A 5G está aqui, mas será que haverá uma 6G?

Apesar de a tecnologia 5G ainda estar na infância, e fazer tudo o que a 4G consegue, parece que os investigadores estão ansiosos por olhar mais para o futuro. Mas ninguém sabe exactamente como será a 6G.

A maioria de nós ainda se lembra do barulho dos modems antigos a tentar (muito lentamente) a ligação à internet.

A tecnologia, incluindo a internet móvel e os cabos de telecomunicação que fazem a ligação à internet de casa, têm se desenvolvido rapidamente em comparação aos dias de antigamente, em que hoje levamos dispositivos nos nossos bolsos com velocidades de download exponencialmente mais rápidas.

Claro que à maneira que a velocidade dos downloads acelera, pessoas de todo o mundo ficam cada vez mais impacientes, aos ponto de que hoje em dia, enquanto esperamos que a 5G se expanda ao mundo inteiro, os investigadores de telecomunicações já começaram a falar da 6G.

A diferença entre a 5G e outras gerações

Nem é preciso dizer que a 5G faz tudo o que a 4G consegue… mas melhor.  Irá trabalhar a uma velocidade mais rápida, permitindo aos utilizadores fazer o download de filmes em alta definição em apenas segundos em vez de minutos! O tempo de resposta será igualmente mais rápido.

Enquanto actualmente, o tempo de latência é aproximadamente 50 milissegundos, a 5G promete uma latência de apenas 1 milissegundo, o que coloca as redes móveis ao mesmo nível da banda larga pela primeira vez.

Mas talvez o desenvolvimento mais empolgante entre a 4G e a 6G é a sua capacidade. Tal como o barulho dos modems antigos nos soa familiar, o mesmo acontece com a experiência de realizar qualquer tarefa que utiliza dados, ao mesmo tempo que muitas outras pessoas.

Isso resume-se a redes 4G simplesmente não terem capacidade de banda larga suficiente para suportar múltiplos usuários. Com a 5G, isso não será mais um problema, com uma largura de banda mínima de 50 MHz e um máximo de 400 MHz.

Isto tudo significa que a 5 terá a capacidade de mover mais dados, ser mais ágil e conectar-se a mais dispositivos de uma só vez.

Ligar o Interruptor na 5G

Embora companhias de telecomunicações como a Samsung, LG, AT&T, Huawei e ZTE tenham anunciado que pretendem lançar redes 5G este ano, o lançamento está a acontecer mais devagar do que era esperado.

Este também é o caso na Europa, onde San Marino foi o banco de testes da 5G, e a Vodafone, EE e O2 anunciaram que pretendem começar a implantar a conectividade 5G nas principais cidades britânicas a partir do verão de 2019.

A Verizon está à frente nesta competição, tendo lançado o primeiro telefone 5G, o Moto Z3, a 3 de Abril. Contudo, a experience 5G deixa muito a desejar, com rede limitada somente em duas das maiores cidades dos Estados Unidos (Chicago e Minneapolis).

Se considerarmos que a história se repete, não podemos esperar que as redes 5G alcancem sucesso nos próximos. Apesar dos primeiros telefones 4G aparecerem nos Estados Unidos em 2010, aplicações 4G como o Snapchat, a Uber e videochamadas não se expandiram até 2013.

Talvez não seja uma grande surpresa, que o Brasil não tenha intenções de adoptar esta tecnologia até Março de 2020, uma vez que o governo tenha investimento necessário para promover.

O que é a 6G, e porque é que o mundo precisa disto?

Depois do primeiro 6G Wireless Summit no fim de Março, parece que os investigadores estão ansiosos por olhar mais para o futuro, apesar da 5G ainda estar na sua infância, e a 4G LTE ainda ser considerada a norma.

Mas, mesmo aqueles que falaram no Summit não sabem exactamente como será a 6G. Ainda para mais, assim como a 5G exigiu postes adicionais e relays de sinal cada vez mais próximos, isso significa uma mudança de equipamentos e infra-estrutura (como os cabos de telecomunicações).

O advento da 6G também deve exigir mais investimentos e adaptações para apoiar um sistema next-next-gen. A questão é, quanto apetite haverá para isso, se se seguir muito próximo do investimento na 5G?

À medida que olhamos para o futuro, os que têm palavra na tomada de decisões terão de considerar a mesma pergunta que fizeram a si mesmos (e uns aos outros) durante anos, à medida que avançamos rapidamente de 3G para 5G: Por que é que precisamos desta próxima geração em tecnologia?

Ciberia //

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …