Reino Unido convoca reunião urgente do G7 sobre ômicron

Simone Venezia / EPA

Na presidência rotativa do grupo, governo britânico anuncia encontro de emergência de ministros da Saúde para debater nova variante do coronavírus. OMS apela para que fronteiras se mantenham abertas.

O governo do Reino Unido convocou neste domingo (28/11) um reunião de emergência para esta segunda-feira entre ministros da Saúde dos países que integram o G7, grupo das sete economias mais desenvolvidas do mundo, para debate sobre a variante ômicron do novo coronavírus.

“Sob a presidência britânica, foi convocada uma reunião urgente de ministros da Saúde do G7, nessa segunda-feira, 29 de novembro, para abordar a evolução da ômicron“, garante comunicado divulgado pelo Ministério da Saúde e Atenção Social do Reino Unido, liderado por Sajid Javid.

O G7 é também é formado por Estados Unidos, Canadá, França, Alemanha, Itália e Japão, além da União Europeia, como convidada.

A variante ômicron, cuja detecção foi anunciada na última quinta-feira, na África do Sul, fez com que vários países anunciassem restrições de viagens que tem o sul da África como origem.

Uma especialista sul-africana que atendeu infectados com a nova cepa afirmou, entretanto, só ter observado até agora sintomas leves em casos de covid-19 provocados pela ômicron.

Variante se espalha

O Reino Unido confirmou a detecção de três casos de infecção pela ômicron, todos ligados a viagens feitas ao sul da África.

A Alemanha registrou três casos (dois na Baviera e um em Hessen), a Itália tem uma infecção por ômicron confirmada, a Dinamarca detectou 2 casos e a Holanda confirmou 13 casos da nova variante entre 61 passageiros vindos da África do Sul que testaram positivo para covid-19. Bélgica e República Tcheca também confirmaram um caso da nova cepa, cada um.

Outros países que relataram casos da nova variante são Hong Kong, Botsuana, Austrália, Israel, Canadá e Austrália.

Para tentar conter um possível aumento no número de positivos, o governo britânico já anunciou uma série de medidas, como a reintrodução da obrigatoriedade do uso de máscara em espaços fechados, testes PCR para pessoas que chegam do exterior, mesmo que vacinadas, além da aceleração do oferecimento da dose de reforço.

Dez países estão na lista vermelha de risco de contágio elaborada pelo governo do Reino Unido. São eles a África do Sul, além da Namíbia, Zimbábue, Botsuana, Lesoto, Suazilândia, Angola, Moçambique, Malaui e Zâmbia.

OMS pede fronteiras abertas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu neste domingo para que as fronteiras se mantenham abertas, em meio à multiplicação de restrições de viagens pelo mundo em relação aos países africanos por causa da propagação da nova variante do coronavírus.

“A OMS está ao lado dos países africanos e pede para que as fronteiras continuem abertas”, afirmou a agência da ONU em comunicado, apelando aos países para que adotem “uma abordagem científica” baseada na “avaliação dos riscos”.

Segundo a OMS, “é crucial que os países que são transparentes com os seus dados sejam apoiados”, já que este “é o único meio” de assegurar que “dados importantes” são recebidos “em tempo oportuno”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …