Cientistas de Cingapura desenvolvem robô capaz de montar móveis da Ikea

A montagem de móveis da Ikea são motivo de dor de cabeça para alguns dos amantes da bricolagem, mas agora cientistas da Universidade Tecnológica de Nanyan, em Cingapura, desenvolveram um robô capaz de resolver a questão.

Oito minutos e 55 segundos foi o tempo que o robô demorou para montar uma cadeira do modelo Stefan, segundo estudo publicado nesta quarta-feira na revista Sciente Robotics, uma marca de dar inveja até aos mais experientes nesse tipo de trabalho.

Dotado com uma câmera 3D e dois braços mecânicos equipados com pinças para poder agarrar objeto, o robô contou com a “ajuda” de algoritmos codificados pela equipe de especialistas.

Antes de começar a montagem, o robô demorou 11 minutos e 21 segundos para traçar de forma independente os movimentos que faria e mais três segundos para localizar as peças necessárias.

Embora muitos amantes do “faça você mesmo” possam acreditar que o trabalho de montar uma cadeira da Ikea simples para um robô, o professor-assistente e membro da equipe que o construiu, Francisco Suárez, ressaltou que a tarefa é mais complexa do que parece.

“O trabalho de encaixar peças pode ser natural para os humanos, mas tem que ser separada em vários passos para ele. Por exemplo, identificar onde estão as diversas partes da cadeira, a força necessária para pegar as peças e garantir que os braços robóticos se movam sem se chocar entre eles”, explicou o especialista.

(dr) Nanyang Technological University (NTU), Singapore

Graças ao esforço de engenharia, os cientistas conseguiram desenvolver algoritmos que permitiram que o robô montasse a cadeira sozinho, criando os passos necessários para executar a tarefa.

Agora os cientistas querem adicionar mais inteligência artificial para que o robô ganhe autonomia e possa aprender os diferentes passos de montagem da cadeira através de demonstrações humanas, lendo o manual de instruções ou, inclusive, a partir de imagens do produto já finalizado.

O equipamento está sendo utilizado para explorar uma área da robótica que requer um controle preciso das forças e dos movimentos com dedos ou mãos usadas por robôs. Todos os sensores de força nos punhos e demais detalhes foram pensados para que ele manipulasse objetos do jeito mais parecido como uma pessoa faria.

Agora que o robô provou sua destreza com as cadeiras da Ikea, a equipe acredita que ele poderá ser muito útil para realizar tarefas específicas de precisão em indústrias com tarefas similares, mas que não requerem longas linhas de produção.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Colin Powell, ex-secretário de Estado dos EUA, morre aos 84 anos

Primeiro negro a ocupar topo da diplomacia e da máquina militar americana, ex-general teve papel de destaque na Guerra do Golfo e arranhou sua credibilidade ao apoiar a invasão do Iraque uma década depois. Colin Powell, …

Criminosos usam escaneamento por código do próprio usuário para 'sequestrar' contas do WhatsApp

Em 2019, um relatório divulgado pelo laboratório de pesquisa da empresa de segurança virtual Eset alertou que uma das formas crescentes de sequestro de contas do WhatsApp era feita por meio de um ataque conhecido …

EUA: Manobras de Trump bloqueiam investigação sobre invasão do Capitólio

Vários parceiros e associados do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se recusaram a comparecer à comissão da Câmara que investiga a invasão de 6 de janeiro de 2021 contra o Capitólio, sede do …

Dor nos olhos após COVID-19: cientistas explicam causa de complicação inesperada do vírus

Uma pesquisa de cientistas alemães mostrou que o coronavírus pode penetrar nos olhos e infectar os fotorreceptores e células ganglionares na retina. Isso pode ser uma causa de problemas com os olhos após a COVID-19. Os …

Estudo mostra como mudanças climáticas afetarão a energia hidrelétrica no Brasil

Um novo relatório publicado pela Global Environmental Change revela que, nas próximas décadas, as reduções de precipitação e vazão dos rios na região amazônica — a maior bacia hidrográfica do mundo e uma forte candidata …

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …

Explosões deixam vários mortos em mesquita no Afeganistão

Ao menos 33 pessoas morrem após explosões em mesquita xiita durante a oração de sexta-feira. Testemunha diz ter visto homens-bomba. Incidente ocorre dias depois de ataque do "Estado Islâmico" contra xiitas no país. Fortes explosões atingiram …