Cientistas acreditam ter desvendado o mistério da origem do ouro

Uma equipe internacional de cientistas acredita que desvendou o enigma da origem do ouro, um dos grandes mistérios da Humanidade. A nova pesquisa concluiu que o metal precioso provém do manto profundo da Terra.

Não há nenhum explicação científica consensual sobre a origem do ouro, mas uma equipe de cientistas internacionais de universidades do Chile, Argentina, Austrália, França e Espanha acredita ter desvendado o mistério.

A teoria destes cientistas é de que “o ouro viajou até a superfície da Terra procedendo das partes mais profundas do planeta”, conforme salienta a Universidade de Granada, uma das implicadas na pesquisa, em comunicado sobre o estudo.

De acordo com a ideia, teria sido “o jogo de movimentos internos da Terra o que favoreceu a subida e a concentração do metal precioso” até a crosta terrestre, explicam os cientistas no artigo científico publicado na revista Nature Communications.

O cientista José María González Jiménez, do departamento de Mineralogia e Petrologia da Universidade de Granada que participou da pesquisa, explica o processo, reportando-se às camadas que formam o interior da Terra – crosta, manto e núcleo.

“Na crosta, encontram-se os minerais que extraímos e que sustentam nossa economia. E se somos especialistas a explorá-los, ainda sabemos pouco sobre sua verdadeira origem”, diz, destacando que é o que acontece com o ouro, cuja busca já motivou “migrações, expedições e até guerras”.

O manto, que separa o núcleo da crosta onde vivemos e que fica a uma profundidade que vai dos 17 quilômetros sob os oceanos até os 70 quilômetros sob os continentes, está “a uma distância inacessível” para o homem, afirma o pesquisador.

“Não temos capacidade de chegar de forma direta ao manto para conhecê-lo melhor”, acrescenta González Jiménez. Contudo, informações sobre o manto chegam até nós “graças a erupções vulcânicas que arrastam pequenos fragmentos ou ‘xenólitos’ do manto, sob os continentes, para a superfície”, aponta o cientista.

Os cientistas detectaram provas deste processo na Patagônia argentina e analisaram amostras destes “xenólitos” em laboratório, encontrando “pequenas partículas de ouro nativo, da grossura de um fio de cabelo, cuja origem é o manto profundo”, destaca a Universidade de Granada.

Universidade de Granada

Fragmento do manto profundo (cor verde) na lava de um vulcão da Patagônia argentina (cor preta)

A zona da Patagônia argentina onde esses fragmentos foram encontrados, no chamado Maciço do Desejado, é conhecida pelas suas produtivas minas de ouro.

Os pesquisadores afirmam, agora, que a concentração do mineral precioso na zona pode estar relacionada com o fato de o manto por debaixo dela apresentaruma predisposição para gerar depósitos de ouro na superfície”.

González Jiménez lembra que, “há aproximadamente 200 milhões de anos”, a América do Sul e a África formavam um único continente. A “subida do manto profundo ou da “pluma do manto” contribuiu para a separação dos dois continentes, a qual rompeu a crosta muito mais frágil e fina”, conta o cientista.

“A subida desta ‘pluma do manto’ profunda gerou uma verdadeira fábrica química que enriqueceu o manto com metais”, prossegue o cientista. Mais tarde, o movimento de uma placa tectônica sobre outra levou “esta zona enriquecida a se tornar uma fábrica geradora de depósitos de ouro, graças à circulação de fluidos ricos em metais, através de fraturas, que precipitam e concentram os metais perto da superfície terrestre”, explica ainda.

Todavia, a “nova prova científica” sobre a origem do ouro não resolve o quebra-cabeças por completo. É apenas um bom começo para “uma exploração mais sofisticada” dos depósitos minerais, recorrendo a tecnologias que sondem o manto profundo e não apenas a camada mais superficial para detalhar o percurso o ouro inicia ao “nascer”.

[/three_fourth]” url=”https://zap.aeiou.pt/desvendado-misterio-da-origem-do-ouro-177566″ source=”ZAP”]

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bill Gates vai financiar sete pesquisas de vacina contra COVID-19

Bill Gates, o fundador, ex-CEO e atual filantropo, anunciou durante entrevista no talk show norte-americano Daily Show With Trevor Noah que, por meio de sua própria fundação, estará financiando sete pesquisas clínicas que buscam descobrir …

Bolsonaro é denunciado no TPI por “crime contra a humanidade”

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) denunciou o presidente Jair Bolsonaro por crime contra a humanidade no Tribunal Penal Internacional.  A denúncia foi protocolada nesta quinta-feira (2) na corte de Haia. Segundo …

O primeiro ‘autor’ do mundo era uma mulher

Enheduanna viveu no século 23 antes da nossa era na Mesopotâmia. Princesa, sacerdotisa e poeta, ela pode se orgulhar de ter sido a primeira autora do mundo a ter seu nome conhecido em uma época …

Maduro envia carta ao povo dos EUA pedindo "cessação das sanções"

Nicolás Maduro enviou uma carta ao povo dos Estados Unidos expressando uma mensagem de solidariedade e paz, e pedindo fim das ameaças militares e das sanções contra Venezuela. No documento, o chefe de Estado venezuelano exprime …

Governo dos EUA alerta população para novo "11 de Setembro" devido à covid-19

Chefe da Saúde Pública do país prevê que próxima semana será "a mais difícil e mais triste da vida da maioria dos americanos". Ele compara repercussão a dois dos maiores traumas da história dos Estados …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

IA sincronizada com música cria rostos falsos, o resultado pode se aterrorizante

As pessoas ainda aprendem a melhor forma de empregar as redes neurais artificiais, aprendizado de máquina e avanços em inteligência artificial. Entre as pesquisas práticas há a busca por empregar essas técnicas de forma a …

Coronavírus: 92% das mães nas favelas dizem que faltará comida após um mês de isolamento

"Muitas pessoas entraram na linha de pobreza da noite para o dia. O casal que trabalhava no shopping na semana retrasada, que recebia por semana, fez a compra da semana passada e nesta semana já …

Dois anos após mortes de Marielle e Anderson, Anistia Internacional cobra identificação de mandantes

Dois anos após os assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março de 2018, o crime permanece sem solução e ilustra a impunidade no combate à violência …

Coronavírus poderia ser a 1ª de muitas outras pandemias futuras, adverte cientista

Apesar do registro de mais de um milhão de infectados à escala mundial, a doença poderia ser suplantada por patologias bem mais perigosas. Comparando com as doenças que poderiam reaparecer como resultado do aquecimento global, o …