As águas do Antártico podem absorver menos CO2 do que antecipávamos

A vastidão das águas geladas que separa o continente da Antártida dos restantes continentes é um poço de mistério para a maioria das pessoas. Contudo, este remoto, tempestuoso oceano trás grandes benefícios para a humanidade.

Segundo estimativas dos cientistas, a cada ano, o oceano Antártico absorve cerca de 40% das emissões de dióxido de carbono emitidos pelas populações humanas aquando da queima dos combustíveis fosseis.

Isto ajuda imenso a abrandar o passo cada vez mais rápido do aumento dos gases de estufa na atmosfera e a conter em parte as alterações climáticas. Contudo, alguns pontos do oceano poderão estar a trabalhar no sentido oposto.

Os cientistas têm procurado de forma ambiciosa medir quando dióxido de carbono o oceano consegue absorver, usando sondas de alta profundidade que navegam pelos vários cantos do oceano.

O que os cientistas descobriram foi, contudo, surpreendente. Durante os meses do frio, escuro e rigoroso inverno Antártico, partes do oceano libertam dióxido de carbono em vez de o absorver.

Os dados recolhidos pelos cientistas leva-os a ponderar o quão mais complexo é o senário, e o quanto dióxido de carbono pode o oceano austral pode afinal absorver. Questionam-se também para onde escapa o dióxido de carbono, se para um outro oceano, para a atmosfera ou para a vegetação.

Os investigadores têm assim então de reavaliar as suas ideias sobre o fluxo de carbono na Terra.

Ao contrário das águas de outros oceanos, onde os continentes que os bordam moldam as correntes e restringem os seus movimentos, no oceano Antártico as águas fluem sem impedimento em redor do continente Antártico.

Isto cria um fenómeno de circulação de água em que as partes profundas do oceano são circuladas para a superfície, e vice-versa. Esta circulação de água da superfície para a profundidade, pensa-se, é uma das responsáveis pela capacidade do oceano para captar dióxido de carbono.

As águas á superfície absorvem o carbono que é depois movido para baixo na coluna de água. Em contrário, a água das profundezas sobre com um teor menos de carbono (ainda tem algum derivado dos seres vivos que morrem e vão dar ao fundo o oceano).

É importante compreender o papel deste oceano a nível da captação de dióxido de carbono e a sua contribuição para a retardação das alterações climáticas.

Das estimadas 375 giga toneladas (uma giga tonelada são 1 milhão de toneladas) de dióxido de carbono libertadas entre 1750 (início da era industrial) até 2011, estima-se que o oceano austral tenha absorvido cerca de 42 giga toneladas. Mais de 10% do total.

Importa perceber se este dióxido de carbono é definitivamente sequestrado, ou se há alguma dinâmica de sequestro e libertação, ou mesmo uma capacidade máxima, sem efeito para a sua acumulação.

Compreender o sistema de funcionamento e as dinâmicas do dióxido de carbono em relação ao oceano Antártico poderão ajudar a refinar os modelos de previsão das alterações climatéricas. Isso ajudar-nos-ia a perceber melhor onde estaríamos, daqui a 20 ou mesmo 50 anos, e a perceber melhor que medidas tomar para reverter as alterações climatéricas.

Ciberia //

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …