Mulher conviveu com barata dentro do ouvido durante nove dias

(dr) Katie Holley

Uma barata entrou no canal auditivo de uma mulher, enquanto ela dormia, mas só foi retirada inteiramente depois de nove dias.

No ano passado, Katie Holley e o marido compraram uma casa na Flórida, nos Estados Unidos. No entanto, algum tempo depois, eles descobriram que o clima do local era propício para o aparecimento de baratas. Foi nessa altura que o casal chamou um exterminador para, assim, resolverem o problema.

Entretanto, o problema que pensavam ter resolvido, viria a dar dores de cabeça a Katie que, certo dia, acordou assustada durante a madrugada. A norte-americana sentiu algo úmido e frio no ouvido e decidiu introduzir um cotonete.

Ao introduzi-la, Katie percebeu que algo se mexeu e quando a retirou viu pequenas “coisas” marrons e finas, que percebeu, mais tarde, que eram patas de algum inseto, conta o Jornal de Notícias.

O marido viu no ouvido de Katie aquilo que parecia ser uma barata, pegou uma pinça e tentou retirar o animal, mas só conseguiu tirar duas patas. A norte-americana decidiu então se dirigir ao hospital e, durante o caminho, sentiu várias vezes a barata se mexer. “Era psicologicamente torturante“, relatou.

No hospital, e já depois da anestesia, o médico conseguiu matar a barata e retirar algumas partes do animal com uma pinça. Quando saiu da emergência, o casal foi de imediato comprar tampões para colocarem nos ouvidos durante a noite.

Mas Katie não sentiu que aquele pesadelo iria acabar ali. Uma semana depois, a norte-americana foi a uma consulta de rotina e pediu à médica de família que observasse seu ouvido, por sentir que não estava completamente bem.

Desta vez, a mulher não estava receosa. Katie estava à espera que seu ouvido tivesse muita cera e que esse excesso causasse a tal sensação estranha. Mas, para seu espanto e desagrado, a médica disse que, afinal, ainda restavam partes da barata: a cabeça, antenas e parte do tronco.

A médica retirou do ouvido de Katie mais de seis peças, dessa vez sem anestesia. “Acho que meu ouvido vai ficar bom mais rápido que meu estado psicológico.”

À National Geographic, Coby Schal, entomologista da Universidade estatal da Carolina do Norte, explicou que as baratas procuram “por comida em qualquer lugar e a cera de ouvido pode ser bastante apelativa”.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Mais da metade dos brasileiros entrevistados por uma pesquisa declararam que sua saúde emocional e mental piorou desde o início da pandemia, em índice superior à média dos 30 países e territórios pesquisados. Segundo pesquisa do …

Senado oficializa criação da CPI da Pandemia

Presidente do Senado diz que foco deve estar nas ações e omissões do governo federal e no repasse de recursos da União para estados e municípios. STF julgará determinação do ministro Barroso que ordenou abertura …

Bernie Madoff, maior golpista da história, morre em prisão norte-americana, diz relato

Bernard Madoff, o ex-financista que realizou a maior fraude de investimento na história dos Estados Unidos, morreu aos 82 anos de idade, de acordo com relatos da mídia. Em 2009, o notório financista recebeu uma sentença …

Salvator Mundi, obra mais cara de Da Vinci avaliada em R$2,6 bi, é vista em iate de príncipe

A obra de arte mais cara do mundo é ‘Salvator Mundi’, atribuída a Leonardo da Vinci. Com valor estimado em mais de 400 milhões de dólares ou superior aos 2,6 bilhões de reais, seu paradeiro …

Variante indiana da Covid-19 se propaga mais rápido e é menos detectada por testes PCR

A Índia enfrenta a pior onda de contaminações da Covid-19 desde o início da pandemia, com mais de 165 mil casos registrados nas últimas 24 horas: duas vezes mais do que no último pico, em …

Tipo sanguíneo não afeta risco de contrair COVID-19, diz novo estudo

Um estudo buscou entender se determinados tipos sanguíneos trazem mais riscos de contrair a COVID-19, e concluiu que não é o caso. Com a pandemia, muito se questiona em relação ao comportamento da COVID-19 em nosso …

Buracos negros são famintos, mas possuem boas maneiras à 'mesa', aponta estudo

Todos os buracos negros supermassivos nos centros das galáxias possuem períodos nos quais devoram a matéria situada de seus arredores. De acordo com um estudo publicado na revista científica Astronomy & Astrophysics, as galáxias ativas têm …

Pnad e Caged: No auge do desemprego, Brasil enfrenta falhas nas estatísticas do mercado de trabalho que confundem e desorientam

Num momento em que o país tem registrado números diários de mortes por covid-19 que ultrapassam 4 mil e diversos Estados e municípios reforçam medidas de distanciamento social, na tentativa de conter a propagação do …

Jovem negro de Minnesota morreu por “disparo acidental”, afirma polícia

Policial teria confundido arma de descarga elétrica com arma de fogo. Incidente em meio a julgamento da morte de George Floyd acirra tensões e agrava protestos. Mineápolis e outras cidades ampliam toque de recolher. A policial …

Bia, assistente de voz do Bradesco, vai responder mensagens de assédio

O Bradesco precisou tomar providências para proteger uma mulher de assédio. No caso, uma mulher que nem existe fisicamente. A mulher que dá voz ao sistema de inteligência artificial do aplicativo, a Bia (sigla para Bradesco …