“Talvez devesse ficar chorando”: juiz Bretas responde crítica sobre auxílio-moradia para ele e esposa

Fernando Frazão / ABr

Juiz Marcelo Bretas

O juiz da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, responsável pela Operação Lava Jato e seus desdobramentos no estado, respondeu no seu perfil no Twitter às críticas ao recebimento mensal de auxílio-moradia por ele e a esposa, que também é magistrada.

Bretas confirmou que obteve o direito à vantagem na Justiça e justificou que “o direito em questão foi assegurado a cada magistrado individualmente”.

O tema foi levantado nesta segunda-feira (29) pela coluna Painel da Folha de S.Paulo. De acordo com nota, a Ouvidoria da Justiça Federal teria recebido questionamento sobre o auxílio-moradia de Bretas.

Além de comentar nota da coluna, Bretas também publicou uma mensagem no Twitter respondendo ao deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) de que não teria direito ao benefício porque é marido da juíza Simone Diniz Bretas e mora na mesma residência dela, que também recebe o auxílio-moradia.

Na resposta ao deputado, Bretas alega que o direito em questão foi assegurado a cada magistrado individualmente. “Informo ainda que, no meu caso, foi concedido em processo judicial (público), com contraditório, proposto em face da União”, completou na postagem. De acordo com a Resolução 199 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), casal de juízes só fazem jus a um único auxílio-moradia.

Em uma outra mensagem, respondendo ao perfil @braudeliano, o magistrado afirma que não tem medo de discutir auxílio-moradia e outros auxílios. “Aliás, já postei sobre isso aqui. Mas nessa discussão eu não tenho autoridade. Eu não decido sobre isso, sou apenas ‘interessado no tema’ que, repito, é importante para pessoas que vivem de seus vencimentos”, concluiu.

Marcelo Bretas se defendeu ainda, no seu perfil do Twitter, com o argumento de que costuma arguir a Justiça, quando acha que tem um direito.

“Pois é, tenho esse ‘estranho’ hábito. Sempre que penso ter direito a algo eu vou à Justiça e peço. Talvez devesse ficar chorando num canto, ou pegar escondido ou à força. Mas, como tenho medo de merecer algum castigo, peço na Justiça o meu direito”, escreveu. Na mesma postagem, Bretas incluiu o link da nota da coluna da Folha de S.Paulo.

Ajuferjes

O juiz da Lava Jato também publicou em seu perfil do Twitter a nota da Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Ajuferjes), na qual o presidente da entidade, o juiz federal Fabrício Fernandes de Castro, defende o pagamento do auxílio-moradia para juízes.

De acordo com o presidente da associação, por exigência constitucional, os magistrados têm o dever funcional de residirem na sede do juízo onde trabalham. E para fazer frente a esse ônus, em favor da administração pública, a Lei Orgânica da Magistratura Nacional determina pagamento da ajuda de custo para moradia a todos magistrados, sempre que não houver imóvel oficial à disposição para sua residência.

O presidente apontou ainda que, por anos, o pagamento não foi feito aos magistrados federais, o que só passou a ocorrer, segundo ele, após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

A nota destacou que outras carreiras do serviço público recebem recursos semelhantes, mesmo sem a exigência constitucional que recai sobre os magistrados. Além disso, indicou que existe uma “constante campanha” para tentar desmoralizar os juízes federais brasileiros.

O dirigente completou que essa campanha, agora, atinge o juiz Bretas e a mulher dele, “como se algo de imoral ou ilegal houvesse, ou se fosse isso algum segredo a ser ocultado”.

Em resposta à Agência Brasil, sobre um posicionamento oficial do juiz Bretas sobre o assunto, a assessoria de imprensa da Justiça Federal no Rio de Janeiro informou que, até o momento, não há pronunciamento do magistrado. “Dr. Marcelo Bretas está em férias e não há pronunciamento oficial sobre o assunto, até o momento”, afirmou.

Ciberia // Agência Brasil

COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O que representa o auxilio moraria aos juízes perante ao rombo que os políticos fizeram no erário. Em contra partida ao auxilio ora recebido, espero que doutor Bretas enfia na cadeira vários bandidos de colarinho branco que surrupiaram dos cofres públicos bilhões de reais. Parte da pena do Ali babá, foi decretada agora precisa as dos 400 ladrões. Pulso firme Doutro Bretas….

  2. Tenho nojo e vergonha dos juízes que não presta um julgamento inseto como manda a lei. No caso Bretãs não opino, mais no caso geral é vergonhoso auxílio moradia para quem já tem um salário tão grande. Infelizmente o nosso país é assaltado pelos Ters poderes é apoiado pela imprensa golpista. Os trabalhadores morrendo à míngua e ao dirigentes roubando os direitos conseguido com muito esforço e dedicação. Nojo, repulsa e vergonha.

  3. É lamentável onde chegamos. O sistema, as pessoas, para justificarem monstruosidades, dizem:-“meu direito busquei na justiça”. A questão é:- A justificativa vem de pessoas coerentes, vendo uma realidade em que vivemos? Ou melhor dizer:- não temos culpa! Sabemos que tudo isso chegou no que chegou por descaso e excesso de proteção e arquivamento. Reflete abaixo:-

    O contraste:- UFRJ pagará auxílio de “R$ 1 mil” para estudantes desalojados por incêndio. Será que se tiver dois estudantes na mesma coisa cada qual ganhará? Ou por morarem na mesma residência um só terá direito? O mais importante aqui de fato moram na residência. País desigual, jamais sairá da lama. É fato.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cidade inteira é colocada em quarentena na China por causa de vírus exótico que se espalha pelo mundo

A China colocou toda a cidade de Wuhan sob quarentena para tentar evitar o contágio do vírus mortal 2019-nCoV, uma nova cepa do coronavírus identificada pouco tempo atrás. O município é o local onde uma epidemia …

Ministro astronauta mostra Terra esférica no Instagram para calar terraplanistas

Talvez quem escolhe acreditar no terraplanismo realmente não queira aceitar provas de que a Terra é esférica, mas, de qualquer forma, muita gente continua tentando convencê-los de que acreditam em uma falácia. Dessa vez foi o …

Macron bate boca com policiais israelenses em Jerusalém

O presidente francês, Emmanuel Macron, discutiu nesta quarta-feira com agentes do serviço de segurança de Israel (Shabak) que faziam sua segurança durante uma visita à Cidade Velha de Jerusalém. Macron foi filmado dizendo em …

Lente de contato inteligente instala smartphone em seus olhos

Uma tecnologia que ‘instala’ smartphone nos olhos dos usuários, além de transformar a vida dos deficientes visuais, acaba de ser aprovada pela FDA – Food and Drug Administration, o órgão do governo dos Estados Unidos …

Grécia elege primeira presidente mulher

Juíza é escolhida nova chefe de Estado pelo Parlamento, com votos de governistas e opositores. Katerina Sakellaropoulou presidiu tribunal superior e foi indicada ao cargo pelo premiê conservador Kyriákos Mitsotákis. A juíza Katerina Sakellaropoulou se tornará …

A descoberta sobre o sistema imunológico que pode ajudar a combater todos os tipos de câncer

Uma recente descoberta sobre o nosso sistema imunológico pode se tornar uma arma para tratar todos os tipos de câncer. Uma equipe de cientistas da Universidade de Cardiff, no País de Gales, desenvolveu um método em …

Holanda apresenta primeira usina de energia solar flutuante do planeta

A partir de 2022, a Holanda deverá ter a primeira usina de energia solar flutuante em funcionamento no mundo. Construída na água, a estação de energia limpa deverá se chamar Zon-op-Zee (“Sol no Mar”, em …

Novo vírus infecto-contagioso explode na China e outros países já estão em alerta

O misterioso vírus que surgiu na China nos últimos dias de 2019 acaba de chegar aos Estados Unidos. As autoridades americanas confirmaram que um homem vindo da China está infectado com o vírus, que é …

Davos assiste choque entre Greta Thunberg e Trump sobre o clima

A 50ª edição do Fórum Econômico Mundial de Davos começou nesta terça-feira (21) na Suíça dominada pelos debates sobre as mudanças climáticas. Pelo segundo ano consecutivo, a jovem ativista sueca Greta Thunberg foi convidada a …

China proibirá plástico não biodegradável

País asiático quer reduzir o uso de produtos como talheres e sacolas descartáveis em 30% até 2025. Plano prevê proibições escalonadas em hotéis, restaurantes e serviços de entrega do comércio eletrônico em áreas urbanas. As autoridades …