A cocaína chegou à Antártida – e essa é uma péssima notícia

Hostelworld.com

Pinguins na Antárctica

Pinguins na Antárctica

Uma pesquisa científica detectou a presença de cocaína, ibuprofeno, paracetamol e cafeína nas águas da Antártida em níveis semelhantes aos das águas europeias e de outros continentes mais povoados.

A pesquisa, realizada por cientistas espanhóis e argentinos, foi o primeiro estudo realizado sobre a presença de medicamentos e drogas ilegais no continente menos habitado da Terra – com uma população que oscila entre os mil e os 4 mil habitantes.

Os pesquisadores recolheram amostras de água de riachos, de lagoas e de descargas de águas residuais sem considerar zonas “sensíveis” devido ao turismo e à presença de bases científicas. Eles procuravam a presença de 21 diferentes medicamentos e substâncias químicas e drogas ilegais e “12 apareceram nas análises”, salienta o jornal El País, que divulga o estudo.

Os compostos de maior concentração são anti-inflamatórios e analgésicos que apresentam um “elevado risco ao meio ambiente”, de acordo com o artigo científico sobre o estudo publicado no jornal Environmental Pollution.

Foram também detectadas “concentrações preocupantes de antibióticos nas águas residuais de uma das bases analisadas”, destaca o El País, e uma forte presença da cafeína e de efedrina, substância usada em medicamentos.

Foi igualmente detectado o principal metabolito da cocaína próximo de uma base científica e militar argentina em concentrações “semelhantes” às detectadas em rios da Espanha, Itália, Bélgica e do Reino Unido.

Segundo um estudo realizado em 2013, a concentração de cocaína nos rios de Madrid era “a mais alta da Espanha e da Europa”, diz o El País.

No caso da Antártida, que tem tido um crescimento em termos de turismo, com o número de visitantes subindo todos os anos, “a presença humana está introduzindo contaminantes não analisados até agora que, em função da sua toxicidade, persistência e bioacumulação podem resultar em danos no ecossistema antártico“, alerta Yolanda Valcárcel, da Universidad Rei Juan Carlos de Madrid, que é uma das coautoras do estudo.

O estudo revela que, embora a presença das substâncias “possa se dever ao consumo ocasional, inclusive fora da zona analisada, é aconselhável realizar um controle contínuo devido aos potenciais riscos que pode supor para os ecossistemas aquáticos da Antártida”.

As substâncias poluidoras são tanto mais potencialmente ameaçadoras quanto as “condições climáticas especiais do continente antártico”, onde os “frios extremos” podem “atrasar ou dificultar os processos de degradação microbiana e de fotodegradação deste tipo de contaminante”, destaca ao El País Luís Moreno, cientista do Instituto Geológico e de Mineração da Espanha e coautor do estudo.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Embraer negocia sua divisão de carros voadores com a norte-americana Zanite

A Embraear confirmou nesta quinta-feira (10) que iniciou negociações com a empresa norte-americana Zanite Acquisition para realizar a fusão de sua divisão Eve Air Mobility. A unidade é responsável pelo desenvolvimento de veículos elétricos de pouso …

NASA flagra 'choque cósmico' impressionante a 140 milhões de anos-luz da Terra

A NASA compartilhou a imagem de um sistema galáctico, denominado Arp 299, que consiste em duas galáxias que estão em meio a uma fusão. A imagem mostra dois objetos próximos de forma oval, emitindo feixes de …

Infecção por dengue cai 77% em teste com bactéria em mosquito Aedes Aegypti

Um método que usa bactérias em mosquitos conseguiu reduzir em 77% os casos de dengue, segundo um estudo publicado na prestigiosa revista científica The New England Journal of Medicine. O estudo, realizado na cidade de Yogyakarta …

Por que especialistas são contra dispensar máscaras no Brasil

Após Bolsonaro propor fim da obrigatoriedade da proteção facial para vacinados ou pessoas que já superaram uma infecção pelo coronavírus, especialistas classificam ideia de "absurda" e "temerária". A necessidade do uso de máscaras para conter a …

Por que Brasil ainda não pode relaxar uso de máscaras como os EUA fizeram

Amplamente recomendada por cientistas e alvo de desdém do presidente ao longo da pandemia, a máscara facial contra a covid-19 poderá ter seu uso flexibilizado no Brasil, segundo anunciou Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (10/6). No …

STF autoriza Copa América no Brasil

Ministros do Supremo Tribunal Federal formam maioria para rejeitar ações que visavam impedir competição de seleções. Patrocinadores retiram suas marcas do evento após controvérsias e preocupações com avanço da pandemia. O Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou, …

China aprova vacina contra covid-19 para crianças com mais de três anos

Autorização de uso emergencial foi confirmada pela farmacêutica chinesa Sinovac, fabricante da Coronavac. No entanto, ainda não foi informado quando essa faixa etária começará a ser vacinada. A China aprovou o uso emergencial de uma vacina …

Por que falar palavrão nos dá uma sensação tão boa?

Todos nós já passamos por isso quando damos uma topada, somos fechados no trânsito ou derramamos café. De repente, soltamos um xingamento inflamado. Instintivamente, buscamos um palavrão e, como num passe de mágica, obtemos um certo …

A consciência humana cria a realidade?

Existe uma realidade física que é independente de nós? A realidade objetiva existe? Ou a estrutura de tudo, incluindo o tempo e o espaço, é criada pelas percepções do observador? A afirmação inovadora vem de um …

Primeiro caso humano de hantavírus é detectado em Michigan

Trata-se de uma mulher adulta, que foi hospitalizada por uma doença pulmonar grave causada pelo vírus. O Departamento de Saúde do estado norte-americano de Michigan (MDHHS, na sigla em inglês) detectou o primeiro caso humano de …