Teste experimental detecta câncer em apenas 10 minutos

Cientistas australianos desenvolveram um novo teste capaz de detectar câncer em apenas 10 minutos, utilizando o DNA obtido através de uma amostra de sangue.

A detecção precoce tem melhorado significativamente o prognóstico do câncer. Por esse motivo, cientistas de todo o mundo têm tentado encontrar novas formas de identificar a doença o mais cedo possível.

Foi o que decidiu fazer uma equipe de cientistas australianos da Universidade de Queensland, que criou recentemente um teste capaz de detectar a doença em apenas 10 minutos. Isso foi possível porque os cientistas chegaram à conclusão de que o câncer forma uma estrutura de DNA única quando colocado em água.

No estudo, publicado esta semana na Nature Communications, os cientistas afirmam que a identificação da presença dessa estrutura única pode representar uma autêntica revolução no diagnóstico do câncer.

Em comunicado, o principal autor do estudo, Matt Trau, explica que “descobrir que as moléculas de DNA cancerígenas formaram nanoestruturas 3D completamente diferentes do DNA em circulação foi um avanço que permitiu uma abordagem inteiramente nova para detectar o câncer de forma não invasiva em qualquer tipo de tecido, incluindo sangue”.

Foi a partir dessa descoberta que a equipe criou aparelhos de detecção portáteis que poderão, no futuro, ser adaptados a smartphones.

Nessa etapa da pesquisa, falta ainda a fase dos ensaios clínicos. No entanto, por enquanto, sua aplicação a mais de 200 amostras de sangue e tecidos humanos resultou na detecção de células cancerígenas com uma taxa de acerto de 90%. Nessa fase, segundo a Visão, o teste foi aplicado aos cânceres de mama, próstata, intestino e linfomas.

É certo que o câncer modifica o DNA das células saudáveis, mas diferentes tipos de câncer têm assinaturas diferentes. Dessa forma, os cientistas destacam a dificuldade de encontrar um traço comum capaz de distinguir as células saudáveis das afetadas pelo câncer.

Contudo, “essa assinatura única de DNA apareceu em todos os tipos de câncer de mama que examinamos e em outras formas de câncer, incluindo da próstata, colorretal e linfoma”, adiantou Abu Sina, outro dos pesquisadores da Universidade de Queensland.

“Concebemos um teste simples usando nanopartículas de ouro que mudam instantaneamente de cor para determinar se as nanoestruturas 3D do DNA do câncer estão presentes”, detalhou Trau.

Segundo a equipe, essas partículas de ouro se ligam ao DNA afetado e as alterações do comportamento molecular que levam à alteração da cor podem ser observadas com um microscópio de alta resolução. “Certamente, ainda não sabemos se é o Santo Graal de todos os diagnósticos de câncer, mas parece realmente interessante”, lê-se no comunicado.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pais gays viram alvo de investigações na Rússia

Alguns anos atrás, o advogado Vladimir (nome modificado), morador de uma grande cidade russa, decidiu ter um filho com o auxílio de uma mãe de aluguel. Sua família inteira ficou contente quando uma menina nasceu. …

Líbano: Saad Hariri volta ao posto de primeiro-ministro para formar novo governo

Saad Hariri foi nomeado novamente primeiro-ministro do Líbano, com o desafio de chegar a um acordo com as várias forças políticas do país e formar um governo capaz de realizar as reformas necessárias para …

Alunos incentivam câmeras ligadas para que professores não ‘falem’ com telas em branco

Para amenizar a sensação de solidão de professores em aulas online, alunos norte-americanos começaram a usar o TikTok para incentivar mais estudantes a abrirem as câmeras durante encontros educacionais à distância. A usuária da rede social …

Identificada a causa da maior extinção em massa na história da Terra

A vida na Terra tem uma história longa, mas também extremamente turbulenta. Em mais de uma ocasião, a maioria de todas as espécies foi extinta e uma biodiversidade já altamente desenvolvida reduziu para um mínimo …

Cães farejadores de covid: eficazes e baratos, mas esnobados

A Europa está em pânico em meio ao segundo surto de covid-19, com taxas de contágio explodindo e os PIBs despencando. A Bélgica acaba de anunciar que não mais testará cidadãos assintomáticos, mesmo que tenham …

Bolsonaro é avaliado positivamente por 37% da população, diz pesquisa

Entre os que souberam do dinheiro na cueca do senador Chico Rodrigues (52%), 74% não mudaram sua avaliação sobre o presidente Bolsonaro. Os que mais mudaram de opinião foram os pesquisados com ensino superior (26%) …

Tribunal Constitucional da Polônia invalida direito ao aborto por malformação do feto

O Tribunal Constitucional da Polônia invalidou nesta quinta-feira (22) uma disposição que permitia a interrupção voluntária da gravidez (IVG) em caso de malformação do feto. Uma vez que a decisão entre em vigor, apenas o …

Estudo descobre 1,8 bilhão de árvores no deserto do Saara e no Sahel

Um estudo publicado na revista Nature descobriu que na região do Saara Ocidental e no Sahel, há mais de um bilhão de árvores. No meio da aridez do local, a surpreendente descoberta colocou um novo …

Guerra Fria 2.0 entre EUA e China será uma batalha tecnológica, dizem especialistas

A batalha mundial pelo domínio da alta tecnologia está cada vez mais centrada em EUA e China. Com confronto aberto no caso da Huawei, especialistas do clube Valdai alertam para uma longa guerra fria tecnológica …

Combate à corrupção reduz mortalidade infantil, aponta estudo

Auditorias anticorrupção realizadas em municípios brasileiros entre 2003 e 2015 reduziram a mortalidade infantil. Esta é a principal conclusão de um estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que relacionou o …