Cientistas desvendam mistério de ‘apagamento’ de estrela gigante Betelgeuse

Astrônomos dizem que solucionaram o mistério sobre por que uma das mais conhecidas estrelas que iluminava o céu à noite começou a perder o brilho há cerca de um ano.

Betelgeuse, uma supergigante vermelha da constelação de Orion, escureceu abruptamente no fim de 2019, início de 2020. O fenômeno levou muitos a especularem que ela estaria a ponto de explodir, fenômeno conhecido como “supernova”.

Mas, com o uso de um dos telescópios mais avançados do mundo, o Very Large Telescope (VLT), no Chile, astrônomos descobriram que uma enorme nuvem de poeira, localizada entre a Terra e a estrela, pode estar por trás do ‘apagamento’ dela.

Mesmo que você não saiba nomear todos os pontos brilhantes no céu, certamente já viu Betelgeuse. É um ponto laranja no canto de baixo, do lado de direito na constelação de Orion – ou no canto de cima à esquerda, se você estiver vendo a constelação do hemisfério norte. Próxima à Terra, em termos relativos, a uma distância de cerca de 550 anos-luz, Betelgeuse é o que conhecemos como uma estrela de variação semirregular. Ela se ilumina e escurece por um período de cerca de 400 dias.

Mas o que aconteceu 18 meses atrás foi fora do comum: a perda de luminosidade foi a maior já vista. O astrofísico Miguel Montargès, do Observatório de Paris, na França, e colegas investigaram o evento com o uso do VLT.

Um dos telescópios mais poderosos do mundo, ele tem a capacidade de captar diretamente a imagem da superfície da Betelgeuse. Os pesquisadores compararam fotos dessa estrela antes, durante e depois do ‘apagamento’, e usaram modelos matemáticos para saber que comportamento poderia estar por trás das diferentes imagens obtidas.

Duas hipóteses predominaram. Talvez houvesse uma enorme área fria na superfície da estela, porque supergigantes como Betelgeuse são conhecidas por ter grandes células convectivas que podem provocar áreas quentes e frias.

Ou, talvez, houvesse uma nuvem de poeira se formando bem na frente de onde a estrela é vista da Terra.

A conclusão envolve uma combinação das duas hipóteses, diz a pesquisadora Emily Cannon, da Katholieke Universiteit Leuven, na Bélgica.

“O entendimento geral é que havia uma área fria na estrela. Esta, por causa da queda na temperatura, provocou a ejeção de gás, que se condensou em poeira”, explica ela à BBC.

“A área fria na superfície já faria a estrela parecer apagada. Mas aí essa condensação da poeira contribuiu para a acelerada perda de brilho dela.”

Quando a Betelgeuse deve se tornar supernova?

Betelgeuse é cerca de 15 a 20 vezes maior que o Sol. Um objeto tão grande assim vai se tornar uma supernova e explodir em algum momento. Então, não era uma loucura especular que esse apagamento incomum poderia significar que a Betelgeuse estivesse a ponto de passar por uma explosão espetacular.

“Não acredito que esse fenômeno signifique que a Betelgeuse esteja se tornando em breve uma supernova, embora saiba que isso seria extremamente interessante e eu própria estivesse torcendo por isso”, diz Cannon.

“Sabemos que as supergigantes vermelhas podem apresentar acelerada perda de massa, o que pode indicar que há um estágio da vida delas em que é mais possível que se tornem supernovas. Mas achamos que a Betelgeuse é uma supergigante relativamente jovem e provavelmente ainda tem muito tempo pela frente.”

Mas quanto tempo? Dezenas, centenas, talvez milhares de anos, segundo astrônomos. A última supernova observada na nossa Via Láctea foi a estrela Kepler, vista em 1604.

Registros de astrônomos da época indicam que ela ficou visível durante o dia por três semanas.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Não vacinados ameaçam combate à covid nos EUA

Em meio à disseminação de teorias da conspiração e a uma alta das infecções pelo coronavírus entre não vacinados, autoridades de saúde dos EUA lutam para convencer mais pessoas a se imunizarem contra a covid-19. Em …

Helicóptero da NASA estabelece novo recorde durante seu 10º voo em Marte

Neste sábado (24) o pequeno helicóptero da NASA em Marte, Ingenuity, conseguiu ultrapassar a marca de 1,6 km de distância percorrida acumulada após sobrevoar uma região rochosa na cratera Jezero. No sábado, o helicóptero robótico completou …

A curiosa rejeição de parte dos franceses ao passaporte sanitário na pandemia

No país onde o debate é uma espécie de esporte nacional, qualquer imposição verticalizada do governo pode ser considerada um acinte. Desde a Revolução, os franceses alimentam uma espécie de ojeriza ao compulsório que …

Astrônomo amador descobre nova lua na órbita de Júpiter

O corpo celeste recebeu o nome provisório de EJc0061 e mais provável é que seja um novo membro do grupo Carme, que orbita o planeta junto a outras 78 luas. O estudante Kai Ly se tornou …

Microsoft diz que 70% dos brasileiros já foram alvos do golpe de suporte técnico

Imagine estar navegando pela internet e se deparar com uma janela afirmando que há algo de errado com sua instalação do Windows. Ao clicar, você consegue entrar em contato com um técnico, que dá instruções …

Orçamento recorde não salva Jogos Olímpicos de Tóquio do desânimo causado pela Covid-19

Os jornais franceses desta detalharam o desafio dos organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, que começaram oficialmente nesta sexta-feira (23) sob a ameaça da Covid-19 e uma impopularidade recorde no Japão. Para a imprensa …

Comunidade LGBTQ da Hungria teme repressão e perseguições

Nos últimos meses, Boldizsár Nagy teve que lidar com situações que nunca imaginara. Por muito tempo, ele foi um jornalista e editor de livros infantis desconhecido, "ninguém especial", em suas próprias palavras. Quando, em 2020, ele …

68 anos! Conheça a história do homem com a maior crise de soluço do mundo

Você provavelmente já teve soluços ao longo da vida, certo? Alguns minutos de soluço são suficientes para deixar qualquer um emburrado. Mas já pensou soluçar por nada menos que 68 anos seguidos? Pois foi isso …

Mesmo após crise gerada por pandemia, Brasil terá 10 milhões de desempregados, dizem economistas

Com a aceleração da vacinação na maior parte do país, os brasileiros já começam a vislumbrar uma luz no fim do túnel da pandemia do coronavírus. Diante da perspectiva de gradual volta à normalidade, espera-se …

Pentágono confirma que 7 colombianos presos no Haiti passaram por treinamento militar nos EUA

Pentágono revelou que sete dos ex-militares colombianos acusados de assassinar o presidente haitiano Jovenel Moïse receberam treinamento nos EUA enquanto estavam no serviço militar colombiano. Além disso, os militares participaram de um programa de elite do …