuldades relacionadas a “questões de ideologia de gênero”.

“Infelizmente, a Regina está em São Paulo. Está trabalhando pela internet ali. E eu quero que ela esteja mais próxima. É uma excelente pessoa, um bom quadro. É também uma secretaria que era ministério. Muita gente de esquerda pregando ideologia de gênero. Essas coisas todas é que a sociedade, a massa da população, não admite. Ela tem dificuldade nesse sentido”, disse o presidente.

Regina Duarte ficou menos de três meses no cargo, que assumiu em 4 de março, depois de romper um contrato de 50 anos com a Rede Globo. Ela aceitou o comando da Secretaria da Cultura no fim de janeiro, após encontros com Bolsonaro.

Na época, o presidente disse que havia iniciado “um noivado” com a atriz. Regina Duarte disse que estava “noivando” antes de confirmar se assumiria o posto. Quando confirmou, ela falou em casamento. O termo divórcio foi evitado pelos dois nesta quinta-feira.

A saída dela é a quarta troca no comando da Secretaria da Cultura. A atriz, que havia declarado seu apoio a Bolsonaro antes das eleições presidenciais de 2018, havia substituído Roberto Alvim, que foi demitido após uma onda de repúdio por causa de um discurso no qual ele fez uso de trechos plagiados de uma fala do antigo ministro nazista Joseph Goebbels (1897-1945).

A Cinemateca Brasileira cuida da preservação da produção audiovisual brasileira e é ligada à Secretaria da Cultura.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Metade da matéria do universo havia sumido, mas foi encontrada

Uma equipe internacional de pesquisadores parece ter finalmente resolvido o “problema dos bárions desaparecidos”. Bárion é uma classificação genérica para um tipo partículas que engloba prótons e nêutrons. Estas partículas, por sua vez, são os blocos …

Máscara elétrica autolimpante que carrega celular deverá custar apenas 1 dólar

Devido à pandemia do coronavírus, diversos especialistas alertam para a, cada vez mais real, possibilidade de usarmos máscaras para sair de casa até, no mínimo, o final do ano. Por isto, diversas empresas estão estendendo …

Bolsonaro bate recorde de rejeição, mostra Datafolha

Na primeira pesquisa feita após divulgação de vídeo da reunião ministerial, 43% dos entrevistados consideram governo ruim ou péssimo. Entre os quatro últimos presidentes eleitos, Bolsonaro é o pior avaliado. O índice de rejeição ao presidente …

Renault detalha plano econômico e anuncia 4.600 cortes na França

A empresa automobilística revelou nesta sexta-feira seu plano de cortes no país que integra um plano de economias de cerca de € 2 bilhões (cerca de R$ 12 bilhões) em três anos. A Renault …

Asteroide que dizimou os dinossauros teria atingido a Terra em "ângulo letal"

A teoria mais aceita é a de que os dinossauros foram extintos após um asteroide atingir a Terra de maneira catastrófica há 66 milhões de anos, causando danos sem precedentes em todo o planeta. Agora, segundo …

Repórter da CNN é preso ao vivo em protesto por morte de homem negro. Trump pede tiros em manifestantes

Minneapolis vive uma escalada de violência provocada por um policial branco que matou, de forma brutal, um homem negro. George Floyd foi asfixiado pelo joelho do oficial enquanto era filmado em plena luz do dia. Nem …

Diário de oficial nazista revela suposta localização de toneladas de ouro em castelo

Pesquisadores que buscam bilhões de dólares em tesouros nazistas roubados da Europa acreditam ter encontrado a localização de toneladas de ouro debaixo de antigo castelo alemão. Os pesquisadores acreditam ter encontrado 28 toneladas de ouro roubadas …

Coreia do Sul registra aumento de casos de coronavírus e teme nova onda da epidemia

A Coreia do Sul anunciou nesta quinta-feira (28) o maior aumento de novas contaminações por coronavírus em quase dois meses, devido a um surto de casos em um armazém de uma empresa de comércio …

Desigualdade eleva letalidade da covid na favela, diz estudo

Quase todos os dias, com ou sem pandemia, a diarista Joceliane Gomes Santos de Freitas, 29 anos, sai de casa às 7h em Barra do Ceará, comunidade de Fortaleza onde mora com o marido e …

Descoberta galáxia raríssima em forma de "anel de fogo" a 10 bilhões de anos-luz

Astrônomos capturaram uma imagem de uma galáxia localizada a cerca de 10,8 bilhões de anos-luz de distância. Mas o que realmente impressionou os pesquisadores é que se trata de um tipo muito raro: uma galáxia …