Sarcófago preto encontrado no Egito pode pertencer a Alexandre, o Grande

(dr) Ministério de Antiguidades do Egito

O maior sarcófago já descoberto na cidade de Alexandria, no Egito, será aberto nos próximos dias, depois de permanecer totalmente intacto mais de dois milênios. Os especialistas têm esperanças que o artefato preto encontrado possa pertencer ao lendário Alexandre, o Grande.

O túmulo de granito – de 2,65 metros de comprimento, 1,65 metro de largura e 1,85 metro de altura – foi encontrado durante escavações de rotina realizadas na cidade egípcia antes de ser autorizado a construção de um edifício no lugar.

Ao lado da tumba, os arqueólogos encontraram também uma cabeça de alabastro,  rocha semelhante ao mármore, que provavelmente retrava a personalidade no interior do sarcófago.

O arqueólogo egípcio Ayman Ashmawy disse, em entrevista ao Telegraph, que o fato de o sarcófago ter sido construído em granito mostra a importância social do seu proprietário, principalmente porque Asuan, a cidade de onde a rocha foi possivelmente extraída, se situa a mais de mil quilômetros de Alexandria.

No entanto, sem abrir a tumba, restam poucas informações sobre a identidade do homem que foi enterrado, já que a cabeça em pedra está irreconhecível devido à ação da erosão ao longo dos séculos.

Além disso, o túmulo não contém qualquer palavra ou frase gravada que possam ajudar a identificar o dono. Os arqueólogos estimam que o sarcófago pertença a um cidadão nobre que viveu no Egito ptolomaico, que começou após a morte de Alexandre, o Grande, entre 323 e 30 a.C.

“Quando abrirmos o sarcófago, esperamos encontrar objetos intactos, que nos ajudem a identificar essa pessoa e sua posição”, Ayman Ashmawy, funcionário do Ministério de Antiguidades do Egito.

Mundo procura tumba de Alexandre

Durante centenas de anos, arqueólogos e exploradores por todo o mundo têm procurado encontrar o sarcófago do rei da Macedônia. No entanto, até agora, todas as tentativas para encontrar o túmulo de Alexandre, o Grande, foram mal sucedidas.

Os arqueólogos estimam que foram realizadas, pelo menos, 140 tentativas sem sucesso para encontrar o túmulo de Alexandre. No entanto, esse misterioso sarcófago preto encontrado no Egito sugere que algo de importante pode estar para ser desvendado – ou até mesmo seus restos mortais.

“O mundo inteiro está à procura da tumba de Alexandre. Temos a certeza de que foi enterrado em Alexandria. E a descoberta do sarcófago demonstra que um dia, quando se estiver demolindo uma vila ou uma casa, pode se encontrar sua tumba”, disse Hawass.

No entanto, abrir pela primeira vez o sarcófago vai exigir muito trabalho preliminar. “É arriscado abri-lo de imediato, temos que nos preparar”, indicou Ashmawy.

Ashmawy explicou ainda o motivo de o túmulo ser aberto no próprio lugar onde foi encontrado. “É difícil movê-lo e abri-lo depois em um museu. O artefato está a 5 metros de profundidade e pesa mais de 30 toneladas. Só a tampa pesa mais de 15 toneladas”, sustentou.

Nas próximas semanas, uma equipe de engenheiros vai visitar o local para fornecer equipamentos pesados e suportes estruturais de forma a remover a tampa do sarcófago. Depois de retirar a tampa, serão chamados especialistas em mumificação e restauração para garantir que o conteúdo se mantém preservado, uma vez que é exposto pela primeira vez em milênios.

Alexandre, o Grande – também conhecido como Alexandre Magno ou Alexandre III –, viveu no século 4 a.C e foi um importante rei da Macedônia. Em apenas 33 anos de vida, o rei construiu um enorme império, que ia desde o sudeste da Europa até a Índia. E, por isso,  é considerado o maior líder militar da Antiguidade.

Ciberia // Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Água líquida em Marte: descobertas mais reservas no polo sul do Planeta Vermelho

Em 2018, pesquisadores italianos anunciaram que haviam encontrado evidências da existência de água líquida em Marte, abaixo da calota polar sul. Agora, a equipe voltou em mais uma série de informações que não apenas sustentam essa …

Cientistas russos encontram nova forma de tratamento para covid-19

Uma equipe de cientistas russos sugeriu tratar os pacientes gravemente afetados pelo coronavírus SARS-CoV-2 da mesma maneira que são tratados alguns casos de intoxicação. De acordo com os especialistas do Instituto de Pesquisa de Medicina de …

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …