Balanço de vítimas de terremoto e tsunami na Indonésia sobe para 832 mortos

(h) EFE / Agência Brasil

O balanço de vítimas do terremoto e do tsunami que atingiram a ilha de Célebes, na Indonésia subiu para 832 mortos neste domingo (30).

As autoridades advertem que esse número deve aumentar: centenas de vítimas estão sob os escombros, especialmente na cidade de Palu, devastada pelo tremor e por ondas de seis metros na última sexta-feira (28).

A Agência de Gestão de Desastres da Indonésia atualizou o balanço de vítimas fatais e anunciou que ao menos 540 pessoas ficaram feridas.  “Enviamos milhares de pessoas, sobretudo do exército e da polícia para o local”, afirmou o porta-voz da agência, Sutopo Purwo Nugroho.

Em Palu, vários corpos ainda estão nas praias, alguns deles cobertos com lonas azuis. Destroços espalhados pela região mostram a violência com que ondas de até seis metros de altura atingiram a localidade.

Neste domingo, serviços de resgate ainda tentam chegar às zonas afastadas, enquanto a população enfrenta os imperativos básicos da sobrevivência: encontrar alimentos, água potável e abrigos.

Os hospitais não conseguem atender a grande quantidade de feridos. Muitas pessoas recebem atendimento na rua. Os moradores tentam ajudar as vítimas de modo improvisado.

Vítimas sob os escombros

O terremoto afetou principalmente Palu e a região próxima de Donggala. “Em Palu, edifícios e casas foram destruídos, assim como hotéis e hospitais. Acreditamos que dezenas ou centenas de pessoas que ainda não foram encontradas estão debaixo dos escombros”, disse o porta-voz da Agência de Gestão de Desastres da Indonésia.

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram a queda de um andar inteiro em um shopping de Palu, prédios parcialmente destruídos e rachaduras em estradas e calçadas. A cidade continua parcialmente sem energia elétrica. O aeroporto e várias estradas foram fechados. Alguns aviões enviados pelo governo, porém, conseguiram aterrissar.

O forte tremor foi sentido a centenas de quilômetros de distância e as autoridades receberam poucas notícias sobre vítimas em Donggala, uma região ao norte de Palu. “Nesta área vivem mais de 300 mil pessoas. Isto já é uma tragédia, mas pode ficar muito pior”, afirmou Jan Gelfand, membro da Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho em Jacarta.

Entre as centenas de desaparecidos, há três franceses, um sul-coreano e um malaio. Em comunicado divulgado neste domingo, o governo francês expressou sua solidariedade à Indonésia e o presidente francês, Emmanuel Macron, ofereceu ajuda ao país.

Terremoto de intensidade 7,5

De acordo com o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS), o terremoto de sexta-feira atingiu 7,5 de magnitude e foi mais forte que a série de tremores que deixaram mais de 500 mortos e 1.500 feridos em agosto na ilha indonésia de Lombok, perto de Bali.

O epicentro do terremoto foi situado 78 km ao norte de Palu e o tremor foi sentido até o sul, onde está Macasar, capital da ilha. A terra também tremeu na vizinha Kalimantan e em Samarinda, do outro lado do estreito de Macasar.

A Indonésia – um arquipélago de 17 mil ilhas – fica no Anel de Fogo do Pacífico e é um dos países mais propensos a sofrer desastres naturais. Em 26 de dezembro de 2004, a Indonésia sofreu uma série de terremotos devastadores, um deles de magnitude 9,1, na ilha de Sumatra.

Este tremor provocou um imenso tsunami que deixou 220 mil mortos na região do sudeste asiático, 168 mil apenas na Indonésia. Este foi o terceiro maior terremoto no mundo desde 1900.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …

Twitter pode ser multado em US$ 250 milhões por abuso de dados dos usuários

O Twitter confessou que, possivelmente, será multado em até US$ 250 milhões pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, no original em inglês) por ter desrespeitado um acordo firmado em 2011 com a agência …

OMS afirma que não há solução milagrosa para lutar contra Covid-19

A Organização Mundial de Saúde avisou na segunda-feira que não há, nem haverá uma solução milagre contra a pandemis de Covid-19, não obstante a corrida que se verifica actualmente de forma a descobrir uma vacina …