Estudantes criam solução para absorver óleo no mar com casca de coco

As estudantes Núbia Marques da Silva e Aline Faustino Soares, do curso de Logística da Escola Técnica Estadual (Etec) de Caraguatatuba, no litoral de São Paulo, desenvolveram uma solução que absorve vazamentos de óleo no mar com casca de coco verde.

Tudo começou com um desafio proposto pela professora Patrícia Carbonari Pantojo. Ela estava incomodada com o volume de cascas de coco verde que vão para o lixo todos os anos, especialmente no litoral. Foi então que ela desafiou seus estudantes a criarem soluções para o problema.

Núbia e Aline enxergaram na casca de coco uma solução para vazamentos de óleo no mar. Com a proposta em mente, Patrícia levou as estudantes para fazerem uma visita técnica ao Porto de São Sebastião. Lá, elas conheceram a turfa canadense, um pó usado para absorver o óleo que os navios despejam nos oceanos.

“Na hora, eu percebi que aquele produto era muito parecido com a fibra de coco”, contou Núbia ao site do Centro Paula Souza.

O passo seguinte foi conseguir o óleo para fazer os testes. Núbia e Aline despejaram tanto o óleo quanto a borra do petróleo em um tanque com água do mar. O resultado foi que a fibra do coco absorveu tudo.

Mas, as estudantes não pararam os testes por aí. Elas acrescentaram penas de aves à fibra e viram que o resultado é ainda melhor – as penas puxam o óleo para a fibra do coco.

Para validar o experimento, elas solicitaram a ajuda de um professor de Química, que encaminhou amostras da água para análise da Sabesp. De fato, a água estava limpa, sem qualquer resíduo de óleo.

Depois que a fibra absorve o óleo, forma-se uma biomassa, que pode ser usada como substituta do carvão, por exemplo. “Não adiantaria jogarmos a fibra suja no lixo. Por isso, testamos como usá-la até o fim, sem deixar resíduos”, explica Nubia.

As estudantes patentearam novo produto e agora planejam lançá-lo no mercado. As futuras empreendedoras acreditam que a fibra de coco é uma alternativa mais barata à turfa canadense, além de mais sustentável. A professora Patrícia acredita no sucesso do empreendimento: “É um produto único, uma ideia inovadora, totalmente sustentável”.

Núbia e Aline apresentarão o produto na Feira Tecnológica do Centro Paula Souza, entre 19 e 21 de outubro. A fibra de coco é um dos 210 projetos de alunos de Etecs, Faculdades de Tecnologia do Estado (Fatecs), além de outras instituições nacionais e internacionais que serão apresentados.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo de esqueletos de 200 gerações revela como humanos evoluíram para lutar contra germes

Estudiosos analisaram cerca de 70 mil esqueletos de 200 gerações a fim de entender como a humidade passou por pandemias anteriores. Os estudos foram feitos acerca de doenças infecciosas como tuberculose, treponematose e hanseníase. Os pesquisadores …

Médica adverte sobre síndrome inflamatória multissistema em pacientes que superaram covid

A médica-chefe de um hospital de Moscou, Mariana Lysenko, declarou em uma entrevista ao canal RT que alguns dos pacientes que superaram a COVID-19 podem desenvolver uma síndrome inflamatória multissistema. De acordo com a médica, a …

Militares abrem fogo contra manifestantes em Mianmar

Forças de segurança reforçam repressão aos protestos contra golpe de Estado e deposição do governo democraticamente eleito. Relatos de mortes surgem de várias cidades. ONU condena violência e o uso de força excessiva. As forças de …

LEGO lança quiz online para educar a criançada sobre cyberbullying

O sentido educacional que os brinquedos da LEGO oferecem ganha nova e ainda maior dimensão com o lançamento do Safer Internet Day (ou Dia da Internet mais Segura, em tradução livre), um quiz virtual desenvolvido …

Covid-19: Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até 14 de março

O governo do Peru anunciou neste domingo (29) a prorrogação até 14 de março da suspensão de voos procedentes do Brasil. A medida preventiva visa evitar a entrada de passageiros que podem estar infectados …

Ex-funcionários do McDonald's revelam "estratégia de espionagem" da rede de fast-food

A revista Vice analisou testemunhos de supostos trabalhadores anônimos do McDonald's que tinham conhecimento direto da vigilância, e vazou documentos que explicam as táticas de espionagem. Uma equipe de analistas de inteligência da cadeia de fast-food …

Bolsonaro usa pesquisa alemã distorcida para criticar uso de máscaras

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live de quinta-feira (26/02) para mais uma vez desestimular o uso de máscaras contra a covid-19. No mesmo dia em que o Brasil registrou a segunda pior marca de mortes …

Cientistas congelam sêmen de corais para tentar salvar espécie da extinção no Brasil

Estima-se que até 50% dos recifes de corais já desapareceram dos oceanos. A previsão para o futuro também não é animadora: uma projeção da Unesco apontou que, caso as mudanças climáticas não sejam revertidas, eles …

Esqueletos descobertos podem revelar a história do mais rico pirata da historia, morto há 300 anos

No início do século XVIII, quem mandava nos mares sem lei do Caribe, da América Central e da América do Norte era o grande pirata inglês Samuel Bellamy, imortalizado pelo apelido de “Black Sam”. Um dos …

Biden isola príncipe saudita, provável alvo de relatório da CIA sobre morte de jornalista

O presidente americano, Joe Biden, falou pela primeira vez por telefone nesta quinta-feira (25) com o rei Salman, da Arábia Saudita, na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato …