Governo prevê até um ano para obras do Museu Nacional serem iniciadas

Tânia Rêgo / ABr

O Museu Nacional, destruído pelas chamas no último domingo (2), ainda vai demorar para ser reerguido. A estimativa do governo é que leve de oito a 12 meses para as obras começarem. Antes da reconstrução do prédio, será necessária a elaboração de um projeto.

Esse projeto, que pode levar até um ano para ser implementado, vai definir qual será o valor necessário para execução da reforma.

“A recuperação do museu vai envolver um projeto executivo. E, depois, um projeto definitivo, que vai levar mais um tempo, de quase um ano, para que as obras sejam iniciadas”, disse o presidente Michel Temer. O pronunciamento de Temer ocorreu na abertura de uma reunião com empresários na tarde desta quarta-feira (5).

O presidente do Banco do Brasil, Paulo Caffarelli, esteve no encontro. “Qualquer tipo de obra ligada a um museu como esse não se faz de um dia para o outro. A recuperação estrutural tem que obedecer a regras de engenharia que demoram determinado tempo”, disse.

Na reunião também foi discutida a criação de um comitê para reconstrução do Museu Nacional do Rio de Janeiro. Esse comitê dará suporte financeiro ao fundo patrimonial, cuja ideia foi anunciada na terça-feira (4). Uma medida provisória será editada para regulamentar a criação desse fundo, de natureza privada.

Participaram do encontro, dentre outros, representantes dos sete maiores bancos em atividade no país, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), e dos ministros da Educação, Rossieli Soares; e da Cultura, Sérgio Sá Leitão.

Lei Rouanet

Apesar de o fundo ser privado, o dinheiro usado por bancos e outras empresas para abastecê-lo terá impacto nos cofres públicos. O dinheiro repassado ao fundo não terá um caráter de doação e voltará às mesmas empresas por meio de isenções fiscais.

Isto porque o governo estuda a aplicação da Lei Rouanet para estimular a participação de empresários e até mesmo de pessoas físicas no fundo patrimonial. “Estamos definindo, mediante a utilização da Lei Rouanet, uma adaptação dessa lei, para que tanto empresas quanto pessoas físicas possam contribuir”, disse Caffarelli, após a reunião.

Segundo ele, é preciso utilizar mecanismos que incentivem a participação de mais empresas no fundo. A Lei Rouanet, que concede isenção fiscal a empresas que apoiarem projetos artísticos e culturais, foi escolhida como um desses “mecanismos”.

Ciberia // Agência Brasil

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coágulos sanguíneos em “quase todos os órgãos” de pacientes que morrem de Covid-19

Pesquisas de autópsias em pacientes com Covid-19 mostraram coágulos sanguíneos presentes não exclusivamente nos pulmões, mas sim em “quase todos os órgãos”, afirmou uma patologista da Universidade de Nova York à CNN na última semana. A …

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado da Polónia, Andrzej Duda, venceu as presidenciais deste domingo. Segundo os dados oficiais da comissão eleitoral que se baseiam nos resultados de 99,97% das mesas de voto. Uma segunda volta renhida, …

Com mais de 35 mil mortes pela COVID-19, México passa Itália em óbitos causados pela doença

O México chegou neste domingo (12) a marca de mais de 35.000 mortes causadas pela COVID-19, tornando-se o quarto país do mundo com mais óbitos provocados pela doença. Anteriormente, a Itália era quarta nação do mundo …

Ex-assessor de Carlos Bolsonaro é efetivado na Funarte

Luciano da Silva Barbosa Querido, ex-assessor do vereador Carlos Bolsonaro, foi efetivado como presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) nesta segunda-feira (13/07), após ocupar o cargo interinamente por mais de dois meses. A decisão, publicada …

Espanha determina confinamento em parte da Catalunha, enquanto focos de Covid-19 aumentam no mundo

Autoridades da Catalunha (nordeste da Espanha) ordenaram neste domingo (12) que 200.000 habitantes que vivem ao redor da cidade de Lérida retornem ao confinamento obrigatório, enquanto aumenta a preocupação em todo o mundo com …

TikTok pode sair da China para se afastar de polêmicas envolvendo privacidade

Febre durante a pandemia do novo coronavírus, nos últimos dias o TikTok tem virado notícia não pelo sucesso dos vídeos compartilhados na rede social, mas sim pelas sérias acusações de violação à privacidade dos usuários …

Nuvem monstruosa de poeira do Saara é observa da espaço vindo em direção a Amazônia

  Todo os anos o deserto do Saara, lá do lado oposto do Oceano Atlântico, sopra uma nuvem tão gigantesca de poeira em direção as Américas que foi apelidada de Godzilla. É a maior destas nuvens em …

Oi? Kanye West compara vacina para COVID-19 com "a marca da besta"

Em nova polêmica, o rapper norte-americano Kanye West fez uma série de revelações sobre como ele enxerga uma possível vacina contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Durante entrevista concedida para a revista Forbes, o cantor também comentou …

Comentarista da CNN Brasil insinua que gays são promíscuos e ‘têm chance muito maior de ter Aids’

A CNN Brasil convidou o comentarista Leandro Narloch para falar sobre ao vivo sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de liberar a doação de sangue por parte de homens homossexuais e mulheres transsexuais, …

China detecta rastros de coronavírus em pacotes de alimentos do Equador

A China anunciou nesta sexta-feira (10/07) a suspensão das importações de alimentos do Equador após encontrar rastros do novo coronavírus em embalagens de camarão. Os vestígios foram encontrados em contêineres com pacotes de camarão branco do …