Braços dos polvos são capazes de tomar decisões sem passar pelos seus cérebros

Talvez você se lembre de quando os cientistas teorizaram (sem brincadeira) de que os polvos eram alienígenas. Isso por que sua evolução não se parece com a evolução de nenhum outro animal da Terra.

E as coisas acabaram de ficar ainda mais estranhas: os polvos mal precisam de um cérebro porque eles têm seus braços para fazer todo o trabalho por ele.

É isso mesmo que você leu: dois terços dos neurônios dos polvos são distribuídos por seus corpos, entre seus braços, e estes braços podem se comunicar uns com os outros e tomar decisões sem passar pelo cérebro. Foi isso que pesquisadores da Universidade de Washington, nos EUA, descobriram.

Os pesquisadores estudaram polvos-gigantes-do-Pacífico (Enteroctopus dofleini) e polvos-vermelhos (Octopus rubescens), nativos do Oceano Pacífico Norte.

Esses animais não possuem um sistema nervoso centralizado, como nós e os animais vertebrados. São 500 milhões de neurônios no total, sendo que cerca de 350 milhões ficam ao longo dos braços em “grupos” chamados de gânglios.

“Uma das grandes questões que temos é como um sistema nervoso distribuído funcionaria, especialmente quando se tenta fazer algo complicado, como se movimentar e encontrar comida em um complexo oceano. Há muitas questões abertas sobre como essas partes do sistema nervoso são conectadas umas às outras”, disse o neurocientista David Gire, da Universidade de Washington.

Para testar como os polvos reagiriam neuralmente a certas situações, os pesquisadores deram uma série de objetos aos animais, como rochas com textura, LEGOs e labirintos com comida dentro.

Em seguida, gravaram os movimentos para acompanhar o comportamento dos animais e registrar suas informações neurais, a fim de descobrir como a informação estava fluindo através do sistema nervoso, dependendo de como os seus braços estavam se movendo.

Por exemplo, se fosse em sincronia, isso sugeria controle centralizado. Se um braço se movesse sozinho, isso sugeria uma tomada de decisão independente.

Os cientistas concluíram que, quando os braços de um polvo recebem informações sensoriais e motoras de seu ambiente, os neurônios podem processá-las e iniciar uma ação sozinhos, sem que o cérebro precise fazer qualquer coisa.

“Você está vendo um monte de pequenas decisões sendo feitas por esses gânglios distribuídos, apenas observando o movimento do braço, então uma das primeiras coisas que estamos fazendo é tentar entender como esse movimento realmente se parece, de uma perspectiva computacional”, afirmou Gire.

“O que estamos vendo, mais do que foi visto no passado, é como as informações sensoriais estão sendo integradas nessa rede, enquanto o animal está tomando decisões complicadas”, acrescentou.

Os braços do polvo têm um anel neural que contorna o cérebro, e assim podem enviar informações um ao outro sem que o cérebro esteja ciente disso. Então, enquanto o cérebro não tem certeza de onde os braços estão no espaço, os braços sabem onde estão uns aos outros e isso permite que se coordenem durante ações como locomoção rastejante”, explicou o neurocientista Dominic Sivitilli, da Universidade de Washington.

Uma evidência desta habilidade de ficção científica dos polvos é que seus braços podem continuar a responder a estímulos mesmo depois de serem cortados e separados de um animal morto.

Logo, os cientistas consideram esses animais muito úteis para entender a inteligência na Terra. Veja só – procuramos tanto aliens pela galáxia inteira, enquanto eles estavam aqui debaixo de nossos narizes o tempo todo.

É um modelo alternativo para inteligência”, complementou Sivitilli. “Nos dá uma compreensão sobre a diversidade da cognição no mundo e, talvez, no universo”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pássaros sacrificados como oferenda aos deuses são encontrados no Egito

Milhões de aves, que teriam sido utilizadas como oferenda aos deuses Hórus, Rá ou Thoth foram encontradas por uma equipe de arqueólogos no Egito. Os arqueólogos da Universidade Claude Bernard Lyon estavam trabalhando nas escavações de …

Navalny deixa hospital em Berlim

Oposicionista russo recebe alta após um mês de tratamento para curar envenenamento por agente neurotóxico do tipo Novitchok. Médicos dizem que recuperação total é possível, mas não sabem estimar efeitos de longo prazo. O oposicionista russo …

Governo pede suspensão de filme da Netflix após acusações de pedofilia

Após diversas acusações de pedofilia nas redes sociais ao filme Lindinhas, que estreou com exclusividade na Netflix, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos pediu a suspensão e investigação sobre sua distribuição …

Mais de 13 milhões de britânicos enfrentam novo lockdown diante do aumento de casos de Covid-19

Um quinto da população do Reino Unido acordou sob um novo lockdown nesta terça-feira (22). Essas pessoas estão sobretudo no norte da Inglaterra e no País de Gales, as regiões mais afetadas pela Covid-19 …

Pinguim é encontrado morto no litoral de SP com máscara no estômago

Um pinguim foi encontrado morto no último dia 9 de setembro na praia de Juquehy, em São Sebastião, litoral de São Paulo – e, depois de realizada a necropsia, a causa da morte foi determinada: …

Misteriosa minilua vai entrar na órbita da Terra em outubro e ficará por meio ano

Corpo celeste tem uma velocidade muito baixa, o que é atípico para asteroides. Cientistas suspeitam que a minilua afinal seja lixo espacial do século passado. Astrônomos descobriram o corpo celeste 2020 SO, que está em uma …

Na ONU, Bolsonaro diz ser vítima de campanha de desinformação

Presidente defende política ambiental do governo e afirma que Amazônia e Pantanal sofrem campanha de desinformação internacional. Ele também elogia sua gestão da epidemia de covid-19, que já matou 137 mil. No discurso de abertura da …

CDC faz alerta sobre transmissão da COVID-19 através do ar, mas volta atrás

Não é segredo que pesquisadores ainda buscam consenso sobre a ação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no organismo humano. Nesse cenário, até o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos gerou polêmica nesta …

Argentina estende por mais três semanas quarentena mais prolongada do mundo

A quarentena argentina vai continuar até, pelo menos, dia 11 de outubro, totalizando 205 dias. No interior do país, haverá um endurecimento das medidas de restrição. Metade da população rejeita a rigidez das medidas …

Angola fecha mais quatro templos da Igreja Universal no país

A Justiça de Angola fechou no fim de semana passado mais quatro templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) no país, no âmbito de investigações por associação criminosa, lavagem de dinheiro e fraude fiscal. "Por despacho …