YouTube realiza “mudanças” após queixas por anúncios em vídeos ofensivos

European Parliament / Flickr

-

A diretora-executiva do YouTube, Susan Wojcicki, afirmou nesta quinta-feira (30) que o portal implementou “muitas mudanças” após grandes companhias denunciarem que seus anúncios publicitários apareciam inseridos em vídeos com conteúdos ofensivos.

Em um encontro com veículos de imprensa e analistas em Berlim, Susan afirmou que o YouTube, pertencente ao gigante americano Google, melhorou de forma considerável sua capacidade de detectar e eliminar conteúdos racistas e xenófobos, e deu mais opções aos anunciantes para controlar os vídeos nos quais aparece sua publicidade.

“Implementamos muitas mudanças” em ambos os aspectos, indicou Susan sobre a polêmica levantada após queixas e críticas de grandes empresas como Starbucks, General Motors, PepsiCo, Wal-Mart e 21st Century Fox.

Algumas retiraram diretamente seus anúncios do YouTube, enquanto outras suspenderam total ou parcialmente seu investimento publicitário no Google, a principal fonte de receita da empresa tecnológica.

A diretora do YouTube se mostrou convencida de que, após as mudanças, os anunciantes se sentirão “mais à vontade” com os conteúdos com os quais sua marca é associada.

Susan explicou a complexidade de encontrar o equilíbrio adequado na gestão do imenso conteúdo digital que o YouTube controla, evitando tanto o risco de exagerar e cair na censura, como o de ser permissivo demais com vídeos inapropriados.

Como exemplo, explicou que em uma ocasião vários usuários denunciaram como inadequado um vídeo musical pelo fato de incluir conteúdo LGBT, mas que o YouTube manteve.

Susan também lembrou que o portal segue a regulação correspondente em cada país e, além disso, aplica seus próprios códigos internos em nível global, que proíbem a difusão de conteúdo pornográfico e violento.

O diretor-executivo do Google, Philipp Schindler, se desculpou publicamente na semana passada pela polêmica dos anúncios e garantiu que a companhia estava “revisando extensivamente” suas políticas de anúncios e ferramentas enquanto introduzia “a marca” para facilitar aos anunciantes o controle dos conteúdos onde aparecem.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Senadora se declara presidente da Bolívia

A parlamentar oposicionista e segunda vice-presidente do Senado Jeanine Áñez declarou-se presidente da Bolívia nesta terça-feira (12). Ela também afirmou que o país terá novas eleições após a formação de uma nova comissão eleitoral. "De acordo …

Bolsonaro anuncia saída do PSL

Em meio à crise por disputa de poder na legenda, presidente afirma que pretende criar novo partido. Cerca de 30 parlamentares aliados de Bolsonaro devem seguir exemplo e deixar o PSL. O presidente Jair Bolsonaro anunciou …

Israel mata comandante da Jihad Islâmica em ataque aéreo

Forças israelense bombardeiam casa de líder extremista na Faixa de Gaza. Militantes palestinos reagem disparando dezenas de mísseis contra Israel. Autoridades pedem que população fique em casa. Um importante comandante militar do grupo extremista palestino Jihad …

Cão aprende a falar usando máquina de escrever e já sabe 29 palavras

Stella tem 18 meses e, apesar de ser um cachorro, já sabe “falar” mais do que muitos humanos da sua idade. Através de uma máquina criada por sua tutora, o animal consegue se comunicar usando …

Saída de Lula da prisão pode ser “oportunidade” para Bolsonaro, diz especialista ao Le Monde

O jornal Le Monde deste domingo e segunda-feira, feriado em que a França comemora o Armistício da Primeira Guerra Mundial, traz uma reportagem de página inteira sobre a liberação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da …

Evo Morales deixa a Bolívia rumo ao México

O agora ex-presidente Evo Morales deixou a Bolívia na noite desta segunda-feira (11) e pegou um avião em direção ao México. Em comunicado via Twitter, Evo Morales disse que estava agradecido ao México por ter lhe …

Turquia repatria jihadistas estrangeiros do "Estado Islâmico"

A Turquia começou a repatriar nesta segunda-feira (11/11) jihadistas estrangeiros do grupo terrorista "Estado Islâmico" (EI) que foram capturados no norte da Síria. Um alemão, um dinamarquês e um americano foram os primeiros deportados por …

Fumar aumenta o risco de depressão e esquizofrenia?

De acordo com um novo estudo da Universidade de Bristol (Reino Unido), fumar pode aumentar o seu risco de desenvolver depressão ou esquizofrenia. Os pesquisadores queriam estudar a relação conhecida entre tabagismo e doenças mentais. Muitas …

Prisões não vão abrir as portas após decisão do STF, dizem especialistas

Segundo especialistas ouvidos pela Sputnik Brasil, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o momento da execução da pena não vai fazer com que as "portas dos presídios sejam abertas para criminosos perigosos". Na quinta-feira …

EUA acusam China de exportar drones autônomos letais para o Oriente Médio

O exército hi-tech de autômatos letais, antes uma visão do futuro, já é uma realidade e está em pleno curso, inclusive com comércio dessa nova tecnologia em andamento. Isso é o que diz o secretário de …