Reconstituição revela rosto de homem que habitava o Brasil há 2 mil anos

Unicap

Reconstrução do rosto do “Flautista” do Rio de Janeiro

O Museu de Arqueologia da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) apresentou nesta terça-feira (24) a reconstrução do rosto de um homem de aproximadamente dois mil anos.

Encontrado na década de 1980 no Sítio Furna do Estrago, no Brejo da Madre de Deus, município da região do Agreste Pernambucano, o crânio foi batizado de “Flautista”. O nome foi escolhido porque junto ao corpo foi encontrada uma flauta feita de tíbia humana.

Estudos realizados apontaram que o homem tinha aproximadamente 45 anos e pertencia a uma comunidade que não era nômade, ou seja, que se fixou por um longo período de tempo na região do agreste pernambucano.

“Essa população já era um pouco mais diferenciada porque ela permanecia neste local, ela não era mais tão nômade como os seus antepassados, então ela permaneceu nesse local por um longo período de tempo”, explicou Roberta Richard Pinto, coordenadora do Museu de Arqueologia, à Agência Sputnik.

O processo de reconstrução da face do “Flautista” demorou cerca de uma semana e meia para ser concluído. Primeiro foram tiradas diversas fotos de várias posições do crânio e depois foi necessário fazer o preenchimento do rosto.

O crânio é só a parte da caixa craniana, mas o nosso rosto é composto por tecidos moles, musculatura, gordura, etc. O designer Cícero Moraes trabalhou com as medidas que já existem de parâmetro de preenchimento de rosto. Essa técnica tem em torno de 80% de confiabilidade na reconstituição”, apontou Roberta Richard Pinto.

Moraes esteve também envolvido na reconstituição do verdadeiro rosto de D.Pedro I, uma inédita reconstituição facial feita em 3D a partir de fotografia do crânio do monarca, e na reconstrução do rosto de São Valentim.

A coordenadora do museu também contou que o “Flautista” tinha toda sua dentição, o que pode indicar que a comunidade a qual pertencia tinha um cuidado especial com os próprios corpos.

“Para a ciência como um todo a importância dessa descoberta é o reconhecimento de populações antecessoras à colonização, que pouco se sabe em registros. Ela vai ajudar a entender não só a região de Pernambuco, como também o Brasil, em termos de etnia, de desenvolvimento de etnia e troncos linguísticos”, diz Roberta Richard Pinto.

“Esse trabalho vai ajudar bastante os arqueólogos, biólogos e historiadores a trabalharem”, conclui a pesquisadora.

O próximo passo, agora, é criar um modelo físico feito a partir dessa reconstituição e que ficará exposto no museu.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Evangélicos fazem coro com Bolsonaro e negam riscos do coronavírus

O presidente Jair Bolsonaro gosta de copiar o seu ídolo americano, Donald Trump – da suposta inofensividade do coronavírus até os poderes de cura de medicamentos como cloroquina e hidroxicloroquina, passando pela teoria da conspiração …

'Estamos em guerra': França confiscou 1 milhão de máscaras destinadas à Espanha e Itália

Os dois países se envolveram em uma disputa diplomática depois que parte das máscaras com destino a outros países vindas da China foram retidas em cidades francesas. As autoridades francesas apreenderam milhões de máscaras que uma …

Sobrevivente da 2ª Guerra e Gripe Espanhola se cura do coronavírus ao 104 anos

Depois da Segunda Guerra Mundial e da pandemia de gripe espanhola, a nova inimiga do soldado aposentado William ‘Bill’ Lapschies, nascido em Salem em 1916, foi a Covid-19 – e ele venceu a batalha! Aos 104 …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

UE teme que política autoritária adotada na Hungria por causa do coronavírus tenha efeito dominó no bloco

Em nome da luta contra o novo coronavírus, a Hungria estabeleceu estado de emergência e concedeu poderes ilimitados ao governo de Viktor Orbán. A Europa condena o uso político da pandemia da Covid-19 e …

Grécia põe campo de refugiados em quarentena após infeção

Autoridades confirmam ao menos 20 infecções, todas sem sintomas. Exames foram feitos após uma mulher que deu à luz ter testado positivo para o novo coronavírus no hospital. A Grécia colocou em quarentena o campo de …

Bactérias em rochas a 6 km de profundidade no Pacífico reacendem esperanças de vida em Marte

Bactérias unicelulares recém-descobertas nas profundezas marinhas deram aos investigadores pistas sobre como podem encontrar vida em Marte. A novidade científica foi anunciada hoje (2) no portal SciTechDaily em um artigo da Universidade de Tóquio, Japão. Estas …

JK Rowling lança portal do Harry Potter e salva quarentena mundial

A saga de ‘Harry Potter’ acabou faz muito tempo e conquistou milhões de fãs ao redor de todo o mundo. E nesse momento de quarentena, quem poderia esquecer do bruxinho mais famoso da cultura pop? Quem …

Potência agrícola da Europa, Itália enfrenta falta de mão de obra para manter cadeia produtiva de alimentos

“Existe o risco de escassez de alimentos no mercado mundial, devido a perturbações derivadas da COVID-19 no comércio internacional e nas cadeias de suprimentos” . Este foi o alarme lançado na quarta-feira (1) em …

"Gangue" de cabras selvagens toma conta das ruas de uma cidade britânica em quarentena

Um rebanho de cabras selvagens simplesmente tomou as ruas desertas de Llandudno, no País de Gales, enquanto seus residentes ficam dentro de casa para limitar a propagação do coronavírus. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, …