Anatel deve mudar regras para impedir cobranças após roubo de celular

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) determinou que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) altere a regulamentação dos serviços de telefonia móvel para impedir a cobrança de mensalidades de clientes que comunicarem perda, roubo ou furto do celular.

A decisão, da qual ainda cabe recurso, vale para todo o país e foi proferida na última quarta-feira (25), mas foi divulgada nesta segunda-feira (30) pelo tribunal.

De acordo com a assessoria do tribunal, a Justiça Federal em Florianópolis (SC) considerou procedente o pedido do Ministério Público Federal (MPF).. A Anatel recorreu ao tribunal, mas a 4ª Turma decidiu, por unanimidade, negar o apelo.

Para o relator do caso, juiz federal Sergio Renato Tejada Garcia, ficou demonstrada a omissão da agência reguladora no caso.

“Ao tentar se eximir do dever de regulamentação, a Anatel deixa de realizar as atribuições que lhe são incumbidas no tocante à defesa dos direitos dos usuários, à garantia de equilíbrio entre os consumidores e as prestadoras”, concluiu o juiz.

A condenação é resultado de uma ação civil pública aberta pelo MPF, segundo a qual a cobrança de multas pelo rompimento do contrato por vítimas de ação criminosa é uma relação que se dá de “maneira desproporcional e desarrazoada em desfavor do consumidor”.

O MPF constatou falhas no atendimento das operadoras na comunicação de eventos fortuitos e a cobrança de multas por cancelamento e mensalidades ao consumidor quando este não podia mais usar serviço.

Na ação, o MPF ressaltou a necessidade de regulamentação das regras para impedir as concessionárias de telefonia móvel de cobrar multa em casos de “rescisão de contrato de prestação de serviço de telefonia móvel, quando da ocorrência de caso fortuito alheio à vontade do usuário e durante a vigência de contrato de permanência mínima”.

Pela sentença, a Anatel tem que mudar a regulamentação para impedir ”que as operadoras de telefonia móvel multem usuários que rescindiram contratos em razão de perda, roubo ou furto de aparelhos e obstar cobranças de mensalidades a partir da comunicação do fato, bem como impor a adoção de meios simples e ágeis para solucionar essas demandas”.

Ciberia // Agência Brasil

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

NASA não consegue “despertar” Opportunity, a sonda adormecida em Marte

Os especialistas da NASA não conseguiram reestabelecer ligação com a sonda marciana Opportunity, embora o volume de pó na atmosfera de Marte já tenha reduzido a níveis muito próximos dos normais, revelou a agência norte-americana. “Neste …

Centenas de argentinos fazem renúncia coletiva ao catolicismo

Quase duas semanas depois da rejeição da legalização do aborto pelo Senado argentino, centenas de cidadãos participaram de uma apostasia coletiva no último fim de semana em Buenos Aires. O objetivo dos manifestantes era não apenas …

Cientistas identificam destino fatal da perdida 8ª Maravilha do Mundo

Os Terraços Rosa e Branco da Nova Zelândia, conhecidos como a 8ª Maravilha do Mundo, desaparecerem misteriosamente há mais de 130 anos. Agora, um grupo de cientistas acredita ter descoberto o que levou ao fatídico …

Revelada identidade das múmias do enorme sarcófago preto do Egito

No início de julho, um enorme sarcófago negro foi descoberto em Alexandria, no Egito. O misterioso túmulo foi aberto dias depois e os especialistas identificaram no interior três múmias danificadas pela água que tinha se …

2 mil anos depois, a rede de estradas romanas ainda gera riquezas

“Todos os caminhos levam a Roma”. Todo mundo já ouviu dizer e a ciência já nos mostrou que o ditado popular é realmente verdade. Um novo estudo mostra agora que a riqueza gerada pelas estradas …

Com apenas 3 anos, Ophelia tem um QI superior ao de Einstein

Ophelia Morgan-Dew tem apenas 3 anos, vive na cidade de Herefordshire, no Reino Unido, e pode ser o mais novo gênio do mundo. A menina fez o teste para medir o QI e os resultados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo (19) recorrer à Justiça, depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter cancelado seu acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Roraima volta a pedir ao STF limite de entrada de venezuelanos

O governo de Roraima voltou a pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a suspensão temporária de entrada de imigrantes em território brasileiro para tentar conter o perigo de conflitos e o “eventual derramamento de sangue …

Aumento do Judiciário compromete orçamento de 13 Estados

Metade dos 26 estados ligou o alerta orçamentário: o aumento que os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) concederam a si mesmos – ainda depende de aprovação no Senado – pode inviabilizar a folha de …

Universidade de São Paulo abre inscrições para curso gratuito sobre Harry Potter

O universo de Harry Potter continua conquistando gerações. Desde o lançamento do primeiro romance em 1997 (A Pedra Filosofal), foram mais de 450 milhões de cópias vendidas, traduções para 73 idiomas e o surgimento de …