Som misterioso deixou intrigado o primeiro astronauta chinês no espaço

Imagine estar sozinho em uma pequena nave. É sua primeira vez contemplando o espaço quando, de repente, você começa a escutar barulhos estranhos.

Foi o que aconteceu com Yang Liwei, o primeiro chinês a ir ao espaço, em 2003. Em uma entrevista recente a uma rede de televisão chinesa, divulgada pela agência de notícias estatal Xinhua, Yang contou que escutou um ruído semelhante a “um martelo de madeira batendo contra um cubo de ferro”.

Ele ficou um pouco nervoso e decidiu olhar pela escotilha da nave, mas não encontrou uma explicação para a batida misteriosa. Por mais que tentasse, Yang Liwei nunca conseguiu decifrar o que era.

Ao retornar à Terra tentou, sem sucesso, recriar o som para que especialistas pudessem ajudar a identificar do que se tratava. Como era de se esperar, a história sobre o barulho misterioso no espaço chamou a atenção dos meios de comunicação chineses.

Quem ou o que batia na nave de Yang quando ele estava sozinho, a centenas de quilômetros da Terra?

Infinito silencioso?

As ondas sonoras se propagam mecanicamente como uma vibração e, por isso, precisam de um meio (líquido, sólido ou gasoso) para viajar. Exemplo disso seria o som de um trovão que viaja pelo ar, ou do sonar, que o faz na água.

“Apesar de o espaço interplanetário (e interestelar) não ser completamente vazio, as moléculas de gás e os grãos de poeira são tão esparsos que não formam um meio contínuo que permita que as ondas sonoras sejam transmitidas diretamente”, diz a professora Monica Grady, pesquisadora da Universidade Aberta do Reino Unido.

“Se estava batendo, poderia ser algo físico que ficou grudado à nave que levava o astronauta”, explicou à BBC o professor Goh Cher Hiang, especialista na Universidade Nacional de Cingapura. Ele esclarece que essa é apenas uma especulação.

Mas seu colega Wee-Seng Soh tem uma explicação diferente. Ele sugere que o ruído pode ter sido “o resultado da expansão ou contração da nave, especialmente quando a temperatura do exterior da mesma pode ter mudado consideravelmente uma vez que entrou em órbita”.

Os dias de Yang como astronauta ficaram para trás há muito tempo.

Pressão do ar

Ainda assim, segundo a imprensa chinesa, o mesmo som foi ouvido posteriormente por astronautas que participaram de missões em 2005 e 2008. Yang falou de sua experiência a seus sucessores, para que ele não fossem surpreendidos e não se preocupassem com o som.

Dessa forma, ainda que não tenha uma explicação precisa,  Yang Liwei agora define o misterioso ruído como “um fenômeno normal“.

Na última quinta-feira, quando o astronauta compareceu a uma atividade em uma escola na cidade de Ningbo, na província chinesa de Zhejiang, os alunos perguntaram sobre o tema.

Yang disse que sua hipótese é que o som é consequência da reação da pressão do ar, que provocava mudanças na estrutura da nave espacial ao sair da atmosfera terrestre e ir ao espaço, segundo informou a Xinhua. Ele acrescentou que o ar que escapa dos objetos dentro da cúpula espacial também poderia causar o ruído.

O som do espaço

Não é nada incomum escutar sons no espaço, da mesma forma que não é incomum encontrar uma explicação para eles. Em 1969, durante a missão da NASA que orbitou a Lua, os astronautas descreveram um estranho som ao passar pelo lado escuro do satélite e que não conseguiam explicar.

Disseram que parecia um assobio, que eles entenderam como a música do espaço. A NASA disse depois que seria uma interferência.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Twitter entra na briga pela compra do TikTok e pode fundir redes sociais

O banimento do TikTok nos Estados Unidos virou uma verdadeira novela mexicana. O aplicativo chinês, que tem até 45 dias para encontrar uma companhia americana para assumir suas operações no país e não ser bloqueado …

Motoboy é vítima de racismo de homem branco: "Você tem inveja disso aqui [minha cor]"

A manhã de sexta-feira (7) começou com mais um caso de racismo no Brasil. Um vídeo que viralizou no Twitter registra um homem branco fazendo injúrias raciais contra um entregador de delivery. As fortes imagens são …

‘Grande ameaça à saúde pública’: cientistas descobrem mutação resistente a remédio contra a malária

Pesquisadores em Ruanda identificaram uma cepa do parasita causador da malária que é resistente a medicamentos. O estudo, publicado na revista Nature, revelou que os parasitas eram capazes de resistir ao tratamento com a artemisinina, um …

Brasil, um ano no foco da crítica ambiental mundial

Em agosto de 2019, país virou pária ambiental devido a incêndios e aumento do desmatamento. Bolsonaro reagiu com agressividade e insultos. Agora, aumenta a pressão de investidores estrangeiros por uma mudança de rumo. Foi uma catástrofe …

Com medo da Covid-19, Venezuela discrimina venezuelanos que voltam ao país

Várias medidas vêm sendo aplicadas na Venezuela para conter a Covid-19. Um estádio foi transformado em hospital de campanha, blocos de concreto foram colocados nas vias, festas estão proibidas e há um canal de …

Centro Gamalei, desenvolvedor de vacina russa, explica como funciona e se há riscos para o paciente

O diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamalei falou sobre os testes da vacina, que será registrada oficialmente na quarta-feira (12). As partículas do coronavírus na vacina da COVID-19 não podem prejudicar …

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …

Emocionante avanço da teoria para a realidade: bizarro efeito quântico é observado

No núcleo toda estrela anã branca — o denso resto de uma estrela que queimou todo seu combustível — existe um fenômeno quântico enigmático: enquanto ganha massa ela reduz de tamanho chegando a um ponto …

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …