Regina Duarte deixa comando da Secretaria da Cultura

(dr) Instagram

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, com a atriz Regina Duarte

Após nem três meses no cargo, atriz vai agora assumir a Cinemateca Brasileira, anuncia Bolsonaro, que nega “fritura”. Saída dela é quarta troca no comando da secretaria.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira que a atriz Regina Duarte deixará de comandar a Secretaria Especial da Cultura. Ela assumirá a Cinemateca Brasileira.

“Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, escreveu o presidente no Twitter.

Em vídeo que acompanha a publicação, a atriz pergunta a Bolsonaro se ele a estava “fritando”. “Regina, toda semana tem um ou dois ministros que, segundo a mídia, estão sendo fritados. O objetivo é sempre desestabilizar a gente e tentar jogar o governo no chão. Não vão conseguir. Jamais eu ia fritar você“, responde Bolsonaro.

Relatos na imprensa brasileira afirmam que a chamada ala ideológica, em torno de Olavo de Carvalho, pressionava pela saída de Regina Duarte do governo. No fim de abril, Bolsonaro sinalizou que os dias dela à frente da Secretaria da Cultura poderiam estar contados ao afirmar que ela tinha dificuldades relacionadas a “questões de ideologia de gênero”.

“Infelizmente, a Regina está em São Paulo. Está trabalhando pela internet ali. E eu quero que ela esteja mais próxima. É uma excelente pessoa, um bom quadro. É também uma secretaria que era ministério. Muita gente de esquerda pregando ideologia de gênero. Essas coisas todas é que a sociedade, a massa da população, não admite. Ela tem dificuldade nesse sentido”, disse o presidente.

Regina Duarte ficou menos de três meses no cargo, que assumiu em 4 de março, depois de romper um contrato de 50 anos com a Rede Globo. Ela aceitou o comando da Secretaria da Cultura no fim de janeiro, após encontros com Bolsonaro.

Na época, o presidente disse que havia iniciado “um noivado” com a atriz. Regina Duarte disse que estava “noivando” antes de confirmar se assumiria o posto. Quando confirmou, ela falou em casamento. O termo divórcio foi evitado pelos dois nesta quinta-feira.

A saída dela é a quarta troca no comando da Secretaria da Cultura. A atriz, que havia declarado seu apoio a Bolsonaro antes das eleições presidenciais de 2018, havia substituído Roberto Alvim, que foi demitido após uma onda de repúdio por causa de um discurso no qual ele fez uso de trechos plagiados de uma fala do antigo ministro nazista Joseph Goebbels (1897-1945).

A Cinemateca Brasileira cuida da preservação da produção audiovisual brasileira e é ligada à Secretaria da Cultura.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …

Imagens do satélite Amazonia-1 já estão disponíveis — e qualquer um pode acessar

O Ministério da Ciência e Tecnologia comunicou, nesta semana, que as imagens do Amazonia-1 já podem ser acessadas pelo público. O satélite Amazonia-1 foi lançado em fevereiro de 2021 e, desde então, já avançou por etapas importantes, …

Alemanha acusa médico sírio de crimes contra a humanidade

Promotores federais da Alemanha acusaram nesta quarta-feira (28/07) um médico sírio de assassinato e crimes contra a humanidade. O suspeito enfrenta 18 acusações de tortura contra pacientes de hospitais militares nas cidades sírias de Homs e …