Alexandria, a latina que pode se tornar a pessoa mais jovem no Congresso dos EUA

@josealvarado / Alexandria Ocasio-Cortez / Facebook

Alexandria Ocasio-Cortez derrotou um dos políticos mais influentes dos EUA nas primárias do partido democrata

Alexandria Ocasio-Cortez derrotou, na terça-feira (26), um dos políticos mais influentes dos EUA nas primárias do partido democrata. Caso vença as eleições de novembro, será a candidata mais jovem a chegar ao Congresso.

Filha de uma empregada doméstica porto-riquenha e de um pequeno comerciante do bairro nova-iorquino do Bronx, há algum tempo, Alexandria Ocasio-Cortez poderia não imaginar a volta que sua vida ia dar.

Na terça, a “nova sensação democrata” conseguiu derrotar nas primárias do partido Joe Crowley, um dos democratas e políticos mais influentes dos EUA e que estava há dez mandatos na Câmara dos Representantes, escreve a rádio portuguesa Renascença.

Formada em Economia e Relações Internacionais pela Universidade de Boston, a democrata de 28 anos chegou a trabalhar como empregada de bar em Manhattan para evitar que a mãe fosse despejada.

Segundo a rádio, a ideia de seguir uma política apareceu cedo, tendo feito parte da equipe do senador Ted Kennedy e tendo participado na campanha presidencial de Bernie Sanders. Agora, mais concretamente em novembro, Alexandria vai concorrer nas eleições para o Congresso. Se vencer, será a candidata mais jovem a chegar lá.

“Não é suposto mulheres como eu concorrerem ao governo”, afirmou a democrata aos jornalistas, depois de se recompor da surpresa dos resultados da noite eleitoral – venceu com mais de 57% dos votos.

Em entrevista à CNN, Alexandria considera que venceu porque tinha uma mensagem muito clara: “fomos bater a portas que nunca tinham sido batidas, falamos com comunidades que são habitualmente desvalorizadas e essas pessoas responderam“.

Em declarações à MSNBC, a norte-americana recordou que começou a corrida eleitoral há “nove meses apenas com um saco de papel com panfletos”. “Concorri porque achei que a nossa mensagem podia ser melhor, o nosso partido podia ser melhor, o nosso país pode ser melhor”, cita a Renascença.

De acordo com o Expresso, depois da morte do pai, Alexandria via a mãe limpar casas, enquanto dirigia ônibus escolares, para sustentar a família. “Entendo bem o sofrimento dos americanos das classes mais baixas porque foi assim que eu cresci”, afirmou.

Durante a campanha, Alexandria reivindicou um serviço nacional de saúde alargado, uma escola pública para todos, defendeu a política do “emprego universal”, que prevê que o governo federal encontre um emprego para cada cidadão, e pediu o fim da Agência de Controle de Imigração (ICE), bastante criticada pela forma como trata os imigrantes.

Questionada sobre a forma como o seu partido atua atualmente, a jovem considera que, se quiser vencer as eleições de novembro e as presidenciais de 2020, “tem que chegar aos jovens, a pessoas que não votam, a zonas maioritariamente de cor, onde o inglês é a segunda língua, a pessoas que têm dois empregos”, cita a rádio.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …

Covid-19: Governo chinês recompensa quem se vacina distribuindo ovos

Primeiro país afetado pela Covid-19, mas também o primeiro a se recuperar da pandemia, a China ainda encontra dificuldades para convencer sua população a se vacinar contra o coronavírus. O governo em algumas regiões …

Bloomberg revela planos de Biden de cortar orçamento do Pentágono

A administração Biden alegadamente pretende propor ao Pentágono um orçamento menor do que sob a administração Trump, reportou a agência Bloomberg citando três fontes. De acordo com agência, o orçamento será US$ 7 bilhões menor (cerca …

Cientistas revelam ameaça de grande desabamento de plataformas de gelo na Antártida

Novo estudo demonstrou que mais de um terço da área das plataformas de gelo na Antártida pode cair no mar se as temperaturas globais aumentarem em quatro graus, em comparação com o nível pré-industrial. De acordo …

“É como um lindo instrumento”: mais de 2 mil microfones desvendam o mistério o zunido dos beija-flores

O beija-flor faz um agradável zumbido quando paira na frente das flores para se alimentar. Mas só agora ficou claro como suas asas gera o som harmônico enquanto bate suas asas a impressionantes 40 vezes …

Barroso determina que presidente do Senado instale "CPI da covid"

Pedido para criar a comissão foi protocolado no início de fevereiro, mas Rodrigo Pacheco resistia. Colegiado deve apurar irregularidades e pode gerar desgaste ao governo. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou …

Cientistas descobrem segredo do computador de mais de 2 mil anos

A Máquina de Anticítera permanecia há mais de um século como um dos grandes mistérios do planeta até março desse ano: espécie de primeiro computador da história, o mecanismo com mais de 2 mil anos …

Família real britânica: morre príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth 2ª

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth 2ª, morreu nesta sexta-feira (09/04) aos 99 anos, anunciou o Palácio de Buckingham. Em um comunicado, o palácio disse: "É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anunciou …

Dinamarca suspende vistos e se torna 1° país europeu a ordenar retorno de refugiados à Síria

A Dinamarca acredita que a situação na província de Damasco se encontra atualmente estabilizada e decidiu suspender as autorizações de residência temporária de várias centenas de sírios. Trata-se do primeiro país europeu a ordenar …