Depois de 10 tentativas, execução de condenado é suspensa nos EUA

(dv) ADOC

O advogado de Doyle Hamm, condenado à morte no Alabama, nos EUA, fala em “execução sangrenta, fracassada”: “Desistiram quando não conseguiram encontrar uma veia”.

Foram feitas mais de 10 tentativas durante duas horas e meia para a equipe médica encarregada de executar Doyle Hamm abortasse a sentença, depois de não terem encontrado uma veia para administrar a injeção letal.

De acordo com o Diário de Notícias, dias antes da execução, os advogados já tinham explicado que Doyle tinha câncer em fase terminal e um histórico de abuso de drogas que poderia comprometer as veias, o que resultaria em uma difícil execução.

Os advogados disseram ainda que o Alabama tentava acelerar um protocolo de execução especializado que aumentava as possibilidades de um procedimento defeituoso. O estado respondeu que sabia o que estava fazendo e que saberia lidar com a injeção letal.

Devido aos problemas em encontrar as veias de Hamm, o mandado de morte que tinha sido aplicado a ele expirou à meia-noite. Não foi divulgado se o Alabama pretende anunciar uma nova data para a execução.

Segundo a Reuters, os responsáveis do departamento prisional do Alabama não estiveram disponíveis para responder aos comentários do advogado de Hamm.

“Foi uma execução sangrenta e mal sucedida. Eles desistiram quando não conseguiram encontrar uma veia”, explicou Bernard Harcourt, professor da Faculdade de Direito da Universidade de Colúmbia, que representa Hamm.

Doyle Hamm, de 61 anos, ficou com 12 feridas como resultado das abordagens sem sucesso, deixando para trás uma câmara de morte sangrenta. Segundo a descrição do advogado, o homem ficou com “cicatrizes nos tornozelos, na batata da perna e na virilha direita“, e está com “grandes hematomas” e um inchaço na virilha.

Hamm foi condenado por assassinar o recepcionista de um hotel durante um assalto em 1987, na cidade de Cullman, e passou mais de metade da sua vida no corredor da morte.

A injeção letal – que tem sido questionada nos 31 estados que aplicam a pena de morte, depois de outras execuções mal sucedidas no Oklahoma e no Arizona – é um procedimento de execução que consiste em aplicar por via intravenosa, e de forma contínua, uma quantidade letal de barbitúricos de ação rápida, combinados com produtos químicos que paralisam os músculos.

Segundo o Público, em 2014, Clayton Lockett, condenado à morte no estado do Oklahoma, levou 43 minutos para morrer de “um ataque cardíaco devastador”, como disseram seus advogados, depois de ter arrebentado a veia por onde foram injetados os químicos que o deveriam ter matado de forma “humana”.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Nova descoberta pode nos ajudar a colonizar Marte (e a encontrar extraterrestres)

Cientistas conseguiram descobrir uma bactéria que seria capaz de sobreviver em Marte, e potencialmente também em outros planetas. A descoberta abre a porta à colonização de Marte e até pode facilitar a busca por sinais …

Há uma estranha relação entre o racismo e a negação das mudanças climáticas

Os motivos que estão por trás da negação das mudanças climáticas parecem ser ainda mais complexos do que pensávamos. Um estudo concluiu que há uma ligação entre atitudes racistas e o ceticismo no que toca …

Fóssil com 500 milhões de anos intriga os cientistas

Foi descoberto na China um fóssil de uma estranha criatura marinha com 500 milhões de anos, e os cientistas não sabem onde encaixá-la na “árvore da vida”. Uma equipe de cientistas descobriu um fóssil de uma …

Inteligência Artificial do Google já consegue prever quando os pacientes vão morrer

O Google tem expandido seus serviços médicos e treinado algoritmos para prever quanto tempo de vida resta a um paciente, informação que pode ajudar a salvar vidas. A rede neural do Google pode ser considerada única …

Desempenho positivo na Copa do Mundo diminui polarização política e até violência

Basta acompanhar uma Copa do Mundo para rapidamente perceber que a coisa vai muito além de uma simples competição de futebol: para além das tramoias e das negociatas que infelizmente contaminam esse evento, trata-se de …

Maduro anuncia aumento de 103% no salário mínimo da Venezuela, que agora chega R$ 250

Nicolás Maduro vai aumentar o salário mínimo em 103,7% na Venezuela, naquele que é o quarto aumento salarial este ano. No entanto, os preços dos produtos aumentam diariamente cerca de 2,4%. O presidente da Venezuela, Nicolás …

Trump impede (temporariamente) a separação de famílias imigrantes

O presidente dos EUA assinou, nesta quarta-feira (20), uma Ordem Executiva que permite resolver temporariamente o problema das famílias imigrantes no país, que foram separadas dos filhos na fronteira com o México. No entanto, ressalvou …

Portaria determina emissão de carteira de trabalho para imigrantes no Brasil

Em meio à crise migratória que atinge diversos países e a crescente entrada de venezuelanos no Brasil com o estado de Roraima, o Ministério do Trabalho publicou portaria que trata dos procedimentos para a emissão …

Temer vai cortar R$ 1 bilhão do Fies para financiar segurança pública

O governo do presidente Michel Temer deve passar parte do investimento em educação à manutenção do Fundo Nacional da Segurança Pública (FNSP). A medida provisória que destina recursos das loterias federais para o fundo representa …

49 crianças brasileiras foram separadas dos pais e enviadas a abrigos nos EUA

Quarenta e nove crianças brasileiras estão em abrigos e foram separadas dos pais ao ingressarem ilegalmente nos Estados Unidos. A informação é do cônsul-geral adjunto do Brasil em Houston, Felipe Santarosa, que concedeu entrevista à …