Coágulos são efeitos colaterais ‘plausíveis’ da vacina AstraZeneca, mas UE reafirma apoio ao imunizante

Uma relação entre a vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 e o aparecimento de uma forma rara de coágulos sanguíneos é “plausível, mas não confirmada”. Essa foi a conclusão divulgada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quarta-feira, em resposta ao registro de vítimas de efeitos colaterais. Mas as autoridades europeias informaram que, apesar dessa constatação, o imunizante continuará sendo administrado na população.

“São necessários estudos especializados para compreender plenamente a relação potencial entre a vacinação e possíveis fatores de risco”, ressaltaram, em comunicado, os especialistas da área das vacinas da OMS. Eles insistiram que estes fenômenos, “apesar de preocupantes, são muito raros“.

Os peritos da organização também recomendam a criação de um comitê de médicos, incluindo hematologistas, para orientar sobre a melhor forma de diagnosticar e tratar os casos de trombose atípica registrados após a inoculação do produto do laboratório sueco-britânico.

Os casos de trombose despertaram uma onda de inquietação, especialmente na Europa, em grande parte por causa das divergências entre os diferentes países do bloco. Após suspensões temporárias, França, Alemanha e Holanda recomendaram não usar essa vacina em jovens.

Mas nessa quarta-feira, após a conclusão da OMS, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) reafirmou seu apoio à vacina da AstraZeneca. As autoridades do bloco afirmaram que os coágulos sanguíneos são um efeito colateral “muito raro”, e encorajaram os países a continuarem administrando o imunizante.

Balaço risco/benefício positivo

O balanço entre riscos e benefícios permanece “positivo“, de acordo com um comunicado da autoridade europeia. A diretora-executiva da EMA, Emer Cooke, destacou que esses trombos podem ser uma resposta imunológica, embora “não tenha sido possível confirmar fatores de risco específicos como idade, sexo, ou histórico médico”.

Ao mesmo tempo, o comitê científico que assessora o governo britânico recomendou que o imunizante da AstraZeneca seja usado apenas em pessoas com mais de 30 anos, como “precaução”. “Adultos com entre 18 e 29 anos (…) devem receber uma vacina alternativa (…) quando disponível”, disse o professor Wei Shen Lim.

De acordo com o regulador britânico de medicamentos, dos 79 casos de coágulos sanguíneos em pessoas vacinadas com a vacina AstraZeneca relatados no Reino Unido, 19 foram fatais.

Desenvolvida pela AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, a vacina é administrada em pelo menos 111 países, entre eles o Brasil. Os imunizantes da Pfizer/BioNTech, que custam mais caro e exigem condições de estocagem mais difíceis, são aplicados em 67 países, enquanto o produto da Moderna é usado em pelo menos 39 países.

Mais de 200 milhões de pessoas já receberam a vacina AstraZeneca.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ferido em tiroteio, Presidente do Chade morre depois de 30 anos no poder

O Presidente do Chade, Idriss Déby Itno, no poder há 30 anos, morreu nesta terça-feira (20) em decorrência de ferimentos que sofreu no fim de semana, quando comandava uma operação do Exército no combate …

O que acontece com as doses das vacinas AstraZeneca e Janssen que países europeus decidiram não usar?

Enquanto alguns países lutam para obter mais vacinas, outros se perguntam o que fazer com as doses que encomendaram, mas não usarão mais por causa de preocupações com sua segurança. Vários países restringiram o uso das …

Flávio Bolsonaro trabalha com nome favorito para indicação ao STF, diz jornal

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, é o nome preferido de Flávio Bolsonaro para ser o próximo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a jornalista Bela Megale, do jornal …

Greta Thunberg doa 100 mil euros a consórcio de vacinas

A ativista do clima sueca Greta Thunberg anunciou nesta segunda-feira (19/04) que a fundação que leva seu nome doará 100 mil euros ao consórcio Covax Facility, um programa apoiado pelas Nações Unidas que visa um …

Nasa faz história com primeiro voo de helicóptero direto de Marte

A Agência Espacial dos EUA (NASA) conseguiu executar o primeiro vôo do helicóptero Ingenuity, um pequeno robôzinho voador que vai pairar pela atmosfera de Marte. A máquina conseguiu levantar aos ares do planeta vermelho nessa segunda-feira …

NASA lança telescópio para captar partículas da borda do Sistema Solar

Todo o Sistema Solar está à deriva em um aglomerado de nuvens, uma área limpa por antigas explosões de supernovas. Os astrônomos chamam essa região de Bolha Local. Uma nova missão da agência espacial norte-americana NASA …

Depressão pode ser diagnosticada com um simples exame de sangue

Um exame recém-desenvolvido que monitora biomarcadores sanguíneos ligados a distúrbios de humor poderia levar a novos métodos de diagnosticar e tratar a depressão e o transtorno bipolar, com um simples exame de sangue. Embora a depressão …

EUA aplicaram vacina contra covid-19 em mais da metade dos adultos

Governo americano afirma que quase 130 milhões de pessoas com mais de 18 anos receberam pelo menos uma dose do imunizante contra o coronavírus no país. Mais da metade de toda a população adulta dos Estados …

Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas

O avanço da variante P.1, descoberta em Manaus em janeiro, levou a cidade de São Paulo a mudar sua orientação para todos aqueles que forem infectados por coronavírus. Agora, eles devem procurar uma unidade de …

Nepal vê população de rinocerontes aumentar com queda de turismo por pandemia

O Nepal está vendo um crescimento em sua população de rinocerontes. O país abriga boa parte dos dos rinos com um chifre só e eles estão ameaçados de extinção. O país observou que, durante a pandemia …