Sobem para 234 os casos de COVID-19 no Brasil; entenda o que muda

Simone Venezia / EPA

Na tradicional live nas redes sociais, hoje (16), o Ministério da Saúde atualizou o número de casos do novo coronavírus SARS-CoV-19 no país. De acordo com as últimas informações do órgão, compartilhadas pelas secretarias de saúde dos estados da federação, são atualmente 234 casos confirmados da COVID-19 no território brasileiro.

Atualmente, também são monitoradas pelo órgão 2.064 suspeitas da infecção. Já outras 1.624 foram descartadas, após resultado negativo em exames clínicos.

Além disso, três unidades da federação (São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal) já têm transmissão comunitária e local do vírus — quando não se sabe mais quem transmitiu para quem a COVID-19.

Entre os estados brasileiros, São Paulo continua com a maioria dos casos, somando 132 infecções do SARS-CoV-2, mais que o quádruplo do que a segunda região com mais registros. Isso porque em segundo e terceiro lugar estão, respectivamente, o estado do Rio de Janeiro, com 31 casos, e o Distrito Federal com 13 confirmações.

Na sequência estão Santa Catarina (7), Paraná (6), Rio Grande do Sul (6); Minas Gerais (5); Goias (3); Bahia (2); Mato Grosso do Sul (2); Pernambuco (2); Alagoas (1); Amazonas (1); Espírito Santo (1); Rio Grande do Norte (1); e Sergipe (1).

Novo boletim epidemiológico

Após a Organização Mundial da Saúde (OMS) emitir uma nova classificação do coronavírus em que a doença passa a ser considerada uma pandemia, o Ministério da Saúde emitiu um novo boletim epidemiológico — publicação técnico-científica que instrui sobre questões específicas de saúde pública — com atualizações das recomendações contra a COVID-19.

De acordo com o documento, “o número básico de reprodução do SARS-CoV-2 foi estimado em 2,74 (2,47 – 3,23), o que significa que, para cada caso, espera-se que ocorram em média de 2 a 3 casos secundários, quando introduzidos em uma população totalmente susceptível”. Por isso mesmo, o Ministério da Saúde reforça tanto a importância de se reduzir o contato pessoal, da maneira que for possível.

Entre as novas medidas para lidar com a pandemia, está “considerar a possibilidade de adiar ou cancelar” eventos com aglomeração, sejam eles públicos ou privados, comerciais ou institucionais, postura essa que integra o grupo de medidas não farmacológicas. Também estão entre as recomendações gerais o isolamento de paciente sintomático, seja de forma domiciliar ou hospitalar por até 14 dias. Outra orientação é que contatos próximos a casos confirmados também sejam monitorados.

Além disso, passa a se considerar como “febre temperatura acima de 37,8°” e é essa uma condição indispensável para a busca por atendimento clínico e especializado, de acordo com a publicação. Entre as situações em que se deve coletar amostra respiratória, a febre é mais importante, inclusive, que sintomas como dificuldade respiratória.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Astrônomos encontram "embrião" de planeta em formação a 330 anos-luz da Terra

Uma equipe de astrônomos encontrou algo que parece ser um planeta embrionário, girando em torno de sua estrela, bem pertinho dela, completando uma volta a cada mês. A estrela em questão é a HD 163296, que …

Físico propõe mega-satélite povoado por humanos orbitando Ceres

O físico Pekka Janhunen, do Instituto Meteorológico Finlandês, desenvolveu uma nova ideia para colonizar um lugar diferente da Terra, e não é a lua ou Marte. Em vez disso, Janhunen está sugerindo em um artigo publicado …

Biden promete "esforço de guerra" contra covid-19

O novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, divulgou nesta quinta-feira (21/01) o plano de resposta de seu governo à pandemia de covid-19, que inclui dez decretos. A estratégia amplia iniciativas que já haviam sido antecipadas …

'Não teremos escolha': Google adverte que pode bloquear seu mecanismo de busca na Austrália

Governo australiano trabalha em uma nova lei que deve governar as relações entre os meios de comunicação e as gigantes que dominam a Internet, entre as quais se destacam Google e Facebook. O Google anunciou nesta …

UE restringe viagens não essenciais, mas mantêm fronteiras internas abertas

Diante da inquietante propagação das variantes do coronavírus e a explosão de novos casos de contaminação no continente, líderes europeus, reunidos por videoconferência nesta quinta-feira, decidiram restringir as viagens não essenciais para os países …

‘Bridgerton’ abre debate sobre avó negra de rainha Elizabeth que Windsor prefere esconder

Disponível desde dezembro de 2020, a série Bridgerton, da Netflix, apresentou uma intérprete negra para viver a rainha Charlotte (1744 – 1818), a avó da rainha Elizabeth (1900 – 2002). Apesar da falta de consenso geral …

"Raios" azuis misteriosos podem ser mais comuns do que os cientistas pensavam

Entre os vários fenômenos climáticos que existem, os raios continuam enigmáticos para nós: embora tempestades não sejam tão raras, ainda não entendemos completamente as descargas elétricas geradas no céu — muito menos aquelas apelidadas de …

Dono de cachorro machucado gasta R$ 2.200 para descobrir que o bicho estava imitando o dono por solidariedade

De vez em quando, nossos amados animais de estimação provam ser ainda mais doces e solidários do que muitas pessoas. Conheça Bill — um lurcher de Londres que está imitando a mancada de seu dono …

Minas Gerais é uma das 10 regiões mais acolhedoras do mundo: ranking

Minas Gerais está entre as 10 regiões mais acolhedoras do mundo. É que diz a eleição do Traveller Review Awards 2021, que incluiu pela primeira vez uma localidade brasileira no ranking internacional divulgado todo ano. Minas …

Manaus suspende campanha de vacinação contra covid-19

Segundo prefeitura, medida visa redefinir a prioridade dentro de grupo que deve receber primeiras doses. Paralisação temporária ocorre em meio a suspeitas de desvios do imunizante para parentes de empresários. A vacinação contra a covid-19 foi …