Caso de violência doméstica denunciado com vídeo nas redes sociais choca o Peru

Arrastada pela rua pelo companheiro, em plena luz do dia, a jovem Micaela de Osma se tornou o trágico símbolo da violência contra as mulheres no Peru. Tudo porque seu caso foi registrado em vídeo e divulgado nas redes sociais.

A violência contra as mulheres é um tema recorrente no Peru, mas o caso de Micaela de Osma, de 23 anos, está chocando particularmente o país porque foi filmado por uma vizinha e divulgado nas redes sociais.

As imagens mostram a jovem sendo arrastada pelo parceiro no meio da rua, em plena luz do dia, no bairro de Miraflores na capital peruana, Lima. Trata-se de um bairro onde vivem pessoas de classe alta, o que torna o caso ainda mais midiático.

Micaela de Osma apresentou queixa contra o namorado, o que é mais um dado peculiar, já que, na maioria dos casos, as mulheres não recorrem à polícia por medo dos agressores.

Ela contou que, antes de ser arrastada pela rua, o namorado a ameaçou com uma faca, durante uma crise de ciúmes, porque queria que ela lhe desse a senha do seu celular, segundo relata a BBC.

Micaela ainda conseguiu fugir, mas ele a alcançou e a arrastou pela calçada de volta ao apartamento onde viviam.

Martín Forsyth, de 29 anos, acabou preso no mesmo dia da agressão e foi acusado de tentativa de feminicídio. Mas ficou detido por apenas 48 horas, o máximo permitido por lei para este tipo de caso, refere a BBC Mundo.

O jornal peruano La República apurou que Martín Forsyth já tinha se envolvido em outra agressão a Micaela de Osma, na rua, em 2015, em uma situação que levou à chamada da polícia. Mas, na época, como manifestou arrependimento, não foi alvo de qualquer sanção.

Jornalista acusa comentarista de agressões

O caso de Micaela de Osma gerou uma onda de indignação no Peru e a ministra da Mulher e dos Povos Vulneráveis (MIMP), Ana María Choquehuanca, já pediu penas mais duras para os agressores, criticando a legislação atual.

O país vive mais dois casos midiáticos de violência contra mulheres. Um deles é o de uma jovem que ficou desfigurada depois de ter sido agredida pelo companheiro. O outro é protagonizado pela jornalista Lorena Álvarez que acusou o ex-companheiro, o comentarista econômico e reconhecido acadêmico Juan Mendoza, de agressões físicas e psicológicas.

Juan Mendoza nega as agressões que Lorena Álvarez revelou publicamente, e de forma muito emocionada, em uma entrevista televisiva.

Entretanto, o movimento “Ni una menos Perú” (“Nem uma a menos”), plataforma digital que recebe denúncias de violência contra mulheres e que as reporta às autoridades, já anunciou que vai organizar uma marcha contra a violência de gênero, no próximo dia 25 de novembro.

O movimento já organizou outras manifestações com o mesmo objetivo, no passado, com grande adesão da sociedade peruana.

Entre janeiro e junho de 2017, 59 mulheres foram assassinadas no Peru e 123 foram alvo de tentativas de homicídio. E mais de dois terços (68%) das mulheres peruanas foram alvo de algum tipo de violência física, psicológica ou sexual por parte dos parceiros, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estatísticas peruano.

O Peru tem o terceiro maior índice de casos de violência sexual do mundo, sendo, em paralelo, o país da América Latina com a mais elevada taxa de abandono escolar por causa de gravidezes precoces.

Ciberia // ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA:

Modelo francesa se torna a primeira “playmate” transgênero da história da Playboy

A modelo francesa Ines Rau ganhou espaço nas páginas centrais da revista Playboy. Além de exibir suas curvas sem pudor, ela fez história ao se tornar a primeira “playmate” transgênero da história da revista. Ines não …

Poluição mata mais pessoas no mundo do que a guerra, a violência e a fome

Uma morte em cada seis ocorridas no mundo em 2015 esteve ligada à poluição, essencialmente à poluição do ar, mas também da água e dos locais de trabalho, segundo um estudo publicado na última sexta-feira …

Aplicativo para celular detecta sinais precoces do Mal de Parkinson

Uma equipe de pesquisadores portugueses participa de um projeto europeu que detecta os primeiros sintomas de Parkinson e combate a progressão da doença. O Parkinson é uma doença sutil e difícil de detectar. Os exames não …

Combate "fatal" entre robôs gigantes vira "aposta esportiva" do futuro

Como se fossem protagonistas da saga cinematográfica "Transformers", robôs humanoides gigantes se enfrentaram pela primeira vez em um duelo "fatal" em um projeto que pretende se transformar em uma modalidade esportiva com milhões de seguidores. Esse …

Putin revela há algo ainda “mais perigoso que uma bomba nuclear”

O presidente da Rússia falou a jovens de todo o mundo no sábado (21) a propósito do XIX Festival Mundial da Juventude e Estudantes, celebrado na Rússia entre os dias 22 e 14 de outubro. Seja …

Parada LGBT+ de Copacabana recorre a financiamento coletivo

Os organizadores da Parada LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e intersexuais) de Copacabana recorreram a uma ferramenta de financiamento coletivo na internet para compensar a crise enfrentada em 2017, enquanto negociam o patrocínio de apoiadores …

Relatório de CPI do Senado diz que Previdência Social não tem deficit

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência, senador Hélio José (PROS-DF), apresentou nesta segunda-feira (23) o relatório final dos trabalhos ao colegiado, com a conclusão de que a Previdência Social não é …

PF indicia ex-presidente do BNDES e Carolina Oliveira, mulher do governador de Minas Gerais

A Polícia Federal (PF) concluiu inquérito da Operação Acrônimo e indiciou oito pessoas, entre as quais o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Luciano Coutinho e a primeira-dama de Minas Gerais, …

Coordenadora que convenceu aluno a parar de atirar em Goiânia: "Não tive medo"

A coordenadora que convenceu o adolescente de 14 anos a parar de atirar contra a turma disse neste domingo (22) ao Fantástico que não teve medo de abordar o aluno no Colégio Goyases, em Goiânia, …

O avião mais rápido do mundo chega a qualquer lugar em menos de 1 hora

A Lockheed Martin, fabricante de produtos aeroespaciais e principal produtora de equipamentos militares do mundo, prepara-se para apresentar seu novo avião de combate e espionagem SR-72, que será o mais rápido do mundo. O planos para …