Coronavírus: Reino Unido proíbe entrada de viajantes vindos da América do Sul e de Portugal por variante encontrada no Brasil

number10gov / Flickr

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson

Chegadas ao Reino Unido da América do Sul e Portugal serão proibidas a partir de sexta-feira (15/01) devido a preocupações com a variante brasileira do coronavírus.

O secretário de transportes, Grant Shapps, disse que a mudança entraria em vigor a partir das 4h desta sexta-feira no Reino Unido (1h no horário de Brasília).

Cidadãos britânicos e irlandeses e estrangeiros com direito de residência ainda poderão viajar, mas devem se isolar por 10 dias, disse ele.

A decisão foi anunciada após uma reunião de ministros nesta quinta-feira (14/01).

A proibição se aplica a chegadas da Argentina, Brasil, Bolívia, Cabo Verde, Chile, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

Shapps disse que Portugal foi incluído “devido às suas fortes ligações com o Brasil” – mas haveria uma isenção para transportadores que viajam do país para permitir a circulação de bens essenciais.

Na quarta-feira (13/01), o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou que estava “tomando medidas” para proteger o país da variante do coronavírus encontrada no Brasil.

Uma nova variante do Sars-Cov-2, o vírus que causa a covid-19, foi detectada no Brasil e na África do Sul em janeiro e é diferente da nova variante encontrada no Reino Unido.

Na ocasião, Johnson afirmou estar “preocupado” com essa nova versão do vírus.

“Eu acho que é justo dizer que ainda temos muitas dúvidas sobre ela”, disse, em uma reunião com membros do Parlamento.

O Reino Unido já havia proibido voos diretos da África do Sul — onde essa variante foi encontrada primeiro — e impôs restrições a voos para o país.

O que é a nova variante?

Todos os vírus, incluindo o que causa a covid-19, sofrem mutação. Essas minúsculas mudanças genéticas acontecem à medida que o vírus faz novas cópias de si mesmo para se espalhar e prosperar.

A maioria é irrelevante e algumas podem até ser prejudiciais à sobrevivência do vírus, mas outras podem torná-lo mais infeccioso ou ameaçador para o hospedeiro — os seres humanos.

A nova variante, diferente da versão nova do vírus encontrada no Reino Unido, foi identificada primeiro na África do Sul e depois encontrada no Brasil. A descoberta foi feita por pesquisadores do Japão, que notificação o Brasil após descobrirem os vírus com as mesmas mutações encontradas na África do Sul em viajantes vindos do Brasil.

As novas variantes parecem ser mais contagiosas, o que é um problema porque medidas de restrições mais duras à sociedade podem ser necessárias para controlar a disseminação do vírus.

As mutações podem afetar a eficácia das vacinas?

Embora as mudanças da nova variante do Reino Unido não devam prejudicar a eficácia das vacinas atuais, há uma chance de que as da variante sul-africana/brasileira possam afetar em parte, dizem os cientistas.

É muito cedo para dizer com certeza, ou em que medida, até que mais testes sejam concluídos, embora seja extremamente improvável que as mutações tornem as vacinas totalmente inúteis.

Os cientistas testaram a vacina da Pfizer contra uma das mutações encontradas na variante detectada na África do Sul, usando amostras de sangue de 20 pessoas. Nesse estudo preliminar, a vacinação pareceu funcionar contra o vírus mutante.

Mais estudos são necessários, no entanto, porque essa variante passou por diversas mutações.

“A variante encontrada na África do Sul tem uma série de mutações adicionais, incluindo alterações em algumas das proteínas de espícula do vírus, que são preocupantes”, diz Simon Clarke, especialista em microbiologia celular na Universidade de Reading, no Reino Unido.

A proteína da espícula é o que o coronavírus usa para entrar nas células humanas. É também a parte em que se baseia o desenvolvimento das vacinas, razão pela qual os especialistas estão preocupados com essas mutações específicas.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Oxford testa ivermectina como possível tratamento contra covid-19

Universidade quer verificar se medicamento antiparasitário pode trazer benefícios a infectados pelo coronavírus e evitar hospitalizações. Remédio é defendido por Bolsonaro como parte do chamado tratamento precoce. A Universidade de Oxford, no Reino Unido, afirmou nesta …

Aquecimento global fará milhões de vítimas, diz texto da ONU

Dezenas de milhões de pessoas deverão sofrer de fome, seca e doenças nas próximas décadas devido às mudanças climáticas, segundo rascunho de relatório de 4 mil páginas preparado por painel de especialistas. As mudanças climáticas irão …

Blocos flutuantes podem indicar que Vênus está geologicamente ativo

Uma equipe internacional de cientistas descobriu que a superfície de Vênus possui um manto gelatinoso, com pedaços sólidos de crosta flutuando e se movimentando como blocos de gelo. Para os especialistas, esta atividade fornece possíveis indicações …

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …