Objetivo: Lua. Novo vaivém espacial russo pronto em 2019

airwingmedia.com

O programa espacial russo produziu um único vaivém espacial, o Buran, em 1983. O Buran foi ao espaço apenas duas vezes, a primeira em um voo sub-orbital em 1983, e a segunda em seu único voo orbital, não tripulado, em 1988. Na fotos, com o poderoso lançador Energia.

O programa espacial russo produziu um único vaivém espacial, o Buran, em 1983. O Buran foi ao espaço apenas duas vezes, a primeira em um voo sub-orbital em 1983, e a segunda em seu único voo orbital, não tripulado, em 1988. Na fotos, com o poderoso lançador Energia.

A nova espaçonave tripulada russa de transporte de nova geração vai servir para levar cosmonautas e carga para a Lua ou estações orbitais.

O programa espacial da Rússia já teve antes um vaivém espacial, o Buran 1.01, construído em 1983 para competir com os space shuttles dos EUA.

Mas o Buran foi ao espaço apenas duas vezes, a primeira em um voo sub-orbital em 1983, e a segunda em seu único voo orbital, não tripulado, em 1988, no qual fez duas órbitas à volta da Terra. O programa foi cancelado pelo presidente Boris Yeltsin em 1993.

Agora, a Rússia está de novo construindo uma nave espacial do tipo “vaivém espacial”.

O primeiro protótipo da nova nave espacial tripulada, a ser lançada rumo à Estação Espacial Internacional e à Lua num novo foguete lançador Angara A5V a partir do cosmódromo de Vostochny, pode ser desenvolvido até 2019.

A notícia foi comunicada à RIA Novosti pelo presidente da corporação espacial Energya, Vladimir Solntsev, durante o Salão Aeroespacial Internacional MAKS 2015.

airwingmedia.com

O space shuttle russo Buran

O space shuttle russo Buran

“Concordámos com os construtores que vamos apressar ou seja reduzir o prazo para desenvolver e produzir o primeiro exemplar desta nave espacial. Apesar do fato que anunciamos 2021 como a data da produção e do primeiro lançamento desta nave, planejamos fazê-lo já em 2019 e acho que conseguiremos fazer isso”, destacou Solntsev.

Segundo o presidente da Energya, a nave de transporte tripulada de nova geração que está em elaboração pela corporação vai servir para levar cosmonautas e cargas para a Lua ou estações orbitais.

“A nossa nova nave é de tipo vaivém. Serve pelo menos para 10 voos. Na sua produção são usadas tecnologias modernas, algumas delas não têm análogos na cosmonáutica mundial”, explica Solntsev.

“Há muitas diferenças entre a nova nave e a Soyuz que utilizamos hoje. Enquanto a Soyuz pode levar uma tripulação de 3 pessoas, a nova nave é capaz de transportar a bordo 4 pessoas. Além disso, o volume da cabina da nova nave é de 18 metros cúbicos, enquanto o da Soyuz é de 7 metros cúbicos”, continua.

“A duração de voo autónomo da nova nave pode atingir 30 dias”, concluiu Vladimir Solntsev.

O peso da nave em construção durante o voo para a estação orbital é de 14,4 toneladas e, durante o voo para a Lua, é de 19 toneladas. O peso da nave no regresso é de 9 toneladas. O comprimento da nave é de 6,1 metros.

Durante o voo para a Lua se planeja utilizar o novo foguete lançador russo de classe pesada Angara A5V.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …