Cientistas japoneses quebram recorde de eficiência de painéis solares

Pesquisadores do Japão estabeleceram um novo recorde para a eficiência dos painéis solares produzidos em massa, o que significa que ainda mais energia solar pode agora ser convertida em eletricidade.

O registro de eficiência dos painéis solares agora está em 26,6% – quebrando o recorde anterior estabelecido em 2015.

“Melhorar a eficiência de fotoconversão de células solares de silício é crucial para promover a implantação de eletricidade renovável”, explica a equipe da empresa japonesa Kaneka. “Este resultado confirma o forte potencial dos painéis fotovoltaicos de silício”.

A pesquisa foi publicada na revista Nature Energy.

Para atingir este nível de eficiência, a equipe colocou camadas de silício dentro de células individuais para minimizar as chamadas “bandas proibidas”, onde os elétrons não podem existir e a luz solar é desperdiçada.

Outros cientistas tentaram este procedimento antes, mas os pesquisadores da Kaneko melhoraram a técnica e conseguiram atingir esse marco de 26,6%.

A equipe otimizou sua configuração colocando eletrodos de baixa resistência na parte traseira da célula, longe do lado exposto, maximizando o número de fótons que poderiam ser coletados na frente.

A coleta de fótons se tornou ainda mais eficiente através da implantação do silício amorfo e camadas anti-reflexo em cima, para proteger os componentes celulares e reduzir a quantidade de luz solar perdida.

Uso doméstico

Embora os painéis orientados para a pesquisa tenham alcançado maiores eficiências – mais de 40% em alguns casos – este é um novo recorde de painéis viáveis para uso doméstico, embora nem sempre seja fácil dizer quais tecnologias são viáveis para painéis de consumidores.

A definição do que é amigável ao consumidor está sempre mudando, à medida que os processos de produção melhoram e os custos despencam, então manter o controle pode ser complicado. Mas a conclusão é que estamos fazendo progresso.

Neste caso específico, estamos falando de células de painéis solares cristalinos baseados em silício, que têm uma eficiência teórica de cerca de 29%, com base nas melhores estimativas dos cientistas. Estas células tornaram-se o padrão da indústria graças à sua fiabilidade e relativamente baixo custo.

A equipe está agora explorando os passos práticos necessários para tornar a técnica que eles conseguiram no laboratório viável para a produção em massa, mas parece que não demorará muito para que possamos aproveitar ainda mais a energia do Sol – e isso só pode ser uma coisa boa.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …

Ataques iranianos teriam deixado 11 militares dos EUA feridos

Ao menos 11 militares norte-americanos foram retirados do Iraque para receberem tratamento médico em decorrência dos ataques iranianos contra as bases dos EUA. "Quando ficarem aptos para o serviço, estes militares regressarão ao Iraque", declarou à …

Evo recua e diz que não pretende mais criar milícias

Em carta pública divulgada nesta quinta-feira (16/01), o ex-presidente da Bolívia Evo Morales, que está refugiado na Argentina há mais de um mês, recuou da ideia de promover a formação de milícias no país. "Há alguns …

Dinossauros foram extintos por impacto de asteroide, defende pesquisa científica

O mistério que levou ao fim da era dos dinossauros motiva pesquisadores do mundo inteiro a debater o que teria provocado essa extinção. Um novo estudo busca descartar a teoria de que a atividade vulcânica …

Microsoft assume compromisso de ser uma empresa carbono negativo até 2030

A Microsoft fez uma transmissão ao vivo para contar ao mundo o seu engajamento com o meio ambiente, a fim de trazer um futuro mais sustentável. Em apresentação conduzida por Satya Nadella (CEO), Amy Hood (CFO) …

Marine Le Pen se lança em pré-campanha presidencial

A líder da extrema direita francesa, Marine Le Pen, anunciou nesta quinta-feira (16) o lançamento de sua campanha “pré-presidencial”. O pleito acontece apenas em 2022, mas a candidata derrotada no segundo turno em 2017, que enfrenta …

Bolsonaro é autor de mais da metade dos ataques a jornalistas em 2019

Em todo o ano foram registrados 208 casos de ataques a veículos de comunicação e jornalistas, um aumento de 54%. Presidente foi responsável por 121 deles, afirma a entidade. O presidente Jair Bolsonaro, sozinho, é responsável …

Qual a idade em que somos mais infelizes, segundo a ciência

A chamada crise dos 40 deixou de ser um mito, pelo menos de acordo com uma ampla pesquisa realizada em 134 países pelo economista David Blanchflower, professor da universidade Dartmouth College, nos EUA, e ex-membro …

Trump fecha acordo e sinaliza fim da "guerra fiscal" com a China

Na última quarta-feira, os Estados Unidos e a China firmaram um acordo que pode ser o primeiro passo para o fim da chamada “guerra comercial” entre as potências. O pacto, que foi anunciado em dezembro do …