Trudeau quer ver Papa Francisco pedir desculpas aos indígenas no Canadá

O Papa Francisco recebeu, esta segunda-feira (29), o primeiro-ministro do Canadá pela primeira vez, em um encontro onde foram abordados alguns dos assuntos tratados no encontro do G7, realizada em Taormina, na Itália, na semana passada.

O Papa Francisco e Justin Trudeau analisaram alguns dos resultados do encontro, onde estiveram reunidos os sete países mais industrializados do mundo, do qual o Canadá faz parte juntamente com a Alemanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido.

Em comunicado, a Santa Fé informou que o primeiro encontro entre o Sumo Pontífice e o premiê canadense, que durou 36 minutos, teve o Oriente Médio, o terrorismo e a liberdade religiosa na agenda. Os dois destacaram “as boas relações bilaterais entre a Santa Sé e o Canadá e a contribuição da Igreja Católica na vida social do país”.

No mesmo encontro, Trudeau aproveitou para fazer um apelo e pediu ao Papa Francisco para apresentar um pedido de desculpas pelo papel da Igreja Católica no sistema de ensino canadense, no qual muitas crianças indígenas foram abusadas durante décadas.

Os colégios internos foram fundados no século XIX e cerca de 150 mil crianças foram retiradas à força das suas famílias e lá colocadas sob o pretexto de que tinham que ser integradas na sociedade canadense. Muitas foram abusadas física e sexualmente.

“Disse a ele como é importante para o Canadá seguir em frente no processo de reconciliação com o povo indígena e destaquei como poderia ajudar se apresentasse um pedido de desculpas”, afirmou Trudeau aos jornalistas depois do encontro, citado pelo The Guardian.

O governante canadense disse ainda que convidou o Papa para fazer o pedido de desculpas no Canadá. No entanto, no comunicado emitido ontem pela Santa Fé, não há qualquer referência ao assunto.

Trudeau foi ao Vaticano acompanhado pela esposa, Sophie Trudeau, e depois do encontro com o Papa, se reuniu com o secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolin, e com o secretário para as Relações com os Estados, Paul Richard Gallagher.

O governante de 45 anos chegou ao Vaticano depois de participar do encontro da Otan, em Bruxelas, do encontro do G7, em Taormina, e depois de uma visita ao município italiano de Amatrice, devastado pelos terramotos em agosto do ano passado.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …