Aquecimento e subida do nível do mar podem agravar inundações, diz ONU

Segundo relatório do IPCC, grandes investimentos e cortes drásticos das emissões são necessários para evitar desastres, à medida que glaciares se derretem e cidades afundam. “É preciso ação urgente e ambiciosa”, afirma.

Os oceanos estão se aquecendo, e os níveis do mar sobem cada vez mais rápido, gerando consequências desastrosas para os seres humanos e o planeta, adverte um relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), das Nações Unidas, divulgado nesta quarta-feira (25/09).

Os mais de 100 cientistas envolvidos no estudo constataram que o rápido aquecimento dos oceanos, das regiões polares e geleiras está exterminando cada vez mais a vida marinha e acelerando as mudanças climáticas.

Mesmo no melhor cenário de uma redução significativa das emissões de gases do efeito estufa, várias cidades costeiras e pequenos Estados sofrerão inundações extremas por volta de 2050, repetindo-se todos os anos. Até agora, isso só ocorria a cada 100 anos.

“Embora os oceanos e a criosfera [componentes congelados do sistema terrestre] pareçam estar longe da maioria, eles estão ligados a cada um de nós”, afirma Lijing Cheng, oceanógrafa da Academia Chinesa de Ciências e uma das principais autoras do estudo. “A conclusão central é que os dois grandes sistemas estão mudando, e muito rapidamente, já tendo sérios impactos sobre os seres humanos.”

Aproximadamente uma em cada dez pessoas vive numa região a menos de dez metros acima do nível do mar, e muitas já são afetadas por tempestades e inundações mais graves do que as vivenciadas por seus pais e avós.

Alguns autores do relatório advertiram em entrevistas que os efeitos do aquecimento também se projetarão terra adentro, reduzindo as reservas de alimentos e forçando as populações costeiras deixarem suas casas.

De acordo com o estudo, a subida do nível do mar gera tempestades mais fortes e a uma salinização crescente, por exemplo, do delta do rio Mekong, no sudeste asiático. Isso pode resultar em perdas de colheitas e aumento dos preços de alimentos em países sem acesso ao mar de outros continentes.

Ao mesmo tempo, o degelo do permafrost no Ártico e na Sibéria está bombeando cada vez mais o metano e dióxido de carbono para a atmosfera, acelerando ainda mais o aquecimento global e gerando um perigoso círculo vicioso. E projeta-se que um terço do gelo cordilheira do Hindu Kush, no Himalaia – cujos rios alimentam hoje quase 2 bilhões de pessoas –, terá desaparecido quando as crianças de hoje forem idosos.

Quando as geleiras derretem, a água doce flui inicialmente para os oceanos, inundando as cidades costeiras e ilhas de baixa altitude. Quando o gelo se esgota, os rios secam, podendo causar estiagem.

“A água é o elemento de conexão”, explica Zita Sebesvari, da Universidade das Nações Unidas, uma das principais autoras do relatório, especializada no significado da subida do nível do mar para as costas e ilhas. “O que acontece agora é a realocação de água em grande escala, da parte congelada do planeta para o oceano. E isso causa problemas em ambas as extremidades.”

Os oceanos, que absorveram a maior parte do calor excessivo do aquecimento global, reagem apenas lentamente às alterações climáticas. Isso também significa que as emissões do passado continuarão aquecendo os oceanos, mesmo que deixemos hoje de queimar combustíveis fósseis e de derrubar florestas.

“Como não podemos voltar com o clima ao seu estado original, temos que nos adaptar”, explica Hans-Otto Pörtner, climatólogo do Centro Helmholtz de Pesquisa Polar e Marinha, na Alemanha, e copresidente do grupo de trabalho que produziu o relatório. “Não há tempo para esperar.”

// DW

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …

EUA: Trump causa alvoroço ao recusar transição pacífica caso perca as eleições

Donald Trump tensionou a classe política nos Estados Unidos ao se recusar a garantir uma passagem pacífica do poder se perder a eleição presidencial dos Estados Unidos para Joe Biden, em 3 de novembro. Bastou uma …

Escolas de samba adiam desfile de Carnaval no Rio de Janeiro

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) decidiu adiar os desfiles das escolas de samba do grupo especial, que aconteceriam em fevereiro, devido à pandemia de covid-19. A decisão foi tomada, …

Governo brasileiro publica portaria sobre aborto retirando obrigatoriedade de informar polícia

Nova portaria publicada nesta quinta-feira (24) no Diário Oficial retira a obrigatoriedade de que a polícia seja avisada sobre a realização de abortos previstos em lei. O texto é assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. …

Asteroide passa ‘raspando’ pela Terra e chega mais perto de nós do que satélites de TV

Por pouco não tivemos a ‘visita‘ de um asteroide na manhã desta quinta-feira (24). O evento era, basicamente, a cereja do bolo do que está sendo o anos de 2020. Quase! O objeto, chamado de ‘2020 …