Anticorpos da COVID-19 protegem de reinfecção por pelo menos 9 meses, diz estudo sueco

Resultados podem ter implicações para as filas de vacinação, uma vez que aqueles confirmados como portadores do SARS-CoV-2 podem ser os últimos na fila, devido ao alto nível de proteção dos anticorpos.

A maioria das pessoas que tiveram COVID-19 conservam anticorpos protetores que permanecem por pelo menos nove meses após a confirmação da doença, com um risco de reinfecção extremamente baixo, revela um novo estudo sueco.

“Esta é uma notícia muito boa. Os anticorpos parecem funcionar bem, eles protegem você de adoecer, mas também de ficar infectado e espalhar ainda mais [o vírus]”, comemora diz Charlotte Thalin, coautora do estudo, em entrevista à emissora SVT.

A pesquisa começou em abril do ano passado e analisou dados de 2.149 funcionários de um hospital. Os resultados mostram que 96% dos 370 participantes que tinham anticorpos para a proteína spike (espigão), os anticorpos que neutralizam o vírus SARS-CoV-2, em abril de 2020 e nove meses depois ainda apresentavam níveis relevantes desses anticorpos. Dois terços desse grupo também tinham memória de células T específica contra o novo coronavírus.

“Tem havido muita conversa sobre se você pode ser infectado e obter uma memória de células T, mas sem anticorpos, mas não parece ser o caso. Quem não tinha anticorpos também não tinha memória de células T contra o SARS-CoV-2”, explica Thalin.

Para surpresa dos cientistas, os anticorpos parecem funcionar melhor do que se pensava inicialmente. Rastreios semanais indicaram que menos de 1% dos participantes foram infectados novamente. Os pesquisadores esperavam que os anticorpos protegessem apenas até certo ponto e que mais pessoas com anticorpos carregassem o vírus sem sintomas.

Dessa forma, os cientistas acreditam que o novo conhecimento sobre a imunidade de longo prazo deve afetar a ordem em que as pessoas são vacinadas contra a COVID-19.

“Isso sugere fortemente que você não corre o risco de se infectar novamente, pelo menos não dentro de nove meses. Se você sabe que teve COVID-19, acho que pode ser o último da fila e deixar quem precisa da vacina ir primeiro”, argumenta Thalin.

A Suécia está atualmente vacinando a sua população com três vacinas: Pfizer, Moderna e AstraZeneca. Apesar do grande atraso nas entregas, o plano da Suécia de vacinar toda a sua população adulta até agosto continua em vigor. A Suécia já registrou 12.487 óbitos caudados pela COVID-19 e 617.869 casos da doença.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

NVIDIA e Stefanini anunciam que desenvolverão Inteligência Artificial no Brasil

A Nvidia Enterprise e a Woopi, empresa do Grupo Stefanini focada em Inteligência Artificial (IA) anunciaram nesta quarta-feira (24) uma parceria para desenvolver soluções de IA e processamento de linguagem natural. E o primeiro projeto …

250 mil mortos por covid no Brasil: o que significa esse número

O Brasil acumula um quarto de milhão de mortes por covid-19, às vésperas de se completar um ano desde o primeiro caso de coronavírus ter sido identificado no país. Segundo as contas do consórcio de imprensa …

Na diplomacia das vacinas, Israel troca imunizante por reconhecimento de Jerusalém como capital

No combate à Covid-19, Israel é exemplo mundial. A metade da população do Estado hebreu já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus e um terço está completamente imunizada, com as …

"Subestimar Rússia de Putin é sempre um erro", diz indicado de Biden para chefiar CIA

Nesta quarta-feira (24), William Burns, o indicado do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para o cargo de diretor da CIA, disse que subestimar a Rússia é sempre um erro e acusou a China de …

Chinês é condenado a pagar indemnização à ex-mulher por trabalho doméstico

Um tribunal na China ordenou um homem a pagar compensações a sua ex-esposa pelo trabalho doméstico realizados por ela durante os cinco anos em que estiveram casados, segundo divulgou a imprensa chinesa nesta quarta-feira (24/02). O …

Oceano Atlântico cresce e Pacífico encolhe. Ciência tem nova resposta para fenômeno

Durante a era paleozoica, entre 200 a 540 milhões de anos atrás, o planeta Terra possuía somente um único e imenso continente – a Pangeia, rodeada por um único oceano, intitulado Pantalassa. Depois de uma série …

Um acelerador de partículas cósmico, muito mais poderoso do que o LHC foi descoberto no espaço

Cientistas rastrearam uma partícula fantasma para uma estrela despedaçada e descobriram um gigantesco acelerador de partículas cósmico. A partícula subatômica, chamada de neutrino, foi lançada em direção à Terra depois que a estrela condenada chegou muito …

Mulher de 'El Chapo' Guzmán é presa nos EUA acusada por narcotráfico

Foi presa nesta segunda-feira (22/02) nos Estados Unidos Emma Coronel Aispuro, 31, mulher de Joaquín "El Chapo" Guzmán, ex-líder do cartel de drogas mexicano Sinaloa. Aispuro, que tem cidadania mexicana e americana, foi presa no aeroporto …

Gana é o primeiro país do mundo a receber vacinas do programa Covax, da OMS

Gana recebeu nesta quarta-feira o primeiro lote mundial de vacinas financiadas pelo programa Covax, que proporciona aos países de renda baixa e média as primeiras doses de fármacos antiCovid. Os imunizantes foram enviados de …

Variante da Califórnia parece ser mais contagiosa e resistente a vacinas, aponta estudo

Um novo estudo confirma que a mutação do SARS-CoV-2 na Califórnia, EUA, é mais contagiosa e mais resistente a vacinas, embora a escala de sua ameaça ainda não esteja clara. Uma variante descoberta pela primeira vez …