Asteroide pode colidir com a Terra em 2068

Em 2004, os astrônomos descobriram o Apophis 99942. Em 2068, este asteroide pode vir a colidir com o nosso planeta.

O asteroide Apophis 99942, descoberto em 2004, poderia atingir a Terra em 2068. Mas, antes disso, o corpo celeste deverá se aproximar do nosso planeta em 2029, a uma distância dez vezes menor do que a existente entre a Terra e a Lua. A informação é avançada por cientistas da Universidade Estatal de São Petersburgo, na Rússia.

Batizado em homenagem ao antigo Deus egípcio do mal, da escuridão e da destruição, Apophis 99942 deverá ficar a apenas 37.800 quilômetros da Terra, ou seja, cerca de um décimo da distância entre o nosso planeta e a Lua – que é de 384 mil quilômetros.

Os cientistas alertaram que a rocha espacial, que tem um diâmetro de 325 metros, poderia atingir o nosso planeta em 2068 a uma velocidade de 7,43 quilômetros por segundo.

“A aproximação do Apophis 99942 com a Terra causa um aumento significativo de trajetórias possíveis, entre elas as que preveem uma aproximação maior em 2051”, informam os astrônomos no relatório citado pela Sputnik.

Os dados científicos referentes ao asteroide revelam ainda cerca de 100 “possíveis colisões do Apophis com a Terra, sendo a mais perigosa em 2068“, informa o documento.

Antes da aproximação em 2068, o asteroide se aproximará da Terra em 2044 a uma distância de 16 milhões de quilômetros e, em 2051 e 2060, a uma distância de 760 mil quilômetros e de 5 milhões de quilômetros, respectivamente.

Cientistas da NASA já tinham alertado para a possível colisão entre o Apophis e a Terra, mas adiantaram que a probabilidade de colisão seria extremamente pequena.

Os cientistas estimaram também que havia uma probabilidade de 2,7% de o corpo celeste vir a atingir a Terra em 2029. No entanto, os analistas excluíram a ameaça, estimando que, em 13 de abril de 2029, o Apophis irá se aproximar do nosso planeta a uma distância de 37.800 quilômetros do centro da Terra.

Segundo a RT, as descobertas da equipe russa serão apresentadas no Korolev Readings on Cosmonautics, um evento que será realizado em Moscou no final deste mês.

Os cientistas admitem que não conseguem calcular com precisão o comportamento do asteroide devido à sua órbita irregular, que mudará de forma no futuro.

Boris Shushtov, diretor do Instituto de Astronomia da Academia Russa de Ciências, assegura que Apophis 99942 não está entre os corpos mais ameaçadores para o Sistema Solar e acrescenta que a probabilidade de colisão com nosso planeta é baixa.

Ciberia // Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Erdogan revela objetivos da operação turca na Síria

Nesta terça-feira (15), o presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse que a operação militar no norte da Síria está progredindo com sucesso, tendo 1.000 km de território ao longo da fronteira sido libertados de terroristas. "Temos …

Cientista da NASA revela possível localização de vida extraterreste em Marte

Alfonso Davila, cientista da NASA, acredita que haja vida em Marte e afirma que a NASA elaborou um plano para realizar uma investigação do subsolo do planeta. O cientista também revela que há diversos desafios na …

Em contexto de tensão na Síria, diplomacia boicota jogo entre França e Turquia

A polícia reforçou suas equipes nos arredores do estádio. Já os responsáveis pela segurança dentro do Stade France passarão dos 1.200 habituais para 1.400 homens. Há temores de que torcedores turcos e militantes pró-curdos se enfrentem …

Enterros verdes: Paris inova e inaugura seu primeiro cemitério sustentável

O cemitério de Ivry-sur-Seine, no subúrbio de Paris, reservou uma área de 1.560 metros quadrados para enterros sustentáveis. A nova ala deverá ajudar a diminuir o impacto gerado pelos enterros tradicionais. A contaminação do solo e …

Microsoft quer levar internet a mais de 40 milhões de pessoas em 2022

A inicativa Airband, desenvolvida pela Microsoft, está sendo expandida com a meta de conectar mais de 40 milhões de pessoas à internet até julho de 2022. Lançado em 2017, o programa visa o aprimoramento da internet …

Abandonados, curdos encontram em inimigo dos EUA um aliado

Regime sírio, um aliado russo, desloca tropas para a fronteira em apoio a milícias curdas, que estão sendo atacadas pela Turquia desde que perderam apoio de Trump. Nova aliança representa reviravolta no conflito. As Forças Armadas …

Experimento quântico indica que viagem no tempo é possível

Utilizando um computador quântico cientistas conseguiram fazer com que a máquina voltasse em uma fração de segundo ao passado mostrando que a viagem no tempo é possível. Viajar ao passado é um dos maiores sonhos da …

Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia

Números são os maiores desde 2011. Parque do Xingu registrou o total mais alto de sua história. Segundo Ipam, aumento se deve à ação de invasores em combinação com período de secas intensas. Dados do Instituto …

Obesidade cresce de forma acelerada no Brasil e se aproxima da taxa dos países ricos, indica OCDE

A quantidade de pessoas obesas no Brasil cresceu de forma mais acelerada que a média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Agora, o Brasil se aproxima da taxa do problema …

É detectado quando asteroide recém-descoberto poderia impactar Terra

A Agência Espacial Europeia (ESA) acrescentou um novo asteroide à sua lista de perigos porque esse corpo celeste pode colidir com a Terra dentro de 65 anos. O asteroide se chama 2019 SU3, tem um diâmetro …