Autoridades alemãs aconselham pais a destruir boneca que pode ser hackeada para espionar crianças

As autoridades alemãs aconselharam pais a destruir a boneca falante Minha Amiga Cayla por causa das brechas de segurança identificadas na tecnologia do brinquedo.

Pesquisadores dizem que hackers podem usar o dispositivo de bluetooth da boneca para ouvir e falar com as crianças que brincam com ela. O aviso foi dado pela Agência Federal de Redes, Bundesnetzagentur, responsável pelas telecomunicações do país.

A Associação Britânica de Produção de Bonecos (TRA), por sua vez, disse que Cayla “não apresenta riscos”.  Não há razão para se alarmar”, afirmou a entidade à BBC.

Já o grupo Vivid Toy, que distribui a boneca, havia dito anteriormente que casos de invasão de privacidade eram isolados e foram feitos por especialistas. A empresa afirmou que usaria as informações obtidas nos casos para atualizar o aplicativo que é usado no brinquedo. Mas especialistas advertem que o problema ainda não foi resolvido.

Impacto nas crianças

A boneca Cayla pode responder a perguntas por meio da internet. Se uma criança pergunta, por exemplo, “como se chama um bebê cavalo?”, o brinquedo pode dizer que “ele é chamado de potro”.

A brecha no software foi revelado pela primeira vez em janeiro de 2015. Desde então, grupos de consumidores na Europa e nos Estados Unidos fizeram reclamações.

“Estou preocupada com o impacto dessas bonecas conectadas na privacidade e segurança das crianças”, disse Vera Jourova, comissária de Justiça, Consumo e Igualdade de Gênero da União Europeia.

A comissão está investigando se esse tipo de boneca viola as regras de segurança de dados da União Europeia.

A TRA disse esperar “que os pais sempre supervisionem seus filhos”. Segundo a associação, a empresa responsável “afirmou que o brinquedo é perfeitamente seguro para ser usado, segundo suas instruções”.

Leis de privacidade

De acordo com a legislação alemã, é ilegal vender ou possuir um dispositivo de vigilância proibido – violar essa lei pode resultar em prisão por até dois anos.

O país tem normas rigorosas de proteção contra esse tipo de monitoramento – no século passado, os alemães foram altamente monitorados pelo Estado durante a era nazista e na comunista Alemanha Oriental.

O aviso das autoridades alemãs foi divulgado depois que o estudante Stefan Hessel, da Universidade de Saarland, levantou dúvidas legais a respeito da boneca Cayla. Hessel disse que um dispositivo de bluetooth poderia se conectar ao sistema de som do brinquedo em um raio de 10 metros de distância.

Segundo ele, um invasor poderia espionar alguém brincando com a boneca “através de várias paredes”. Um porta-voz da agência federal disse ao jornal Sueddeutsche Zeitung que Cayla tem um “dispositivo oculto de transmissão“, o que é ilegal perante as leis da Alemanha.

A empresa que produz a boneca, a Genesis Toys, ainda não comentou o alerta das autoridades alemãs.

Bonecas ‘conectadas demais’

No final de 2015, a empresa Mattel enfrentou uma polêmica parecida ao lançar uma Barbie “inteligente”, capaz de conversar com as crianças por meio de uma rede wi-fi.

Para o grupo ativista Campaign for a Commercial-Free Childhood, que fez uma campanha contra a boneca, o brinquedo oferecia riscos para a privacidade tanto das crianças quanto de suas famílias. Segundo a organização, a empresa gravaria e armazenaria as conversas das crianças com as bonecas.

O grupo também alertou na época que a Barbie “pode ser tentadora para hackers, que por meio da boneca poderão acessar dados armazenados por redes familiares e dispositivos domésticos”.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Alemães usam criatividade para manter distanciamento social

Até final de junho, distância mínima está em vigor em espaços públicos. Instituições de cultura encontraram meios engenhosos para reunir grupos com segurança. Ideias vão de chapéu com boia até orações em estacionamento. Com medidas de …

YouTube exibe mais de 100 filmes de ‘Cannes’ e outros festivais de cinema durante quarentena

Assim como outros eventos do cinema em 2020, o ‘Festival de Cannes’ foi cancelado em função da pandemia do novo coronavírus. Já os festivais de Veneza e Toronto, previstos para setembro, ainda são incertos. Mas, …

Moradores do Catar compram novos celulares para escapar de aplicativo espião anti-Covid

Os aplicativos para smartphones destinados a rastrear pessoas infectadas com o novo coronavírus se tornaram instrumentos de controle das atividades de milhares de cidadãos, principalmente em países não democráticos. É o caso do emirado do Catar, …

Apenas 22% das empresas têm recursos para manter atividades por mais um mês, diz CNI

Levantamento realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) diz que apenas 22% das empresas têm recursos para manter atividades por mais um mês diante da crise do coronavírus. O relatório aponta que 45% das empresas podem …

Satélites podem ter problemas com o enfraquecimento do campo magnético da Terra

O campo magnético da Terra protege nosso planeta da radiação solar perigosa, mas ele não é estático. Nos últimos 200 anos ele ficou 9% mais fraco, e esse enfraquecimento pode causar problemas de funcionamento em …

Netflix não está enviando seus filmes para os festivais como costumava fazer

A pandemia de COVID-19 causou complicações em todas as áreas e festivais de todos os tipos tem sofrido intensamente com a impossibilidade de reunir pessoas. O Oscar 2021, um dos maiores festivais de cinema e, certamente, …

Metade da matéria do universo havia sumido, mas foi encontrada

Uma equipe internacional de pesquisadores parece ter finalmente resolvido o “problema dos bárions desaparecidos”. Bárion é uma classificação genérica para um tipo partículas que engloba prótons e nêutrons. Estas partículas, por sua vez, são os blocos …

Máscara elétrica autolimpante que carrega celular deverá custar apenas 1 dólar

Devido à pandemia do coronavírus, diversos especialistas alertam para a, cada vez mais real, possibilidade de usarmos máscaras para sair de casa até, no mínimo, o final do ano. Por isto, diversas empresas estão estendendo …

Bolsonaro bate recorde de rejeição, mostra Datafolha

Na primeira pesquisa feita após divulgação de vídeo da reunião ministerial, 43% dos entrevistados consideram governo ruim ou péssimo. Entre os quatro últimos presidentes eleitos, Bolsonaro é o pior avaliado. O índice de rejeição ao presidente …

Renault detalha plano econômico e anuncia 4.600 cortes na França

A empresa automobilística revelou nesta sexta-feira seu plano de cortes no país que integra um plano de economias de cerca de € 2 bilhões (cerca de R$ 12 bilhões) em três anos. A Renault …