Terremoto e tsunami deixam centenas de mortos na Indonésia

Mais de 380 pessoas morreram depois que um tsunami desencadeado por um terremoto de magnitude 7,5 atingiu uma cidade da Indonésia, nesta sexta-feira (28). Ondas de três metros de altura varreram Palu, na ilha de Sulawesi.

O número de mortes é de 384, confirmado pelo órgão de resgate da Indonésia, mas deve aumentar. Pelo menos 540 pessoas ficaram feridas. Centenas de pessoas estavam se preparando para um festival na praia em Palu, previsto para começar na noite de sexta.

Muitos corpos foram encontrados na costa, devido ao tsunami, mas os números ainda não são conhecidos”, afirmou o porta-voz do órgão, Sutopo Purwo Nugroho, em entrevista para a Reuters.

“Quando a ameaça surgiu, as pessoas ainda estavam fazendo suas atividades na praia e não correram imediatamente, e se tornaram vítimas“, relatou. Algumas pessoas sobreviveram ao subir em árvores de seis metros de altura, para fugir das ondas, disse o porta-voz.

Fortes tremores secundários continuam a ser sentidos na cidade. Casas, hotéis, comércios desmoronaram.

Terremoto danificou hospital, aeroporto e estradas

O resgate está em andamento, mas é prejudicado por um grande corte de energia. Além disso, a principal estrada que leva a Palu está bloqueada por um deslizamento de terra. Uma ponte chave para o deslocamento desmoronou.

O presidente da Indonésia, Joko Widodo, afirmou neste sábado (29) que tropas estavam a caminho de Palu para reforçar o resgate e ajudar na remoção de corpos.

O aeroporto de Palu foi fechado. Um ministro afirmou que a pista foi danificada, mas esperava-se que helicópteros ainda pudessem aterrissar.

O principal hospital da cidade também foi danificado pelo terremoto. Uma filmagem de TV mostra dezenas de pessoas feridas sendo socorridas em tendas médicas improvisadas a céu aberto.

“A situação é caótica, as pessoas estão correndo pelas ruas e prédios estão ruindo. Há um navio encalhado em terra firme”, afirmou Dwikorita Karnawati, chefe da agência de meteorologia e geofísica da Indonésia.

Cerca de 600 mil pessoas vivem em Palu.

Indonésia fica em área propensa a ter terremotos

O terremoto foi registrado pouco antes das 18h no horário local, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos. O epicentro foi a área central de Sulawesi, a cerca de 80 quilômetros de Palu. Um alerta de tsunami foi disparado.

Também nesta sexta-feira, um terremoto mais fraco matou pelo menos uma pessoa e feriu outras dez perto de Palu, no povoado de Donggala.

Em 2004, um tsunami gerado por um terremoto na ilha de Sumatra, na Indonésia, matou 226 mil pessoas em diversos pontos do Oceano Índico, incluindo mais de 120 mil na própria Indonésia.

A Indonésia é propensa a ter terremotos porque está em uma área chamada de Círculo de Fogo do Pacífico – uma linha de tremores frequentes e erupções vulcânicas, que circunda a orla do Pacífico.

Gringer / wikimedia

Anel de Fogo do Pacífico

No mês passado, uma série de terremotos atingiu a ilha de Lombok, na Indonésia. O maior deles, em 5 de agosto, matou mais de 460 pessoas.

Ciberia // BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Autoridade de saúde da administração Trump rejeita hidroxicloroquina como tratamento para COVID-19

O responsável por coordenar a aplicação de testes de COVID-19 nos EUA afirmou neste domingo (2) que não há evidências de que a hidroxicloroquina seja um tratamento eficaz contra o novo coronavírus. O secretário assistente do …

Julho foi mês mais fatal da pandemia de covid-19 no Brasil

Com quase 33 mil vítimas, julho foi o pior mês desde as primeiras infecções com o coronavírus no país. Em São Paulo, estado mais atingido, Instituto Butantan oferece testes grátis da doença respiratória na capital. O …

Ouvidos poderiam esconder coronavírus, descobre estudo

Uma equipe de cientistas da Universidade Johns Hopkins, EUA, encontrou vestígios do novo coronavírus nos ouvidos humanos, alertando que agora as autoridades médicas precisam tomar mais cuidado. Chamado de SARS-CoV-2, o novo coronavírus poderia se esconder …

Quase humano: cérebro artificial ajuda robô a realizar tarefas complexas

Pegar uma lata de refrigerante pode ser uma tarefa simples para os seres humanos, mas isso pode ser muito complexo para um robô. Isso porque ele precisa localizar o objeto, deduzir sua forma, determinar a …

Se você fizer isso, dificilmente terá câncer por toda a vida

A Sociedade Americana de Câncer acaba de atualizar o guia de dieta e atividades físicas com o objetivo de reduzir o risco de se ter câncer ou, possivelmente não ter câncer durante toda a vida. …

Nos hospitais, 70% dos profissionais se sentem despreparados para pandemia

O conhecimento sobre a covid-19 ainda é tão pouco que os médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde estão com medo e se sentindo despreparados. Ao mesmo tempo, por conta da pandemia ainda descontrolada no …

Este chef é um verdadeiro herói no lar de idosos onde trabalha

A admiração conquistada pelo chef Kevin na casa de repouso onde trabalha em Perthshire, na Escócia, não vem apenas do sabor e da beleza de cada prato montado por ele. Cozinheiro profissional desde 1995, Kevin se …

Desafio para Starlink? Rússia prepara sua própria rede de satélites Sfera

A futura rede de conexão de alta velocidade Sfera terá mais de 200 satélites destinados à Internet das Coisas e mais de 250 aparelhos para sondar a Terra, revelou a corporação russa Roscosmos. A rede Sfera …

Mark Zuckerberg comprou Instagram por medo de ele ameaçar o Facebook

“Caso eles cresçam em grande escala, isso pode acabar sendo disruptivo para nós”, afirma Mark Zuckerberg em um e-mail enviado em fevereiro de 2012 ao então diretor financeiro do Facebook, David Eberman. Eles discutiam a compra …

Japão: vítimas da chuva radioativa de Hiroshima são finalmente reconhecidas pela Justiça

Um tribunal de Hiroshima ampliou a definição de sobreviventes de bombas atômicas para incluir na lista novas vítimas do fenômeno que ficou conhecido como "chuva negra" radioativa, que se seguiu ao bombardeio nuclear da …