Reino Unido impõe quarentena a viajantes vindos da França. Paris contra-ataca

O Reino Unido impôs uma quarentena obrigatória para os viajantes que entram no território britânico vindos da França, Holanda e Malta, após um aumento dos casos de covid-19 nesses países.

Os viajantes terão que ficar isolados durante 14 dias. Caso desrespeitem a decisão, poderão ter que pagar uma multa. Paris anunciou reciprocidade à medida, que entra em vigor na madrugada deste sábado (15).

O anúncio foi feito pelo ministro britânico dos Transportes, Grant Shapps, na noite de quinta-feira (13). O principado de Mônaco, as ilhas de Turks e Caicos e Aruba também fazem parte da lista.

“Nós fizemos tantos esforços para abaixar os níveis (de transmissão da Covid-19) que a última coisa que queremos agora é que pessoas entrem no território trazendo o vírus”, declarou o ministro britânico. “Quando vemos países ultrapassando um certo limite de contaminação, não temos outra escolha, senão agir”. Quem desrespeitar a quarentena está sujeito a uma multa de £ 3.200 (mais de R$ 22 mil).

A medida não chega a ser uma surpresa, já que a imprensa do Reino Unido especulava há dias sobre essa hipótese. Mas a confirmação da decisão não agradou as autoridades francesas.

Logo após o anúncio, o secretário francês para Assuntos Europeus, Clément Baune, afirmou no Twitter que a França “lamenta [a decisão], que resultará em uma medida de reciprocidade, à espera do retorno à normalidade o quanto antes”.

Turismo afetado em ambos os lados

Com isso, o governo francês corre o risco de perder boa parte dos turistas britânicos nessa alta temporada de férias, já prejudicada pela pandemia. A França é o segundo destino preferido dos viajantes do Reino Unido, atrás apenas da Espanha. No ano passado, mais de 10 milhões de britânicos passearam pelo território francês.

Do lado oposto, cerca de 3,5 milhões de visitantes oriundos da França visitam o Reino Unido por ano. Apenas os norte-americanos são mais numerosos.

A medida também pode fazer com que milhares de britânicos que já estão em férias na França voltem às pressas para evitar a quarentena. Temendo a multidão nesta sexta-feira (14) nos portões de embarque do Eurostar, o trem que faz o trajeto entre Paris e Londres sob o Canal da Mancha, a empresa Eurotunnel já avisou que apenas os passageiros com reservas confirmadas poderão embarcar.

Segundo as autoridades do Reino Unido, 160 mil turistas britânicos estão atualmente na França. Além disso, mais de 300 mil franceses vivem nas terras da rainha e muitos estão passando as férias de verão atualmente na França. “As pessoas que viajaram esse ano sabiam que havia um risco importante e partiram conscientes da situação”, disse Grant Shapps.

Londres havia imposto em junho um período de quarentena para todos que entravam em seu território, independentemente do país de origem. A medida foi revista e restrita aos viajantes vindos da Espanha.

Com cerca de 41.000 mortos, o Reino Unido é o país europeu com o maior número de mortes causadas pela pandemia. A França registrou mais de 2.600 novos casos nas últimas 24 horas.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …

Noruega acusa Pequim de ciberataque contra serviços do governo

Pela primeira vez na história, o Serviço de Segurança Policial da Noruega (PST, na sigla em inglês) identificou a China como sendo responsável por um ataque hacker contra as autoridades do país nórdico. A agência de …

China supera marca de 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 aplicadas

Quantia representa mais de um terço das doses aplicadas no mundo. Após início lento da imunização, autoridades chinesas querem vacinar completamente 40% da população até o final de junho. O número de doses de vacinas contra …

Brasileiros protestam no exterior contra Bolsonaro e gestão da epidemia

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de várias capitais brasileiras neste sábado para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro e sua gestão da pandemia, que já deixou mais de meio milhão de …

Relíquia do Jurássico: descoberto animal marinho cuja espécie vive há 180 milhões de anos

Um grupo de pesquisadores descreveu uma nova espécie de ofíuros – um animal marinho parecido com as estrelas-do-mar, que recebeu o nome de Ophiojura, informou nesta quinta-feira (17) Tim O’Hara, curador dos Museus Victoria (Austrália) …