Campo magnético da Terra poderia ajudar na datação de artefatos arqueológicos, diz estudo

NASA Goddard / Flickr

Conceito artístico do campo magnético da Terra

O método de datação através de radiocarbono implica a existência de restos orgânicos, que muitas vezes não estão disponíveis em locais que datam de mais de cinco mil anos.

Em um artigo publicado na última edição da revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), os pesquisadores do Instituto de Oceanografia Scripps e do Departamento de Antropologia da Universidade da Califórnia, em San Diego, nos EUA, propõem usar as mudanças do campo magnético da Terra como método de datação.

Para o conseguirem, os cientistas estudaram artefatos do período Neolítico (entre 8.200 a 5.500 anos atrás) informa o UC San Diego News Center.

“O campo magnético da Terra mudou significativamente no passado […] Conjuntos de dados precisos sobre seu comportamento no passado também fornecem uma ferramenta de datação, mas até agora tínhamos poucas evidências de mudanças no campo magnético durante o período Neolítico e períodos anteriores na região do Levante”, disse a geofísica da Scripps Lisa Tauxe, citada na matéria.

Em seu estudo, os pesquisadores apresentaram novos dados de alta qualidade sobre a força do antigo campo magnético da Terra (arqueointensidade) para 129 espécimes de quatro locais arqueológicos na Jordânia, abrangendo o período de 7.752 a.C. a 5.069 a.C. – o registro mais antigo do Levante, da Turquia moderna e da antiga Mesopotâmia.

“O Neolítico, estudado nesta pesquisa, foi um período de grandes mudanças na história humana, especialmente na transição de sociedades nómadas para sociedades agrícolas e sedentárias”, explicou Thomas E. Levy, diretor do Centro de Ciberarqueologia e Sustentabilidade (CCAS, na sigla em inglês) do Instituto Qualcomm, e codiretor do Centro Scripps de Arqueologia Marinha (SCMA, na sigla em inglês), citado pelo portal.

Lisa Tauxe observou que os resultados de sua pesquisa “sugerem que um dos campos magnéticos mais fracos dos últimos dez mil anos no Levante ocorreu por volta de 7.600 a.C., quando era cerca de metade do campo magnético de hoje […] Esse campo recuperou sua força a um ritmo relativamente rápido durante os 600 anos seguintes, e depois enfraqueceu gradualmente até 5.200 a.C.”. A cientista indicou que tais leituras regionais são consistentes com os modelos geomagnéticos globais.

Os pesquisadores também investigaram descobertas feitas em Wadi Fidan do período de cerâmica neolítica – entre 8.300 a 6.500 anos atrás – quando as primeiras sociedades humanas começaram a experimentar a produção de cerâmica, que se tornou algo importante para armazenar bens alimentares.

“Os novos dados da arqueointensidade destes artefatos estão nos ajudando a preencher lacunas e a definir a resolução da curva arqueomagnética, melhorando nossa compreensão das mudanças passadas no campo magnético da Terra na região do Levante”, observou Tauxe, citada pelo UC San Diego News Center.

A equipe também investigou um material promissor para a medição de arqueointensidade: o sílex. Enquanto a cerâmica e vários outros materiais à base de argila são amplamente investigados em estudos arqueomagnéticos, o uso do sílex é muito menos comum, embora fosse a matéria-prima principal na fabricação de ferramentas no Paleolítico, Neolítico e até mesmo na Idade do Bronze. Nesses períodos, rochas siliciosas de grão fino eram queimadas para lascar a pedra com mais facilidade: o aquecimento ajudava a propagar fraturas no material, tornando mais fácil a produção de ferramentas de pedra.

Existem, no entanto, poucos dados arqueomagnéticos originários do período em que apareceram os assentamentos, a mesma época em que os animais foram domesticados e a dieta mediterrânea surgiu.

Ainda assim, com base nos resultados de sua pesquisa, os cientistas estão convencidos de que o arqueomagnetismo pode agora se mostrar valioso como ferramenta para a datação quando o radiocarbono não está disponível ou não é suficiente.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …