Coreia do Norte forneceu materiais para armas químicas à Síria

Rodong Sinmun / YONHAP

Um relatório de especialistas das Nações Unidas, divulgado pelo jornal norte-americano The New York Times, revela que a Coreia do Norte tem ajudado a Síria com seu programa de armamento ao fornecer materiais para armas químicas.

O documento, que não foi tornado público e cujo conteúdo a ONU não quis confirmar, estuda possíveis violações por parte de Pyongyang das sanções aprovadas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Os especialistas documentam as supostas trocas entre a Coreia do Norte e a Síria, mas assinalam que as provas disponíveis não comprovam de forma definitiva a existência de uma cooperação entre os dois países no que diz respeito às armas químicas.

Segundo o relatório, o país asiático forneceu à Síria lajes, válvulas e termômetros, todos resistentes a ácidos, que podem ser utilizados na produção desse tipo de armamento. Foram detectados mais de 40 envios de mercadoria de Pyongyang para Damasco entre 2012 e 2017.

O governo sírio, dirigido por Bashar al-Assad, se comprometeu em 2013 a destruir todo o seu arsenal químico, mas desde então tem sido acusado em várias ocasiões de utilizar substâncias proibidas com fins militares.

O documento dos especialistas da ONU, que informa o Conselho de Segurança sobre possíveis violações da sanções por parte da Coreia do Norte, assinala que em janeiro de 2017 foram interceptadas lajes resistentes a ácidos em dois barcos que partiram do país asiático com destino a Síria, segundo o jornal.

Os materiais, referem, são utilizados na construção de instalações onde se produzem armas químicas.

O New York Times assegura que o relatório destaca o perigo que significa um comércio desse tipo entre a Síria e a Coreia do Norte, pois poderia facilitar a Damasco o uso de armas químicas e a Pyongyang receitas para financiar os programas nucleares e de mísseis.

Questionado sobre o documento, o porta-voz das Nações Unidas, Stéphane Dujarric, disse desconhecer seu conteúdo nem se ele será divulgado.

Os Estados Unidos, que têm acusado repetidamente a Síria de usar armas químicas e a Coreia do Norte de tentar se esquivar das sanções internacionais, também não quiseram confirmar a informação, mas asseguraram que vai ao encontro das suas suspeitas.

“Isso é algo que preocupa os Estados Unidos há algum tempo”, disse a porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Heather Nauert.

Segundo a representante, a preocupação é que, à medida que Pyongyang se sinta “mais desesperada”, procure “formas diferentes, criativas e horríveis de fazer dinheiro para financiar seu regime criminoso”.

No início de fevereiro, um relatório da ONU citado pela CNN revelava outras tentativas da Coreia do Norte de escapar das sanções aplicadas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas com a ajuda de Moçambique.

Segundo as informações, Moçambique ajudaria o regime norte-coreano a se financiar através de cooperação econômica ilegal. Mas Moçambique negou desrespeitar sanções.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Nova descoberta pode nos ajudar a colonizar Marte (e a encontrar extraterrestres)

Cientistas conseguiram descobrir uma bactéria que seria capaz de sobreviver em Marte, e potencialmente também em outros planetas. A descoberta abre a porta à colonização de Marte e até pode facilitar a busca por sinais …

Há uma estranha relação entre o racismo e a negação das mudanças climáticas

Os motivos que estão por trás da negação das mudanças climáticas parecem ser ainda mais complexos do que pensávamos. Um estudo concluiu que há uma ligação entre atitudes racistas e o ceticismo no que toca …

Fóssil com 500 milhões de anos intriga os cientistas

Foi descoberto na China um fóssil de uma estranha criatura marinha com 500 milhões de anos, e os cientistas não sabem onde encaixá-la na “árvore da vida”. Uma equipe de cientistas descobriu um fóssil de uma …

Inteligência Artificial do Google já consegue prever quando os pacientes vão morrer

O Google tem expandido seus serviços médicos e treinado algoritmos para prever quanto tempo de vida resta a um paciente, informação que pode ajudar a salvar vidas. A rede neural do Google pode ser considerada única …

Desempenho positivo na Copa do Mundo diminui polarização política e até violência

Basta acompanhar uma Copa do Mundo para rapidamente perceber que a coisa vai muito além de uma simples competição de futebol: para além das tramoias e das negociatas que infelizmente contaminam esse evento, trata-se de …

Maduro anuncia aumento de 103% no salário mínimo da Venezuela, que agora chega R$ 250

Nicolás Maduro vai aumentar o salário mínimo em 103,7% na Venezuela, naquele que é o quarto aumento salarial este ano. No entanto, os preços dos produtos aumentam diariamente cerca de 2,4%. O presidente da Venezuela, Nicolás …

Trump impede (temporariamente) a separação de famílias imigrantes

O presidente dos EUA assinou, nesta quarta-feira (20), uma Ordem Executiva que permite resolver temporariamente o problema das famílias imigrantes no país, que foram separadas dos filhos na fronteira com o México. No entanto, ressalvou …

Portaria determina emissão de carteira de trabalho para imigrantes no Brasil

Em meio à crise migratória que atinge diversos países e a crescente entrada de venezuelanos no Brasil com o estado de Roraima, o Ministério do Trabalho publicou portaria que trata dos procedimentos para a emissão …

Temer vai cortar R$ 1 bilhão do Fies para financiar segurança pública

O governo do presidente Michel Temer deve passar parte do investimento em educação à manutenção do Fundo Nacional da Segurança Pública (FNSP). A medida provisória que destina recursos das loterias federais para o fundo representa …

49 crianças brasileiras foram separadas dos pais e enviadas a abrigos nos EUA

Quarenta e nove crianças brasileiras estão em abrigos e foram separadas dos pais ao ingressarem ilegalmente nos Estados Unidos. A informação é do cônsul-geral adjunto do Brasil em Houston, Felipe Santarosa, que concedeu entrevista à …