Com uma droga experimental, Flórida executa o primeiro branco condenado por matar um homem negro

@wjxt47 / Twitter

Mark Asay, o primeiro homem a ser executado por homicídio racista

O nome de Mark Asay deve entrar para a História por ser o primeiro homem branco executado por matar um negro e um hispânico na Flórida. O supremacista branco foi executado com uma injeção experimental.

Mark Asay tinha sido condenado por dois homicídios motivados por ódio racial há 30 anos. Ele foi executado nesta quinta-feira (24) com uma injeção letal experimental. Mas essa não é a única novidade no caso. O supremacista branco foi o primeiro a ser condenado e executado na Flórida por crimes motivados pelo racismo e ódio racial.

Desde 1976, ano em que o estado norte-americano voltou a aplicar a pena de morte, 20 homens negros foram executados por assassinar vítimas brancas, de acordo com o Centro de Informações da Pena de Morte.

O etomidato foi a droga utilizada nesta injeção letal. Trata-se de um anestésico nunca utilizado antes para execuções nos EUA e que pretende substituir o midazolam, um fármaco que tem sido deixado de lado por suspeitas de causar sofrimento desnecessário aos condenados.

Segundo o jornal português Observador, os Estados Unidos entraram num debate sobre as drogas usadas nas execuções, quando veio a público a informação de que várias execuções estavam a causar sofrimento desnecessário.

Em tempos, a cadeira elétrica foi o meio mais utilizado para levar a cabo as execuções, mas tem sido substituída pela injeção letal, que o governo acredita ser a opção mais humana e ética possível.

Os estados do Alabama, Flórida, Carolina do Sul, Kentucky, Tennessee e Virgínia ainda permitem o uso da cadeira elétrica. No Arizona, Califórnia, Mississípi, Missouri, Oklahoma e Wyoming ainda aplicam penas de morte em câmaras de gás.

E em Delaware, New Hampshire e Washington, o enforcamento também é uma opção. Apesar de permanecerem viáveis, a injeção letal é o método mais aplicado em todos os estados onde a pena de morte ainda é legal.

No caso de Asay, foi aplicado um coquetel de etomidato, rocurônio e acetato de potássio. O supremacista apresentava tatuagens ligadas a gangues de supremacistas brancos, como o grupo KKK, e símbolos racistas.

O homem de 53 anos foi condenado em 1987 por dois homicídios levados a cabo em Jacksonville. As provas apresentadas pelos procuradores confirmaram que o supremacista matou Robert Lee Booker, um homem negro de 34 anos, e Robert McDowell, hispânico de 26 anos, a tiros na mesma noite.

Asay teria contratado McDowell para prostituição nessa noite – um homem que se vestia de mulher – e o matou a tiros quando percebeu que se tratava de um homem.

Após vários comentários racistas, encontrou Booker e o matou da mesma forma. Até o fim, Asay negou ter matado Booker, mas admitiu ter sido o responsável pela morte de McDowell.

O jornal inglês Mirror afirma que o duplo homicida demorou onze minutos a morrer com a nova injeção.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Vacina EpiVacCorona tem eficácia de mais de 90%, segundo desenvolvedor

Especialista do centro desenvolvedor da EpiVacCorona informou que os estudos aleatórios em grupos imunizados mostram uma eficácia de mais de 90%. Os anticorpos contra o novo coronavírus, após a vacinação com o imunizante russo EpiVacCorona, se …

Covid: 5 motivos que explicam por que Índia recebe mais ajuda do mundo que Brasil

Hospitais em colapso. Pacientes sem vagas nas UTIs. Falta de oxigênio para quem precisa. O cenário devastador que assola a Índia agora durante a pandemia de covid-19 foi o mesmo do Brasil de algumas semanas atrás. …

Google tem sistema para busca de postos de vacinação contra covid

A partir de agora, o Google vai te ajudar a encontrar o lugar mais próximo para você tomar aquela dose tão sonhada da vacina contra a covid-19. A ferramenta se baseia em buscas do tipo ‘como …

Pessoas vacinadas serão isentas de restrições sanitárias na Alemanha

A Alemanha pretende suspender algumas restrições para as pessoas que já foram vacinadas contra o coronavírus. Quem já foi imunizado não será mais obrigado a apresentar um teste negativo para entrar em lojas que …

Com a tecnologia atual não teríamos nenhuma chance contra esse asteróide

Um asteróide fictício vindo em direção a Terra se mostrou mais poderosos que todos os cientistas. Um grupo de especialistas de agências espaciais dos EUA e da Europa participou de um exercício de uma semana liderado …

Divórcio de Bill e Melinda Gates: as dúvidas sobre o destino de fortuna de US$ 124 bilhões

Bill e Melinda Gates anunciaram na segunda-feira (03/05) que vão se divorciar após 27 anos juntos, pondo fim a um dos casamentos mais famosos do mundo dos negócios. Eles se conheceram na década de 1980, quando …

Atraso para tomar 2ª dose não prejudica imunização contra a COVID-19, explica infectologista

Pelo menos nove capitais brasileiras suspenderam a aplicação da segunda dose da vacina contra a COVID-19 fabricada pelo Instituto Butantan, a CoronaVac. Os municípios alegam que as mudanças nas regras do Ministério da Saúde prejudicaram …

Viaduto de metrô desaba no México e deixa mais de 20 mortos

Colapso de estrutura sobre movimentada avenida deixa 70 feridos na Cidade do México. Linha de metrô que trafegava pelo viaduto foi inaugurada há menos de dez anos. Ao menos 23 pessoas morreram e 70 ficaram feridas …

Converse abre loja virtual na famosa Ilha de Lixo do Pacífico

A Converse quer ajudar a limpar a ilha de Lixo do Pacífico por meio de uma campanha de conscientização que uniu criativos de todo o mundo. A marca de calçados juntou um grupo de jovens artistas …

Ameaças de Biden contra Rússia terão consequências 'desastrosas' para EUA, diz NI

As recentes declarações hostis do presidente dos EUA, Joe Biden, contra a Rússia estimulam Moscou e Pequim a estabelecer aliança que acabaria sendo desastrosa para Washington, escreve The National Interest. Durante discurso ao Congresso dos EUA …