Acusados de matar Marielle Franco viram réus

(dr) Nossa Política

Marielle Franco

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou nesta sexta-feira (15/03) a denúncia apresentada pelo Ministério Público (MP) contra o policial militar reformado Ronnie Lessa e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, acusados de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes.

Os dois responderão por duplo homicídio triplamente qualificado – motivo torpe, emboscada e recurso que prejudicou a defesa das vítimas –, além de tentativa de homicídio contra a assessora de Marielle que sobreviveu ao atentando e por crime de receptação.

Ao aceitar a denúncia, o juiz Gustavo Kalil, do 4º Tribunal do Júri do Rio, determinou ainda, em caráter de urgência, a transferência de Lessa e Queiroz para um presídio federal. De acordo com o magistrado, a medida é necessária para evitar novos crimes, pois ambos estariam ligados a uma milícia que possui policiais militares da ativa.

O juiz ordenou também o bloqueio de todos os bens dos acusados para garantir o ressarcimento das vítimas. A denúncia afirma que Lessa é proprietário de uma lancha, dois automóveis e de diversas armas. De acordo com as investigações, sua residência, num condomínio na Barra da Tijuca, é incompatível com sua renda.

O MP destacou ainda que um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) mostrou um depósito em dinheiro, na boca do caixa, de 100 mil reais, na conta de Lessa, no dia 9 de outubro de 2018. Ele foi filmado fazendo o depósito e as imagens fazem parte do processo.

A dupla teria ainda se encontrado num restaurante para combinar o depoimento que deram em janeiro deste ano e, desta maneira, dificultar as investigações. Lessa e Queiroz se recusaram a prestar depoimento após a prisão e pretende falar somente em juízo.

Os acusados foram detidos na madrugada de terça-feira. Lessa, de 48 anos, teria disparado os tiros, do banco de trás do carro usado no crime; e Queiroz, de 46 anos, seria o motorista. Os dois negam as acusações.

Lessa começou a ser investigado em outubro do ano passado, depois de uma denúncia anônima que afirmou que a execução de Marielle foi encomendada por 200 mil reais. A investigação indica que ele fez com regularidade pesquisas na internet sobre os locais que a vereadora frequentava. Os investigadores sabem ainda que, desde 2017, o policial pesquisava também a vida do então deputado estadual Marcelo Freixo (Psol).

Os investigadores ainda não revelaram quem foi o mandante da execução. Após quase um ano de investigação, a polícia e o Ministério Público do Rio decidiram dividir o inquérito em duas partes: uma sobre os executores do crime, outra sobre os mandantes.

Marielle, de 38 anos, e Anderson, de 39, foram assassinados em 14 de março no bairro do Estácio, região central do Rio, quando saíam de um evento no qual a vereadora palestrava. O carro foi alvejado por vários disparos, dos quais quatro atingiram a cabeça dela.

As investigações sobre o crime – que levou multidões às ruas no mundo todo para manifestar solidariedade e cobrar explicações – correram durante todo o tempo sob sigilo, embora uma série de informações tenha sido revelada pela imprensa brasileira.

Além de defender os direitos das mulheres e a inclusão social, Marielle criticava também a violência policial e a ação de milícias. Seu assassinato causou comoção internacional, e organizações de defesa dos direitos humanos pressionavam para que respostas fossem apresentadas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Greta Thunberg é eleita Pessoa do Ano pela "Time"

Revista dedica capa à jovem adolescente sueca por liderar a maior manifestação pelo clima na história da humanidade e diz que mudanças significativas raramente ocorrem sem a força mobilizadora de indivíduos influentes. A ativista sueca Greta …

Companhia aérea adota copos comestíveis para substituir descartáveis

A redução do uso de plástico como medida de combate à poluição é necessidade urgente e, ainda que cada um de nós seja parte desse destrutivo consumo, é sabido que a diferença se dá de …

Senado votará pacote anticrime nesta quarta-feira, diz Alcolumbre

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que vai pautar para esta quarta-feira (11) a votação do pacote anticrime. O projeto foi aprovado na semana passada pela Câmara dos Deputados e passou nesta terça-feira (10) …

Vacina contra gastroenterite pode ser eficaz contra câncer, mostra pesquisa

O estudo, realizado por um grupo de cientistas franceses do Centro de Pesquisa em Cancerologia de Lyon, mostrou que a vacina usada para prevenir a gastroenterite em crianças pode provocar a morte de células cancerígenas …

Famosa na internet, a falecida gata Lil Bub terá suas cinzas enviadas ao espaço

Visitar pessoalmente o espaço sideral é uma oportunidade que pouquíssimas pessoas têm em vida, mas enviar suas cinzas ao espaço pode se tornar uma nova forma de passar a eternidade entre as estrelas. E, assim …

Câmara dos EUA formaliza acusações contra Trump

Democratas dizem ter provas suficientes para acusar o presidente americano de abuso de poder e obstrução do Congresso. Votação sobre o impeachment no plenário da Câmara deve ocorrer na próxima semana. Congressistas democratas na Câmara dos …

Cientistas criam pele artificial que é flexível se cura como a de verdade

Cientistas da Universidade Nacional da Austrália criaram um hidrogel que funciona como a pele de verdade, com a mesma força e durabilidade. “Com a química especial que desenvolvemos no hidrogel, ele pode se reparar após ser …

Putin e Zelenski anunciam cessar-fogo na Ucrânia

Em cúpula em Paris, presidentes concordam em retomar processo de paz e prometem troca de todos os prisioneiros até o fim deste ano. Apesar de avanços, divergências sobre eleições em regiões separatistas permanecem. Os presidentes ucraniano, …

Aung San Suu Kyi vai defender Mianmar na ONU de acusações de genocídio

A prêmio Nobel da Paz defenderá seu país das acusações de genocídio da minoria muçulmana rohingya no tribunal internacional da ONU, em Haia. A Corte Penal Internacional (CPI) autorizou em novembro que Mianmar, antiga Birmânia, seja …

Em meio a "emergência climática", UE aposta em Acordo Verde

Com a UE prestes a fracassar em suas metas de redução de CO2 até 2030, todos os olhos se voltam para os planos de longo prazo da Comissão Europeia para combater a mudança climática. A nova …