Vila na Nova Zelândia quer acabar com os gatos

As autoridades de Omaui, no sul da Nova Zelândia, querem erradicar os gatos da região para conseguirem proteger a biodiversidade local.

Os esforços da Nova Zelândia para proteger a biodiversidade estão indignando muitos donos de felinos. Depois de ter “declarado guerra” a criaturas como ratazanas e doninhas, agora as autoridades têm um novo alvo: os gatos.

De acordo com o Science Alert, que cita uma reportagem do New York Times, a ideia é que a medida, que ainda está em consulta pública, seja implementada na aldeia de Omaui, em Southland, no sul do país, habitada por 35 pessoas.

Apresentada na terça-feira (28), a proposta – que tem como alvo 72 predadores, incluindo gatos domésticos – faria com que, nos próximos seis meses, estes animais de estimação tenham que ser registrados, sendo também obrigatório que possuam microchips. Depois de o amigo felino morrer, o dono não estaria autorizado a substitui-lo por outro gato.

“Nós não odiamos gatos”, diz John Collins, do Omaui Landcare Charitable Trust, ao site Newshub, citado pelo jornal Público. “Mas esse não é o lugar ideal para eles”, acrescenta.

Como seria de se esperar, nem todos os residentes estão satisfeitos com a proposta, defendendo até que sem esse tipo de animal é que o problema dos roedores nas redondezas não terá fim.

“Não interessa quantos roedores apanho ou enveneno, vão continuar aparecendo mais e mais vindos do mato”, explica Nico Jarvis ao Otago Daily Times, uma residente de Omaui que tem três gatos e já começou uma petição para travar a proposta. “Se não posso ter um gato, quase não é saudável viver na minha casa”.

Jarvis acusa o conselho regional do ambiente de Southland, entidade responsável por esse plano, de se comportar como um “estado policial” e diz que a maioria da comunidade pensa que os benefícios que irá trazer para a vida selvagem da região serão insignificantes.

Ao mesmo jornal, John Collins, por sua vez, recorda que já viu pássaros nativos “feitos em pedaços” no jardim de casa. “A vida selvagem nativa está desaparecendo rapidamente por todo o país e lugares como este, onde as pessoas ainda desfrutam do som dos pássaros, já são provavelmente muito raros”, declara.

A Nova Zelândia tem a maior proporção de espécies ameaçadas no mundo, ao abrigar mais de 4 mil criaturas ameaçadas. Especialistas ambientais dizem que as raras espécies nativas do país têm sido aterrorizadas por invasores nos últimos 200 anos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Maioria das vacinas da Moderna será reservada no início para os Estados Unidos

A Moderna espera disponibilizar entre 100 e 125 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 no primeiro trimestre de 2021. A empresa anunciou, nesta quinta-feira que, no início, entre 85 e 100 …

Amazonas é 3º estado com mais queimadas, emissões e desmatamento

Pela primeira vez, o Amazonas assume a terceira posição nos três principais rankings que indicam o avanço da degradação florestal na Amazônia brasileira, incluindo indicadores de queimadas, emissões de gases de efeito estufa e desmatamento …

Sudão bane casamento infantil e mutilação genital feminina, mas prática apresenta desafios

Depois de derrubar o ditador Omar al-Bashir no ano passado, o Sudão deu importante passo para reverter alguns dos tantos horrores cometidos contra a população feminina no país – e tornou ilegal tanto o casamento …

Namíbia elege deputado chamado Adolf Hitler

O nome de um recém-eleito político da Namíbia, vem chamando atenção na mídia nacionais e internacionais. "Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia", relatou o portal de notícias alemão Spiegel Online nesta …

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …

Cingapura é primeiro país a aprovar venda de carne de laboratório

Empresa californiana obteve autorização da cidade-Estado para usar sua carne de frango produzida a partir de cultura celular em chicken nuggets e garante que preço será competitivo. Cingapura é o primeiro país do mundo a aprovar …

Relatório da ONU aponta que 2020 deve ser um dos 3 anos mais quentes já registrados

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) publicou um relatório que aponta que o ano de 2020 deve ser um dos três anos mais quentes desde o início dos registros de temperatura. O secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, …

Documentos oficiais mostram que a China escondeu informações sobre a Covid-19

Relatórios oficiais chineses teriam sido transmitidos à rede de TV americana CNN por meio de um informador anônimo. A investigação se chama “Wuhan files” e tem como foco o começo da pandemia de Covid-19, em …

Jovem que filmou morte de George Floyd por policiais brancos ganha prêmio por bravura

A mulher que filmou o assasinato de George Floyd pelo policial Derek Chauvin vai ser condecorada com um prêmio por sua coragem. Darnella Frazier, de 17 anos, fez o registro enquanto ia com o primo …