Anticorpos da COVID-19 protegem de reinfecção por pelo menos 9 meses, diz estudo sueco

Resultados podem ter implicações para as filas de vacinação, uma vez que aqueles confirmados como portadores do SARS-CoV-2 podem ser os últimos na fila, devido ao alto nível de proteção dos anticorpos.

A maioria das pessoas que tiveram COVID-19 conservam anticorpos protetores que permanecem por pelo menos nove meses após a confirmação da doença, com um risco de reinfecção extremamente baixo, revela um novo estudo sueco.

“Esta é uma notícia muito boa. Os anticorpos parecem funcionar bem, eles protegem você de adoecer, mas também de ficar infectado e espalhar ainda mais [o vírus]”, comemora diz Charlotte Thalin, coautora do estudo, em entrevista à emissora SVT.

A pesquisa começou em abril do ano passado e analisou dados de 2.149 funcionários de um hospital. Os resultados mostram que 96% dos 370 participantes que tinham anticorpos para a proteína spike (espigão), os anticorpos que neutralizam o vírus SARS-CoV-2, em abril de 2020 e nove meses depois ainda apresentavam níveis relevantes desses anticorpos. Dois terços desse grupo também tinham memória de células T específica contra o novo coronavírus.

“Tem havido muita conversa sobre se você pode ser infectado e obter uma memória de células T, mas sem anticorpos, mas não parece ser o caso. Quem não tinha anticorpos também não tinha memória de células T contra o SARS-CoV-2”, explica Thalin.

Para surpresa dos cientistas, os anticorpos parecem funcionar melhor do que se pensava inicialmente. Rastreios semanais indicaram que menos de 1% dos participantes foram infectados novamente. Os pesquisadores esperavam que os anticorpos protegessem apenas até certo ponto e que mais pessoas com anticorpos carregassem o vírus sem sintomas.

Dessa forma, os cientistas acreditam que o novo conhecimento sobre a imunidade de longo prazo deve afetar a ordem em que as pessoas são vacinadas contra a COVID-19.

“Isso sugere fortemente que você não corre o risco de se infectar novamente, pelo menos não dentro de nove meses. Se você sabe que teve COVID-19, acho que pode ser o último da fila e deixar quem precisa da vacina ir primeiro”, argumenta Thalin.

A Suécia está atualmente vacinando a sua população com três vacinas: Pfizer, Moderna e AstraZeneca. Apesar do grande atraso nas entregas, o plano da Suécia de vacinar toda a sua população adulta até agosto continua em vigor. A Suécia já registrou 12.487 óbitos caudados pela COVID-19 e 617.869 casos da doença.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …