Pela primeira vez, Arábia Saudita autoriza as mulheres a dirigir

Nesta terça-feira (26), o reino da Arábia Saudita anunciou que, a partir de junho de 2018, as mulheres serão autorizadas a dirigir no único país do mundo que impede as mulheres de conduzirem.

O rei saudita, Salman, emitiu um decreto que alegrará muitos ativistas pelos direitos humanos no país, no qual permite que as mulheres dirijam pela primeira vez. A Arábia Saudita era, até hoje, o único país que proibia as mulheres de conduzir, avança a BBC.

Na Arábia Saudita, só os homens tinham autorização para dirigir e as mulheres que fossem flagradas em público como motoristas arriscavam prisão e/ou uma multa.

A comunidade internacional já reagiu à iniciativa, com o presidente dos Estados unidos, Donald Trump, salientando o “avanço positivo” que promoverá os direitos das mulheres, e António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, afirmando um “passo na direção certa” para os sauditas.

Mas as reações não se fizeram sentir apenas fora do país. Sahar Nassif, empresária, mostrou-se radiante com a decisão. “Estou muito, muito animada. Vou, finalmente, comprar o carro dos meu sonhos: um Mustang conversível! E vai ser preto e amarelo”, afirmou.

Manal al Sharif, uma das organizadoras da campanha “Women2Drive” disse acreditar que a Arábia Saudita “nunca mais será a mesma”.

O embaixador para os Estados Unidos, Khaled bin Salman, confirmou que as mulheres não precisariam de permissão masculina para ter aulas de condução e poderiam, depois disso, dirigir para onde quisessem. O príncipe falou em um “dia histórico” e numa “decisão certa na altura certa”.

Ativistas no reino da Arábia Saudita têm lutado, durante anos, pela permissão das mulheres dirigirem. Algumas mulheres chegaram a ser presas por defenderem essa liberdade e por causa dessa proibição, várias famílias tiveram que empregar motoristas privados.

Agora, os próximos passos do país são preparar o sistema para ensinar mulheres a conduzir e adaptar as forças policiais para interagir com mulheres em uma sociedade onde homens e mulheres não podem demonstrar afeto ou contato direto.

O New York Times cita alguns oficiais e clérigos que apontam várias razões para a proibição de mulheres ao volante e que podem espelhar a mentalidade da sociedade em questão. Alguns dos testemunhos acreditam que é inapropriado uma mulher dirigir, ou que os homens não saberiam reagir ao ver uma mulher por perto.

Alguns dos clérigos acreditam que este é o primeiro passo para a promiscuidade e o colapso da cultura saudita e há até um clérigo que acredita que dirigir poderia ferir os ovários das mulheres.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Vacinação contra a Covid-19 será obrigatória em voos da companhia aérea australiana Qantas

A vacina contra a Covid-19 ainda não está pronta, mas as companhias aéreas já começam a se preparar. É o caso da australiana Qantas, que anunciou a futura exigência de um certificado de vacinação …

Galinhas substituem agrotóxicos em ação contra veneno na agricultura

A presença de insetos é uma frequente preocupação para agricultores. Os animais são capazes de prejudicar plantações e, para evitá-los, é comum que fazendeiros recorram a pesticidas. A utilização de produtos químicos, no entanto, é nociva …

França aprova projeto de lei que prevê punir filmagem de policiais em ação

Deputados franceses aprovaram nesta terça-feira (24), em primeira leitura, o polêmico projeto de lei sobre a "segurança global", que prevê punir a gravação e divulgação de policiais em ação. O texto será votado pelo …

Astrônomos revelam que 2ª minilua da Terra é do tamanho de carro pequeno

A minilua chamada 2020 CD3 conta com um diâmetro de entre um metro e 1,5 metro e chegou a ficar a 13 mil quilômetros do nosso planeta. A minilua 2020 CD3, que orbita a Terra nos …

Diego Maradona morre aos 60 anos

O ex-jogador argentino Diego Maradona, maior astro da história do futebol do país sul-americano, morreu nesta quarta-feira (25/11) aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, ao norte de Buenos …

Incêndios na Amazônia deixam rastro de destruição por décadas

Entre galhos e folhas esturricados sobre o solo que abrigava uma área de floresta intacta, o cheiro de queimada ainda é forte. Próximo a uma das aldeias da Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau, em Rondônia, vazios surgiram …

EUA: conheça a região com a maior taxa de mortalidade por Covid-19 no mundo

Mais de 12 milhões de pessoas estão contaminadas pela Covid-19 nos Estados Unidos. Mas o vírus não ataca o país de maneira equitativa. Os estados do centro assistem a uma progressão acelerada da epidemia …

Osmar Terra, negacionista da pandemia, está internado com covid-19 em UTI

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), um dos maiores negacionistas da pandemia e fomentador de fake news sobre o novo coronavírus, está internado com covid-19 em um hospital em Porto Alegre. Segundo comunicado do Hospital São …

Detalhe microscópico revela segredos de retratos egípcios de 1.800 anos

Análise das partículas da tinta revelou novas informações sobre os retratos enterrados ao lado das múmias egípcias há mais de 1.800 anos. A pintura Retrato do Homem Barbudo foi feita entre 170 e 180 d.C. e …

Ação da polícia contra migrantes em Paris gera críticas

Forças de segurança desmontam de forma violenta acampamento improvisado no centro da capital francesa. Ministro do Interior diz que imagens são chocantes. Ação ocorre na véspera de votação de lei que favorece polícia. A ação da …