Arqueólogos reconstroem rosto de homem medieval que morreu há 700 anos

Chris Rynn / University of Dundee

-

O rosto de um britânico que morreu há aproximadamente 700 anos foi reconstruído por arqueólogos da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

O homem medieval foi enterrado junto com centenas de outros em um cemitério que agora fica embaixo do edifício Old School Divinity, da Faculdade St. John’s, na Universidade de Cambridge.

Ao estudar seus restos mortais e refazer seus traços faciais e histórico biológico, os pesquisadores esperam compreender a vida de pessoas pobres e anônimas do século XIII.

A maioria dos esqueletos encontrados neste cemitério são de adultos pobres. Seus enterros ocorreram entre os séculos XIII e XV, quando o cemitério foi anexado a um hospital e fundação de caridade para os pobres e doentes.

“A maioria dos registros históricos [da época] são de pessoas bem de vida e especialmente suas transações financeiras e jurídicas”, disse o pesquisador principal do estudo, John Robb, professor de arqueologia da Universidade de Cambridge, em um comunicado.

“Quanto menos dinheiro e propriedade você tivesse, menos provável seria que alguém escrevesse alguma coisa sobre você. Então, esqueletos como esse são nossa chance de aprender sobre como os pobres e comuns viviam”, complementa.

Informações no esqueleto

Os cientistas estudaram o esqueleto do homem, apelidado de Contexto 958, em detalhes. Ao medir seus ossos pélvicos, os arqueólogos concluíram que ele tinha mais de 40 anos quando morreu.

A mandíbula, as maçãs do rosto e o crânio também ajudaram os pesquisadores a estimar sua estrutura facial. Por fim, sua espinha dorsal revelou que ele provavelmente realizava trabalho braçal, o que levou a hérnia de vértebras e possível dor crônica nas costas.

“Uma característica interessante é que ele tinha uma dieta relativamente rica em carne ou peixe, o que pode sugerir que ele fazia parte de um comércio ou trabalho que lhe deu mais acesso a esses alimentos do que uma pessoa pobre teria normalmente”, disse Robb.

Enquanto a equipe não foi capaz de dizer exatamente qual era sua profissão, ou o que finalmente levou à sua morte, as pistas esqueléticas sugerem que o Contexto 958 foi um trabalhador manual ou artesão de algum tipo.

Mais histórias

Evidência de trauma contundente que deixou uma pequena lesão na parte de trás da cabeça do homem, bem como cárie dentária em múltiplos molares, também fornecem pistas de que o Contexto 958 provavelmente teve uma vida difícil.

Eventualmente, a equipe espera comparar a biografia deste indivíduo com outros esqueletos enterrados ao lado dele, assim como os restos de outros esqueletos em variados cemitérios de Cambridge, da mesma época.

Tais comparações podem ajudar a humanizar os cidadãos medievais e contar suas experiências de vida e histórias.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Biden isola príncipe saudita, provável alvo de relatório da CIA sobre morte de jornalista

O presidente americano, Joe Biden, falou pela primeira vez por telefone nesta quinta-feira (25) com o rei Salman, da Arábia Saudita, na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato …

O estudo que vacinará uma cidade inteira com a Coronavac

Serrana (SP), com 45 mil habitantes, se torna um dos laboratórios mundiais para analisar o coronavírus. Instituto Butantan quer avaliar impacto da imunização em massa na transmissão da covid-19. Wuhan é a cidade onde a pandemia …

Investigação revela terras protegidas da Amazônia à venda no Facebook

Pessoas que invadem e desmatam ilegalmente trechos da Floresta Amazônica estão anunciando as áreas no Facebook em busca de compradores. Uma investigação da BBC encontrou na plataforma dezenas de anúncios em que vendedores negociam pedaços da …

Primeiro ataque militar da era Biden mata pelo menos 17 no leste da Síria

Os Estados Unidos atacaram, nesta quinta-feira (25), infraestruturas utilizadas pelas milícias pro-iranianas no nordeste da Síria, deixando 17 mortos. Esta é a primeira operação militar organizada pelo governo de Joe Biden. A ação é …

Tiranossauros jovens impediram o desenvolvimento de espécies menores, diz estudo

A pesquisa demonstrou que grandes dinossauros, como o T-rex, que cresceram de um pequeno tamanho até se tornarem criaturas enormes, modificaram seus ecossistemas ao competirem com espécies rivais menores. Um estudo publicado nesta sexta-feira (26), no …

UE quer passaporte para vacinados até meio do ano

A União Europeia quer estabelecer um sistema de passaportes para vacinados contra covid-19 ainda antes de suas férias de verão, no meio do ano. O setor turístico é fundamental para várias economias do bloco, sobretudo …

Facebook encerra contas do exército birmanês devido ao recurso à violência

A rede Facebook anunciou hoje em comunicado ter encerrado as contas vinculadas à junta militar birmanesa devido ao uso da "violência mortífera" contra os manifestantes que têm protestado contra o golpe militar perpetrado no …

Malcolm X: carta indica plano do FBI e polícia de NY para assassinar líder negro

Morto em 1965, aos 39 anos, em Nova York, o ativista negro norte-americano Malcolm X não teve, até hoje, o assassinato totalmente esclarecido. Contudo, o surgimento recente de uma carta aponta para uma possível conspiração entre …

NVIDIA e Stefanini anunciam que desenvolverão Inteligência Artificial no Brasil

A Nvidia Enterprise e a Woopi, empresa do Grupo Stefanini focada em Inteligência Artificial (IA) anunciaram nesta quarta-feira (24) uma parceria para desenvolver soluções de IA e processamento de linguagem natural. E o primeiro projeto …

250 mil mortos por covid no Brasil: o que significa esse número

O Brasil acumula um quarto de milhão de mortes por covid-19, às vésperas de se completar um ano desde o primeiro caso de coronavírus ter sido identificado no país. Segundo as contas do consórcio de imprensa …