YouTube é denunciado por coletar dados de crianças com fins comerciais

Um grupo de organizações de defesa das crianças apresentou nesta segunda-feira às autoridades dos Estados Unidos uma denúncia que exige que o Google seja punido pela coleta ilegal, com fins comerciais, de dados pessoais de crianças através do site YouTube.

A coalizão, formada por 23 grupos de defesa dos direitos das crianças, denunciou à Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) que o Google recolhe informações pessoais de menores de 13 anos – incluindo a localização, identificadores de dispositivo e números de telefone – e os rastreia sem consentimento.

“O Google, proprietário do YouTube, obtém lucros consideráveis recolhendo informações pessoais de crianças que usam o YouTube para seguir a pista do usuário ao longo do tempo”, escreveram os denunciantes na queixa formal, à qual a Agência Efe teve acesso.

O diretor-executivo do Centro para a Democracia Digital (CDD), Jeff Chester, que faz parte da coalizão, acusou o Google de coletar essas informações “sem primeiro proporcionar um aviso direto aos pais e obter seu consentimento”, tal como estabelece a Lei de Proteção da Privacidade Online para Crianças (COPPA, na sigla em inglês).

A demanda alega que o YouTube, utilizado nos EUA por cerca de 80% das crianças com entre 6 e 12 anos, segundo estudos recentes, usa esses dados para dirigir os anúncios aos menores através de sua plataforma e assim obter rendimentos econômicos.

“Está na hora de a Comissão Federal de Comércio responsabilizar o Google por sua coleta ilegal de dados e práticas propagandistas”, disse Chester no documento.

O motor de busca mais famoso da Internet se defendeu das acusações alegando que a plataforma YouTube é somente para maiores de 13 anos, uma justificativa que os denunciantes não veem com bons olhos.

“Durante anos, o Google renunciou à sua responsabilidade para com as crianças e as famílias ao afirmar que o YouTube, um site infestado de desenhos animados populares, canções e rimas infantis, não é para menores de 13 anos”, diz a denúncia.

De fato, o Google tem um aplicativo dedicado exclusivamente às crianças chamado “YouTube Kids” que foi lançado em 2015 e que foi desenvolvido para exibir conteúdo e anúncios apropriados às crianças.

“Assim como o Facebook, o Google concentrou seus enormes recursos para gerar lucros ao invés de proteger a privacidade“, denunciou Chester na nota divulgada através de seu site.

A demanda apresentada à FTC, de 59 páginas, indica que o YouTube “tem conhecimento real de que muitas crianças estão em sua rede, como comprovam as declarações públicas de seus executivos e a criação do aplicativo YouTube Kids”, entre outras.

“O Google tem a responsabilidade de cumprir com a COPPA e garantir que as crianças possam ver de forma segura os programas desenhados e promovidos para elas. Essas práticas apresentam sérias preocupações que justificam a atenção da FTC“, acrescentaram os querelantes.

Este escândalo tecnológico veio à tona um dia antes de Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, comparecer ao Congresso para responder aos legisladores sobre o polêmico vazamento de dados de milhões de usuários da rede social para a firma de consultoria política Cambridge Analytica.

Nesse caso específico, o Facebook reconheceu seus erros e, desde então, Zuckerberg e outros diretores tiveram que prestar esclarecimentos à imprensa em várias ocasiões sobre mudanças futuras em suas políticas referentes à transparência e à privacidade dos usuários e em relação às chamadas “fake news” (notícias falsas em inglês).

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …